Avançar para o conteúdo principal

Consumista, me confesso!

Já sei que esta é uma época de família, de amor e de convívio... Mas, cá por casa, admito que também é uma época de consumismo. Nada a fazer, aguentem! Gostamos de dar presentes uns aos outros e ,mesmo que não me pudessem dar, eu iria gostar de oferecer. Gosto de poupar dinheiro para poder oferecer prendas. Não costumo dar presentes ao longo do ano (com a devida excepção para aniversários, claro), pelo que esta é uma época em que mimo e sou mimada. 

Vai daí, vamos a algumas das prendas que me calharam na botinha. Recebi duas mãos cheias de prendas, aviso já... Por isso vou mostrando.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
Este aqui foi-me oferecido porque o sobrinho mais velho pediu ao Pai Natal que trouxesse anéis de princesa com brilhantes para as mulheres da família. Tentem lá receber prenda melhor. Se há criança altruísta, é o Miguel - que ficou emocionadíssimo com as prendas do primo Rafael.

A imagem pode conter: ar livre, água e natureza
Mochila nova. Quem diria que eu iria apreciar tanto mochilas? Esta é super prática, nada volumosa... E o tecido é preto, mas com um padrão muito discreto que lembra natureza. Aqui

Nenhuma descrição de foto disponível.
Argolas cor-de-rosa em aço. Maravilhosas!

Nenhuma descrição de foto disponível.
Quando deixar de gostar de robes felpudos e infantis, internem-me, pois certamente que me terei perdido na vida adulta.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
A imagem pode conter: 1 pessoa, a sorrir, em pé e sapatos
Estes dois são os meus novos predilectos. Tão práticos e femininos. Claro que hoje já vou trabalhar com um vestido. Da H&M.


Boa semana! Daqui a uns dias temos mais festa!

Comentários

  1. As argolas são muito bonitas.

    ResponderEliminar
  2. Não te considero consumista, por acaso :). Considero-te uma pessoa que gosta de dar e mostrar a gratidão às pessoas que ama. Ser consumista seria se desses prendas a torto e a direito, mesmo muito caras, só para mostrar que podes, e não me parece ser esse o caso :).
    Prendas muito giras, adoro o anel, simples e lindo!
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  3. Pessoas simples e básicas contentam-se com pouco. E mau.

    ResponderEliminar
  4. Eu compreendo muito bem o que dizes. Na minha família também é assim, tal como já te disse noutro comentário. Gosto de receber miminhos mas também adoro dar e ver a cara da pessoa ao abrir a prenda idealizada por mim. É tão bom trocar carinho. Fazes muito bem e gostei muito das prendas que recebeste.

    ResponderEliminar
  5. Se assim te consideras, assim terei de me considerar consumista. Adoro prendas, dar prendas personalizadas a cada pessoa que me é querida fascina-me.

    ResponderEliminar
  6. Dar e receber presentes é das coisas mais mimosas da vida!!! Gosto demais, aqui em casa perdeu-se no tempo esta prática, mas tenho tentado recuperar!! srsr

    Lindos presentes!
    Aproveito para desejar muitos dias felizes neste ano que vem chegando!

    Até breve!

    ResponderEliminar
  7. Por aqui sou igual. Adoro dar e receber presentes. Nunca nada de muito xpto, mas coisas giras 😍 estava e estou muito curiosa com os teus, achei muito giros. Mas acho uma doçura o miguelito pedir anéis de princesas para as mulheres da família. Que doce

    ResponderEliminar
  8. Por cá também somos consumistas no Natal! Afinal dar também é receber! É certo que estar em família, em paz e com saúde é o principal e devemos valorizar isto! Mas a troca de prendas também representa carinho! Eu penso que não devemos viver em função do consumismo, mas podemos ser consumistas com consciência e equilíbrio!

    ResponderEliminar
  9. Gosto muito de dar presentes e adoro procurar surpresas que sei que as pessoas não estão à espera e vão gostar e gosto de receber. Tal como gosto de ter a família em casa e a cozinha num caos com os cozinhados. Gosto do Natal e acho que não há problema em dar e receber, seja de que maneira for :)

    Beijinhos e um bom ano :)

    ResponderEliminar
  10. Aos anos que adoro acompanhar o teu post de prendas de anos e de natal. ADORO!
    Que tenhas um feliz 2020.

    ResponderEliminar
  11. S* se quiseres, vai mostrando sempre as tuas unhas. Eu gosto de ver. Acabo por tirar ideias de vernizes e acho que mais pessoas gostam de ver. Agora ando nisto do verniz gel e está a tornar-se um “vício” com tantas cores disponíveis e lindas.
    Beijinho

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.