Avançar para o conteúdo principal

Do sono

Por algum motivo que desconheço não ando a conseguir dormir. Fico a pensar, a pensar, a pensar, a imaginar coisas sem sentido algum e não adormeço. Ora tenho calor, ora tenho frio. Depois olho para o lado e o mais-que-tudo está ali todo descansado a dormir e fico a olhar para a janela. Sento-me na cama e fico a ver as horas passar. Hoje eram quatro da manhã quando reparei que não conseguia descansar.. quase às sete ainda não adormecera. E apetece-me chorar e fico deprimida e acordo irritadiça.

Ninguém merece. Deviam ser férias, não dias de tortura do sono.

Comentários

  1. Epá!! tu vai mas é comprar valdispert que dormes que nem um anjinho. Fraquinho e natural. Melhor remédio para essas insónias. *

    ResponderEliminar
  2. Estás a precisar de colinho, é?
    É dos nerbos.
    As melhoras.

    ResponderEliminar
  3. Toda a gente sabe que as férias fazem mal às pessoas :p
    Isso é o subconsciente a falar, com o país em crise ter férias é um grave atentado moral, e por isso o teu peso na consciência não a deixa dormir. lol

    ResponderEliminar
  4. Talvez síndrome de pré entrega de Tese

    ResponderEliminar
  5. Também tenho insónias muito frequentemente e alguns problemas para dormir, mas quando assim for arranja alguma coisa para fazer, não fiques a pensar nisso. Se não dormires qual é o máximo que pode acontecer? Nada de assim tão grave. Portanto tenta relativizar essa questão. É essa a estratégia que uso.

    ResponderEliminar
  6. Certamente que alguma coisa que te anda a preocupar... E embora tentes por de lado... continua a mexer contigo......... sim?

    ResponderEliminar
  7. Tive uma fase dessas há pouco tempo e não é nada agradável:/ Tenta relaxar antes de dormir e ir para a cama já com sono que ajuda*

    ResponderEliminar
  8. Também ando assim nos últimos dias. Demoro horas a adormecer...e de manhã é uma tortura levantar-me

    ResponderEliminar
  9. Talvez o motivo esteja nas coisas que imaginas, sem sentido. E digo, por experiência própria, não dormir é enervante. Eu cá não gosto da noite assim, quando está tudo sossegado, acho que nos puxa muito mais pelas fraqueza. Eu fico em baixo e depois também me irrita acordar tarde, odeio perder o início da manhã.

    Espero que melhores minha linda :)

    ResponderEliminar
  10. estas como eu então... eu vejo as horas todas a passar :/ e dormir que é bom, nadinha de nada :/

    ResponderEliminar
  11. Corta nos açúcares mais ao fim do dia... ou então tenta fazer qualquer coisa que te canse e te ocupe a mente :)

    ResponderEliminar
  12. Isso é tão deprimente :( Espero que passe rápido!!!

    ResponderEliminar
  13. Já tentou tomar florais ou utilizar a aromaterapia?? São ótimos caminhos... Beijos!

    ResponderEliminar
  14. eu não me posso queixar muito desse mal. A verdade é que as minhas insónias são muito raras, mas mesmo assim compreendo o que sentes. Eu fico super frustrada por saber que todos estão a dormir menos eu. até vontade de chorar tenho.

    ResponderEliminar
  15. nenhum chá ou comprimido te poderá ajudar?

    ResponderEliminar
  16. Somos duas. O que vale é que faltam 2 dias para ir de férias!

    ResponderEliminar
  17. olha, eu dormir até durmo, o problema é que sonho com palermices a noite toda e às vezes acordo mais cansada do que me deito.

    ResponderEliminar
  18. O valdispert ajuda!!É medicamento natural...não deixes é de aproveitar as férias!!

    ResponderEliminar
  19. Acredito que seja tensão relativa ao mestrado. Tente relaxar e quando chegar a noite não pegue nos estudos, pense que a pesquisa está adiantada e quase concluída, e que fizeste um bom trabalho.

    Quanto mais forçar o sono pior é. Se ficar com medo de não dormir então mesmo que não dormes. Levante da cama, ande pela casa, ligue a TV, pegue um livro, mas não de estudos, pode ser que o sono venha, naturalmente. Não brigue com Morfeu, ele é sensível.

    ResponderEliminar
  20. Peso na consciência...Tramaste alguma?

    ResponderEliminar
  21. Estás a precisar de descansar esse cérebro e ser mimada pelo teu amor! Vais ver como resolves as insónias depressa! ;)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.