Avançar para o conteúdo principal

Deslumbrem-se



Pelas pequenas coisas. Por pessoas. Por atitudes. Por palavras. Por cores. Por cheiros. Por visões. Por sabores. Por toques. Por afectos. 

 E tu? Já te deixaste deslumbrar hoje? 

Comentários


  1. Aprecio muito da vida mas sem deslumbramentos.
    Deixar-se deslumbrar desmedidamente e fácil, fácil... leva a desilusões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por que motivo diz isso? Não tem de pensar só em pessoas. Hoje deslumbrei-me com a beleza furiosa da chuva matinal. Com o calor do copo de chá a aquecer-me o corpo. Com o desafio que é conseguir fazer novas cambalhotas no aeropilates. E isso só me realiza!

      Eliminar
    2. Porquê? Porque não gosto de lidar em modo 8 ou 80 com pessoas.
      Eu sou aquela que se deslumbra com tudo, com o nascer do dia, com o pôr-do-sol, com a força da natureza, com uma flor, como uma foto bonita, com uma cama de lavado, com um bombom, com dias de sol e até com chuva, com uma vida cheia de cores e texturas, com uma “merdinha” qualquer, de verdade.
      Consigo ver beleza em quase tudo o que nos rodeia.
      E digo-te mais, acho que estou cada vez mais atenta a tudo, no meu dia-a-dia, apreciando todos os momentos, seja no trânsito ou numa esplanada.

      Mas, em relação a pessoas... já lidei com maldades vindas de pessoas aparentemente lindas, assim como já vi atitudes maravilhosas de pessoas com passados medonhos.
      Portanto, deixei de me deslumbrar.
      Isto não significa que não consigo apreciar o lado bom das pessoas, nem significa que sou descrente, porém, todos temos um lado sombra... todos!
      Às vezes vejo atitudes (boas e más) de quem nunca esperei.
      Chego à conclusão que nunca conhecemos verdadeiramente as pessoas.
      Por vezes dou por mim a pensar que o ser humano é brutal, somos uns corajosos... e outras vezes dou por mim a achar que somos todos umas bestas, que nada sabemos mas achamos que sim.
      Não me deixo iludir, tento viver um equilíbrio para não cair no deslumbramento e logo a seguir desilusão... e de novo deslumbramento e a seguir nova queda, tal como vejo tantas pessoas.

      Eliminar
    3. Mas concordo em absoluto consigo. Também me referia a esse deslumbramento simples, com pequenas coisas da vida, com emoções, com coisas que nos fazem felizes. Não necessariamente pessoas.

      Por acaso, é verdade que aqui há três dias tive uma conversa absolutamente maravilhosa com uma pessoa. Uma boa surpresa... Mas estou consigo, tenho tido desilusões imensas. No final do mês de Março tive uma desilusão tão grande que duvido que confie novamente tão cedo em quem quer que seja.

      Eliminar
  2. Facilmente me deslumbro com as coisas da natureza - cheiro a flor de laranjeira e das glicínias, a transformação das árvores, a passarada à volta de casa - o sorriso e a simpatia natural de pessoas, o olhar e carinho do meu filho, ler um livro, cantar uma música.
    No meio das falsidades, injustiças e malandrices da vida, ajuda-me a sentir bem e a manter a minha sanidade mental.

    Mas depois tenho um lado "estranho" talvez... é que não gosto de frases motivacionais. Tenho-lhes o chamado "odiozinho de estimação". Não consigo ultrapassar isso (na verdade também não quero).

    Não acalmes demasiado S* :-)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.