Avançar para o conteúdo principal

É um festeiro!

O Rafael, tal como a sua mãe, adora festas! Adora a música, as cores, as luzes, o fogo-de-artifício... A animação, no geral! ... Só que é um desafio para a sanidade mental e para a carteira sair com ele à rua.

Ontem lá fomos nós, mais a avó Maria. Logo no início, a avó quis sentar num café uns minutos para descansar. "Torrada!". Maldito vício. Não se sabe sentar num café sem exigir torrada. Podia ser pior, podia querer bolos ou sumos... Mas o delírio dele são mesmo as torradas. Em pleno Agosto, a bela da torrada demorou uns quinze minutos a aparecer e ninguém aguentava o desespero desta criança. "O senhor, o senhor?". 

Ver barraquinhas é todo um outro desafio: Ele quer tudoooooo! Quer o Faísca que revira os olhos. Quer os dinossauros. Quer peluches. Quer mochilas. Quer pistolas. Quer tudo e mais um par de botas.

E os carrosséis? Podia ter um filho com medo de andar de carrossel, mas ele é fascinado pelas luzes e pelas cores, pede para ir a todos. Uma voltinha e já está? Isso é que era bom.

Contrariar um filho é uma tarefa hercúlea. Especialmente quando os vemos tão felizes.

Comentários

  1. Também acho que estar sempre a comer bolos é pior. Mas é preciso ter cuidado com a quantidade de manteiga. Nos cafés, por norma, eles tendem a ensopar o pão com manteiga, de um lado e do outro, e isso também não é muito saudável quando consumido com regularidade. Agora, se os senhores têm cuidado com isso, mil vezes o pão!

    ResponderEliminar
  2. Sair à rua com crianças é já por si só um desafio eheh

    ResponderEliminar
  3. Sim, dá graças ser torrada e não doces! O meu foi habituado desde cedo a perceber que não pode ter tudo (há crianças mais difíceis de ensinar nesse sentido, felizmente não foi o caso). Mas as feiras são uma perdição para eles, é verdade... Com a mais nova não sei se me vou safar tão facilmente, com o feitiozinho que tem :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus raramente pedem, principalmente com 2-3 anos. Hábitos!
      O mais velho (6 anos) já pede, mas consigo dar-lhe a volta negociando. No sábado fomos a uma feira e comprei um carrinho a cada um, apesar do pai ser contra (ficaram tão felizes, poucas horas depois perdeu o carro). Expliquei-lhe que agora a mãe teria de ir trabalhar para poder comprar mais coisas (comida!). Qquer dia vai para a escola dizer que a mãe é uma probetanas. :s
      Prefiro assim que vê-los a exigir este e outro mundo. Menos é mais.
      E eles ficam felizes na mesma.
      SM

      Eliminar
  4. Ahahah deve ser mesmo uma animação :X coisinha mais fofa eheh

    ResponderEliminar
  5. Sem me interpretares mal, não se deve dar tudo, mas é só a minha opinião! as crianças são umas queridas, mas...

    ResponderEliminar
  6. Sair à rua com crianças é um desafio =D

    ResponderEliminar
  7. As crianças, por norma, onde houver cor, brinquedos e brincadeira... adoram!
    A minha sobrinha delira com tudo o que for colorido, brinquedos, luzes, etc.
    E então se tiver brilhantes ou glitter lol! :D

    ResponderEliminar
  8. Bem, é melhor torradas do que bolos :), mas concordo com o que o primeiro anónimo disse, alguns cafés têm tendência a ensopar aquilo em manteiga.
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Um ano a dois

Como o tempo voa, hoje celebro um ano de um relação calma, que me foi conquistando aos poucos e que, hoje em dia, me dá todas as certezas. Quando nos conhecemos, em Abril do ano passado, viramos amigos. Na verdade, tornou-se meu confidente e aturou-me durante semanas e semanas a "chorar-me" por outra pessoa. Já eu percebi que ele gostou de mim no primeiro café que tomamos, mas como é tão ou mais discreto que eu, nada feito. Ficamos assim, entre avanços e recuos, entre conversas diárias e afastamentos semanais. Ao meu lado quando fui operada e nos dias que se seguiram. Eu ainda sem rumo, à procura de algo que não sabia ainda o que era. Foi no dia 6 de setembro de 2021 que a amizade evoluiu para algo mais.  Desde o primeiro dia que não me deixou dúvidas de que queria estar ao meu lado. Acho que foi exactamente isso que (de forma um pouquinho "umbiguista") me fez apaixonar por ele. Sempre percebi que gostava de mim. Sempre me senti acarinhada, querida e desejada.  Dura