Avançar para o conteúdo principal

Memórias

Deve ser por estar perto de casar e infelizmente não ter a minha avó comigo que, ao ver a caixa de comentários aqui do blogue (o forrobodó habitual), pensei...

Caramba, eu realmente devia ser mais como a minha avó. Era uma senhora. A minha mãe disse-nos algumas vezes (e era verdade) que a minha avó não tinha estudado grande coisa, nem tinha tido profissões que exigissem grande intelecto... Mas era uma senhora. Sabia estar em todos os momentos, nas mais variadas situações, com qualquer tipo de pessoa, independentemente do nível de formação. Se não tinha nada a acrescentar ou não percebia de um assunto, remetia-se ao silêncio, sempre educada e serena. Sempre com uma postura correcta, uma presença discreta, um rosto tranquilo.

E é assim que pretendo ser, cada vez mais: serena e polida.

Ela havia de ficar muito contente ao ver os dois filhos, os três netos e os quatro bisnetos assim felizes.

Comentários

  1. Infelizmente a maioria não sabe manifestar-se de forma mais educada. Compreendo perfeitamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Raros são os comentários mal educados por aqui. De crítica, de julgamento, de suposições, sim, mas não propriamente mal educados. Há um ou outro que sim, claro, mas também é a S* que os aprova, portanto só vemos o que nos mostra e só aceita porque quer. Não quero com isto dizer que acho bem!

      Eliminar
    2. Claro q estao no seu direito de recusar comentarios, mas confunde-se mto opinioes diferentes com insulto. É raro mas ja me aconteceu ter aqui 1 ou 2 comentarios censurados e no blog da Joana (palavras q enchem a barriga) tambem sem que eu perceba porquê.....

      Eliminar
    3. Por acaso acho que há vários comentários que denotam grande falta de educação.

      Eliminar
  2. É sorrir e acenar, querida S. Sorrir e acenar. :)

    ResponderEliminar
  3. Estás a ficar uma avozinha. eheheh

    ResponderEliminar
  4. Também gosto dessa postura embora não ache que aceitar todos os comentários ajude nisso. Para quê deixar que comentários como "és tão tapadinha" sejam publicados? Que felicidade te traz a ti ou a este blogue, sobretudo porque não tencionas (e bem) responder? Não seria melhor serenamente eliminar e pronto, mostrando que não te afecta, não dás importância e nem sequer permites que entrem na tua vida? É o teu blogue, tu geres como queres e eu nem sei o que é ter quem faça comentários destes diariamente pelo que também não quero estar aqui a dizer que fazia isto ou aquilo, mas às vezes penso nisto. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esses comentários ajudam a ganhar visualizações e a originar outros comentários, novas visualizações, etc...

      Eliminar
    2. Mas aí está a parte mais estranha disto tudo, se a S não ganha dinheiro com o blogue, qual é o interesse em manter caixas de comentários cheias, e imensas visualizações, se a maioria é a custa do maldizer e criticar só porque sim?
      Eu entendo a Pipoca Mais Doce, que vive disto, mas quem não vive?
      Eu também optava por não publicar. Desprezo é sempre a melhor resposta nestes casos.

      AnaC

      Eliminar
    3. Pois, talvez, não sei. Acho que os comentários com opiniões contrárias levam mais a isso do que comentários tipo “depois diz que está gorda”. E eu referia-me só a eliminar este último tipo de comentários. Além de que lá está, é difícil passar uma imagem serena quando à nossa volta chovem insultos.

      Tété

      Eliminar
    4. Para o bem e para o mal, quem faz este blog são os comentadores. Sem buzz, ele morre.
      A contribuição da S* é lançar um mote (há um looping de temas) e a malta faz o resto. Se a S* publica e não responde ao "depois diz que está gorda", alguém há-de responder por ela.

      Eliminar
    5. É a própria dona do blogue que os recebe, lê e conscientemente autoriza a publicação. Nestes termos, parece-me claro que os quer ver publicados, por razão que só ela conhece. Ou porque permite que os outros comentadores se indignem e façam a sua "defesa", e assim ter maior apoio, ou porque aprecia o buzz que este facto traz ao blogue, ou porque sei lá. Que interessa isso?
      Independentemente da sua motivação, só acho desnecessário que sejam os comentadores a "chatearem-se" por ela. Se estes comentários devem ser desprezados, como dizem, então devem sê-lo por todos. Digo eu... Na minha modesta opinião.
      Acho completamente desprovido de interesse, para quem quer que seja, a publicação dos comentários. Até pq se apaga uns, porque publica outros igualmente estúpidos?
      Mas lá está, se a S* não quer saber e até promove e incentiva a sua continuação, publicando, sou eu que lhes vou responder? Não me faz sentido.
      Cada um sabe da sua casa, e a S* sabe da dela. É, pois, um debate que não vale a pena :)

      Eliminar
    6. Eu acho interessante o debate de alguns temas (dependerá depois do tom utilizado) e acho interessante ver os argumentos de pessoas que pensam o oposto de mim (se forem argumentos com pés e cabeça, claro). Mas concordo consigo que não vale a pena chatearem-se os comentadores por causa de um blogue. A resposta a bocas desagradáveis também acho escusada mas acho que às vezes nos picamos também com aquela boca e temos tendência para responder. De qualquer forma o blogue é da S* e as razões pelas quais pública são dela, acho estranho o motivo ser o buzz (no post anterior fala-se mais em deixar os netos com avós - tema interessante acho eu - do que houve resposta a um insulto), e o meu comentário foi mais para a imagem que isto pode passar (se virmos alguém na rua a ser insultado todos os dias dificilmente acharemos a pessoa insultada alguém discreto e sereno (acho eu! :D).

      Tété

      Eliminar
    7. Mas eu não me meto nestas confusões no blogue, nem em lado nenhum aliás, não tenho feitio para bate bocas. Sou capaz de responder a um ou outro comentário quando vejo alguém a fazer afirmações completamente falsas, mas andar a defender a S ou entrar em insultos só porque sim, não faz parte de mim. E acho que quem não gosta deste tipo de coisas não os fomenta. E também eu, tal como a Tété, estava a referir-me aos comentários insultuosos, não aqueles que discordando ou não são feitos de forma educada e até geram conversas interessantes.

      AnaC

      Eliminar
    8. Fui eu que comentei e também só me referia aos insultuosos, claro. Os dos "tapadinha", "gorda" e demais.

      Eliminar
  5. O IPMA na previsão hora a hora para Viana amanhã, dá sol ☀ 😊 A previsão hora a hora costuma bater certinho! Nao vai estar grande calor, mas não dá chuva. Que tudo corra bem e sejam muito felizes 😊

    ResponderEliminar
  6. Enquanto preparo as coisinhas do meu casamento parece que a saudade aumenta ainda mais. Um beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.