Avançar para o conteúdo principal

Shutter Island - o day after


Ou horas after, como queiram, já que saí da sala de cinema às três e meia da matina. O filme é bom, desperta-nos, não sentia um pingo de sono. Fiquei vidrada do início ao fim (só desviava o olhar para roubar à irmã o pacote das pipocas).

O Leonardo Dicaprio, como eu já esperava, está cada vez melhor. Não me venham com tretas que não gostam do Dicaprio. Só podem estar a falar do Dicaprio do "Titanic". O Dicaprio do "Diamante de Sangue", do "The Departed - Entre Inimigos", do "Aviador", "Revolutionary Road", "Apanha-me se puderes" é excelente. Adoro o homem e todos os filmes em que entra têm sido fantásticos!

Martin Scorsese é dos poucos realizadores que realmente me cativa. Desde "The Departed" que é impossível não gostar dele.

Gostei de tudo. Dos actores, da história, da forma de filmar, das imagens fortes. Tudo bom, sem críticas.

A história em si... enervante. A certa altura já nem conseguia perceber se era o homem que estava mesmo tolo, se estava a ser bem enganadinho. Coitado, foi muito bem tramado. Mas é imprevisível, faz-nos querer saltar da cadeira e ajudar o homem. As reviravoltas estão sempre a acontecer, coisa que aprecio num bom filme.

‘Don’t you get it? You’re a rat in a maze.’ – George Noyce

Um rato num labirinto: é isso que Teddy Daniels, a personagem principal, representa. Faz-nos sentir pena dele, mas ao mesmo tempo admirá-lo por não desistir de descobrir a verdade.

O final é brilhante, apesar de me ter deixado meia incomodada por não ter percebido muito bem o que afinal se passava ali. "Morrer como um monstro, ou viver como um bom homem?".

Comentários

  1. o esforço que fiz por não ler o post todo =p grr (pretendo ver o filme!)
    mas o meu irmão já o viu e diz que é bastante pesado mas espectacular.

    ResponderEliminar
  2. parece um bom filme para ver nos próximos tempos:)

    ResponderEliminar
  3. Também vi o filme e achei o mesmo. Quanto ao final, deixou qualquer coisa em aberto, que permite ao espectador pensar muitas coisas. Eu, pessoalmente, encontro 2 soluções possiveis:

    - Ou era tudo verdade - eles faziam experiencias com as pessoas - e ele, apercebendo-se de que foi a sua mulher que matou os filhos e não conseguindo viver mais com essa realidade, aceita (sem lutar mais contra isso e fingindo continuar louco) que lhe seja feita uma intervenção...retirando-lhe de vez a memória que ele não quer mais ter.

    - ou ele continuou mesmo doente. Aparentemente teve momentos de lucidez, mas no final volta a fazer reset e a refugiar-se no seu mundo de ilusão.

    Enfim, são suposições! Mas ainda assim, achei o filme cativante!

    ResponderEliminar
  4. Gostava de poder dar uma opinião, mas não vi o filme. Mas valeu a pena vir cá, só para agradecer a visita e perguntar de quem é que não gostas: do alberto joão, ou do sousa tavares? E "Da Minha Moca", gostaste? xD.
    Pareces bastante entendida em cinema e talvez a tua crítica me leve a ir ver, embora deteste filmes "pesados", que me façam sair do cinema irritado, o que parece-me ser o caso deste.

    ResponderEliminar
  5. Quero ver esse filme!!! O Leonardo é mais que a cara laroca do Titanic, cresceu muito como actor.

    ResponderEliminar
  6. Também vi o filme ontem e quando terminou fiquei assim tipo estática a olhar para o ecrã a pensar: Acabou?? saí de lá sem saber bem o que pensar. Hoje já digeri, ja li criticas na net, já li o teu post´e conclui que gostei do filme... ;) Os últimos 10min foram mesmo muito bons e para mim surpreendentes. Beijocas

    ResponderEliminar
  7. Gosto muito do Scorsese.

    Ainda não vi o filme.

    O LDi é um excelente actor.
    Conduzido pelo gigante Scorsese terá todas as condições ara brilhar.

    Saudações

    ResponderEliminar
  8. Realmente tirando todas as histórias em volta do Di Caprio ele é um grande actor!

    ResponderEliminar
  9. convite para a seguir a história de Alice
    lá no ...continuando assim...


    bj
    Teresa

    ResponderEliminar
  10. Uma palavra para não estragar o filme aos outros: lobotomia.

    :-D

    ResponderEliminar
  11. Já me tinham dito que era brutal =)

    ResponderEliminar
  12. Ainda não vi mas quero muito. Acho que Scorsese e Di Caprio é daquelas duplas tipo Burton/ Deep, uma maravilha.

    O Di Caprio fez coisas pouco brilhantes no inicio da carreira mas gosto dele porque tem tido uma evolução positiva, sempre a melhorar e tem feito filmes cada vez melhores e mais bem escolhidos *

    ResponderEliminar
  13. Acho o LDC um actor fantástico, com uma maturidade enrome. Não tem nada de bonitinho no dia a dia mas adquire um grande carisma nas personagens que encarna. Tou mm deserta pra ir ver este filme!!!
    :-)

    ResponderEliminar
  14. É BRUTAL!! E quem está na área da saude mental, como eu, ainda dá mais valor às interpretações, que estão, sem duvida nenhuma, fantásticas! O DiCaprio está cada vez melhor!!!!

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.