Avançar para o conteúdo principal

Corta-interesse no seu melhor (sendo do pior)


Geralmente diz-se "corta-tesão", mas eu suavizei para "corta-interesse". Hoje, uma colega comentava algo sobre uma situação que a fez perder, de imediato, o interesse num homem.

Vamos passar à frente as questões da higiene - básicas, pelo amor da santa. Vamos também passar à frente o saber escrever / saber falar - igualmente básico.

Se bem me recordo, o maior corta-interesse que eu tive, por ter sido absolutamente repentino e indiscutível, foi ouvir um homem a defender as touradas. Oh meu amigo, foi logo. Num piscar de olhos passou do 80 para o -8, sem parar sequer no 8.

Por aí, corte-interesse abrupto, qual é?

Comentários

  1. Ola Sonia, desculpe a pergunta e sem fundamentalismos. Mas se é contra touradas e gosta tanto de animais porque continua a consumi-los? Sabe que os maus tratos nas touradas estão à vista, mas que a indústria alimentar e do pior para com as espécies...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nunca disse que era contra o consumo de animais. Para comer. Por motivos estéticos, sou radicalmente contra - casacos de peles, indústria cosmética... Para alimentação, sendo muito fã de quem tem força de vontade para abdicar do consumo de animais, eu não consigo ver como uma coisa errada. Todos os animais comem outros animais.

      Sou sim contra o abuso... Encher o fígado dos patos vivos para fazer patés de luxo... Criar galinhas que nunca vêem a luz do dia... Idealmente, não comeria animais, mas não escondo que comer animais não me parece algo errado. Errado é o abuso.

      Eliminar
    2. Os animais utilizados para consumo são abusados...

      Eliminar
    3. Ah sim, tem tudo a ver sim matar um animal de forma mais humana possivel (como qualquer matadouro decente o faz) para comer, se alimentar e TORTURAR um animal por diversao. Tudo igual.

      Eliminar
    4. Um touro vive em liberdade, em campo aberto, durante 3/4 anos... É toureado e depois acaba em bifes?
      Achas isso menos digno do que a vida de um frango de aviário?

      Eliminar
    5. Creio que aquilo que se impõe aqui dizer, são as exemplificações de violência gratuita de desnecessária. Sabemos bem que a vida de um frango de aviário está muito longe de ser digna, mas a sua morte, por ser extremamente rápida, acaba por sê-la. Um touro, por sua vez, leva uma vida mais interessante mas acaba por ter uma morte horrorosa, violenta e agonizante. O ser humano é forçado a alimentar-se do que pode para poder sobreviver, mas isso não significa que deve gabar-se disso...

      Eliminar
    6. A qualidade de vida de um touro que termina numa tourada é mil vezes melhor do que a qualidade de vida dos animais que terminam no supermercado, isso nao há duvidas!! A questao moral entra no momento da morte, mas mesmo assim é discutivel se a de um matadouro é melhor.

      A parte mais ironica disto tudo, é que a qualidade de vida dos touros provavelmente é muito superior á dos milhares de animais domesticos que vivem em apartamentos, e isso ninguem fala.

      Isto sao discussões complexas.

      A resposta certa seria nao haver animais ao serviço do homem, seja domesticos para damas de companhia, presos em casas a ver televisao e a comer raçoes falsas, seja a trabalhar no campo, ou seja a fazer touradas.
      Nao se pode defender uns e nao defender outros, pois a sua funçao basica é a mesma.... tapar buracos aos humanos, seja um buraco emocional, seja um buraco financeiro, seja um buraco no estomago.

      Eliminar
    7. O meu corta-interesse são fundamentalistas dos animais e vegan.

      Eliminar
    8. Matar e de forma humana na mesma frase... são coisas que não combinam. Matar é desumano e ponto. Acredita mesmo que há melhores formas de matar que outras? E já agora que matadouros são esses? Gostava de saber...

      Eliminar
    9. "A qualidade de vida de um touro que termina numa tourada é mil vezes melhor do que a qualidade de vida dos animais que terminam no supermercado, isso nao há duvidas!!"

      Anónimo(13.15), pergunto-me como terá conseguido retirar todas as suas dúvidas à respeito daquilo que acaba de afirmar. Podia ter dito 10, 50 ou 100 vezes melhor, mas não, disse logo 1000, assim ao melhor estilo dos toureiros...e isto "sem dúvida nenhuma!", embora eu tenha grandes dúvidas que eles saibam contar até mil. Atrevo-me a dizer que são apenas palavras suas, como consequência da subjectiva forma de pensar que o(a) levou a criar esta opinião, mas como existe a possibilidade de ter sido o próprio "touro" a dissipar-lhe essas dúvidas...de que prefere mil vezes levar a vida que leva para mais tarde acabar torturado, com o dorso cravado de banderilhas deixadas por um palerma qualquer em lantejoulas, e acabar a noite esvaziado em sangue numa arena para gáudio do público...do que ter uma morte rápida e acabar em bifes num supermercado...

      É o que há de mais intrigante no ser humano. Não só consegue quase sempre responder pelos outros (humanos) como, pelo vistos, também consegue responder pelos animais.

      Mas permita-me esta pergunta meu(minha) caro(a) amigo(a), e se fosse você? o que é que teria preferido? Ia preferir levar uma vida sossegada para depois ser massacrado e torturado cruelmente numa arena, ou preferia levar uma vida menos boa mas com a garantia de que a sua morte seria rápida e menos sofrível? É que você parece ser uma pessoa muito segura daquilo que diz...uma pessoa que não tem dúvidas, percebe? :)

      Eliminar
    10. Quem não acha errado que se comam animais não pode ser considerado defensor de animais, apenas defensor de cães e gatos. POrque quem defende mesmo os animais, percebe que entre um cão e um porco não há diferença para além da aparência, logo não tem lógica achar que um tem todo o direito de viver sem ir parar ao prato de alguém, e o outro não.
      Aliás basta pensar naqueles países onde se comem cães, como na China, com os quais toda a gente se indigna sem reparar que eles têm tanto direito de comer um cão como aqui de se comer um frango, e que inclusive usam os mesmos argumentos que aqui se usa para se defender o consumo de animais.
      De resto, querem comer animais, comam. Mas que não sejam hipócritas, vejam as condicções em que aqueles animais vivem, assumam que não têm empatia nenhuma e que a gula fala mais alto.

      AnaC

      Eliminar
    11. Nós somos omnivoros, é a nossa natureza.

      Matar para entretenimento parece me muito diferente de matar para comer. Mas já se sabe que para os extremistas seria preferível enterrar-se em comprimidos para suprimir as necessidades do que ter uma alimentação saudável e equilibrada que respeita a sua natureza.

      Eliminar
    12. AnaC, em países como a China os cães e os os gatos também acabam por parar no prato de alguém, e a cultura alimentar ocidental é que se tem negado (para já) a querer explorar esse filão, mas se um dia houver uma guerra que lhe traga fome e miséria, pode estar ciente que tanto os cães como os gatos vão desaparecer subitamente das nossas ruas.

      Eu não sou um defensor dos animais. Sou apenas um critico de todas as formas de violência, desnecessárias e gratuitas.

      Eliminar
    13. Pela milionésima vez vou explicar aqui (e tenho a sensação de que é sempre à mesma pessoa) que eu sou vegetariana há muitos anos e não tomo comprimidos nenhuns, Isso é mito. Uma alimentação variada com legumes, fruta, frutos secos, cereais e leguminosas, consegue suprir as nossa necessidades nutricionais.
      O contrário é que não é possível. Ninguém consegue comer só carne e ser saudável.

      AnaC

      Eliminar
    14. Claro que somos omnívoros e está na nossa natureza comer animais. É preciso isso que não posso ver um coelho que tenho logo vontade de caçar. E como a minha dentição está preparada para isso é fácil de o comer... 🙄

      Eliminar
    15. AnaC, se reler o meu comentário...verificará sem grandes dificuldades que em momento algum questionei a legitimidade de alguém escolher ser vegan ou vegetariano e achar que isso traduz uma escolha de vida mais saudável - apenas justifiquei a razão do consumo de cães e gatos não estar presente na nossa cultura - , embora, devo dizer, também considere essa história de que uma alimentação variada com legumes, fruta, frutos secos, cereais e leguminosas, consegue suprir as nossa necessidades nutricionais...também não passa de um mito sem fundamento nenhum já que ainda carece de muitas provas.
      Vamos ser francos, nunca ninguém ouviu dizer que alguém morreu de saúde, pois não? Quando morremos, é sempre devido a uma doença, por isso, se amanhã não pagar o excesso de consumo da proteína animal, tenho a certeza ABSOLUTA que irá pagar o excesso de consumo da proteína vegetal. Sim porque morrer, morremos todos, certo?

      Eliminar
    16. A palavra omnivoro diz que só se come carne? Ou que se come constantemente??? E o impacto da dieta vegan e afins da produção massiva de certos alimentos, nomeadamente dos importados? Sabe o que isso faz ao ecossistema? A poluição que resulta daí e quantos animais morrem por causa disso?
      A AnaC faz o que quiser, não tem é de ser completamente ditadora e querer que todos façam igual, principalmente quando vai contra a natureza.
      Faz lembrar os palermas que adoptaram gatos e os mataram com dietas vegans ou aqueles que mataram os filhos com a mesma alimentação. Zero conhecimentos científicos e muito fanatismo.

      Não há mesmo paciência para fanáticos! Faz lembrar os da PETA que não percebem um c* de ciência e fazem campanhas até contra a tosquia das ovelhas, com photoshop para parecerem ensanguentadas. E depois o povinho desinformado acredita na estupidez em vez de saber que na realidade, sem serem tosquiadas, as ovelhas até estão sujeitas a morrer pelo peso ou mesmo sufocadas...

      Não distorça argumentos, sim? A base da alimentação omnivora não é nem nunca será carne. Mas ela faz parte.

      Se se quiser privar disso tenha bom proveito, já não há é paciência para vos ouvir/ler.
      E comigo é a primeira vez que está a trocar mensagens.

      Eliminar
    17. Não distorci argumentos nenhuns, nem tentei nunca obrigar ninguém a ser vegetariano, apenas digo que quem quer comer carne não deve ser hipócrita, deve procurar a realidade da vida daqueles animais que lhes chegam ao prato e admitir que não se interessam pelo sofrimento deles. Isto é ser ditadora?

      A palavra omnívoro, como diz e muito bem, não significa que precisamos de carne, mas sim de vários tipos de alimentos e que os podemos escolher, sem morrer por não ingerirmos um deles. Então se podemos escolher viver sem matar nenhum animal para comer, é o que a minha consciência me diz para fazer. Qual é o problema disso?

      Pode até ser a primeira vez que troco argumentos consigo, mas é normal aparecer aqui um anónimo que insiste que os vegetarianos se encharcam em comprimidos, esquecendo-se que os animais que vocês comem também são constantemente injectados com essas mesmas vitaminas sintéticas que tanto o assustam, e de bónus ainda levam uns antibióticos e umas hormonas de crescimento.

      A produção massiva de animais para consumo vai ser sempre muito mais impactante para os ecossistemas do que a produção de vegetais para os humanos, simplesmente porque esses animais também têm de ser alimentados, têm de existir plantações para eles, e uma vaca come muito mais por dia que um humano. E até a soja (outra coisa que costuma assustar o anónimo que costuma falar nisto) que para poder ser cultivada anda-se a destruir a Amazónia, é para fazer ração para consumo do gado. Portanto é outra falácia.

      Mas isto já são outros quinhentos, eu apenas concordei com o primeiro anónimo que falou na incoerência de quem se diz defensor de animais mas na verdade é apenas dos ditos domésticos, todos os outros temas (comprimidos, ecossistemas, a nossa natureza) não fui eu que os introduzi na conversa, mas sim quem tenta justificar que a carne é necessária aos humanos. Mas depois dizem que eu é que sou ditadora? Eu limitei-me a responder a quem lançou os temas.
      Quem não concorda com os vegetarianos tem direito a explicar o porquê, mas se um vegetariano responde é ditador?

      AnaC

      Eliminar
    18. Mas quem garante que todas as pessoas consomem animais que sofrem durante a vida?
      Garanto que as galinhas que eu como (e já agora os ovos) têm um impacto muito inferior ao da produção e transporte de bagas goji, por exemplo. Tudo bio e andam soltas a vida toda. O mesmo para os coelhos e a carne de cabrito ou borrego.
      Não como nada que não saiba de onde vem ou como foram criados. (e antes que dostorçam que é impossível saber 90% é criado pelos meus pais para consumo próprio, apenas com recurso a pastagens e o restante comprado à vizinhos que têm a mesma filosofia).

      E distorceu a palavra omnivoro, sim. Não é uma questão de escolha mas de dieta equilibrada. Eu posso optar por retirar todos os legumes da minha vida como posso retirar toda a proteína ou toda a fruta. Isso não implica que a dieta seja equilibrada ou boa.
      E se comprar produtos importados para consumir está a contribuir para a exploração massiva de recursos naturais de outros países, com uma pegada ecológica enorme que prejudica imenso todo o ecossistema e contribui enormemente para a poluição. Esta por sua vez mata e prejudica não só milhões de animais como também o seu habitat.
      O problema está longe de ser apenas a soja para animais, aliás tanto não é que a transgénica chega indirectamente ao consumo humano e não é pela carne mas pelos produtos como alguns leites e iogurtes de soja, entre outros. E já pesquisou certamente sobre o impacto do leite de vaca na saúde das pessoas mas e o do consumo de bebidas de soja de forma prolongada? Já viu esse?

      Todos temos direito à nossa opinião. Mas a meu ver há uma enorme sobranceira de certos comentários que revelam simplesmente que não são capazes de aceitar que as pessoas não são obrigadas a fazer igual. Quem quiser ser vegetariano ou vegan que o seja. Eu nem sei como é que terminei nesta troca de argumentos qd eu nem sequer consumo carne todos os dias...

      Eliminar
    19. Engraçado que diz que eu não aceito a sua opinião mas também não aceita a minha quando digo que acredito que se pode ser saudável sendo vegetariano. Eu sou há muitos anos, e conheço quem seja ainda há mais, e estamos cá todos com saúde, não morremos por falta de carne.
      E não é possível retirar toda a proteína da nossa alimentação, porque ela está presente em todos os alimentos, não só na carne.

      E em relação à pegada ecológica dos produtos "exóticos" que estão na moda (bagas goji, mais uma vez aqui está algo que o "tal" anonimo fala sempre, e eu nunca sequer provei...) tem a certeza de que são só os vegetarianos que os comem? Eu vejo o pessoal do fitness e das dietas low carb a comerem muitos mais produtos desses que os vegetarianos. Assim de repente lembro-me do abacate, que faz parte da alimentação de quase todas as minhas amigas não vegetarianas numa base diaria, e eu como muito raramente... os vegetarianos comem uma quantidade tão grande de vegetais e fruta que não podem dar-se ao luxo de fugir muito do local e sazonal sob pena de gastar o ordenado todo em meia dúzia de abacates mangas e papayas.

      Em relação ao leite de soja, não se preocupe que não o bebo.

      E eu não coloco sobranceira nenhuma nos meus comentários, mas cada um lê da forma com que mais se identifica.

      Até qualquer dia.

      AnaC

      Eliminar
  2. Ter ideais de extrema direita, neo-nazis!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ignorancia e falta de conhecimento sobre o que e o nazismo, como neste comentario.

      Eliminar
    2. Comunistas e socialistas. Nem se tivessem aquela parte la banhada a ouro.

      Eliminar
    3. Igual mas também de extrema esquerda comunista

      Eliminar
    4. ....ou de extrema esquerda, sao igualmente horriveis.


      So um detalhe, o partido de Hitler era de esquerda.
      O comentario das 24 de agosto de 2018 às 03:21 acertou na mouche.

      Eliminar
    5. Não, não era. Apesar de o partido Nazi conter a palavra "socialista" no seu nome (lá colocado com o objetivo de apelar a um grupo específico de potenciais eleitores), o partido era de extrema direita.

      Não compreendo a insistência em propagar esta ideia objetivamente errada - até porque, se querem citar governos atrozes de extrema esquerda, não há propriamente uma escassez de exemplos.

      Eliminar
    6. Errr... não. o partido do Hitler não era de esquerda, lamento. Só porque se auto-intitulava Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães isso não o transforma num partido de esquerda. Seria o mesmo que dizer que Ben-Gurion era socialista só porque o partido dele se auto-intitulava Trabalhista. Nopes.

      Eliminar
    7. Supreendentemente, o ano passado comecei a perceber que há uma discussão sobre isso na internet.. Hilter era de extrema esquerda ou direita?
      Nunca pensei sequer que fosse discutível.

      Mas na escola aprendemos que era de extrema-direita

      Eliminar
    8. A estupidez, os argumentos parvos e incultos também cortam o interesse.

      Eliminar
    9. Extremismos são quase sempre errado... Para esquerda ou direita.

      Eliminar
    10. Anónimo(17:10), se alguém tiver uma arma pousada sobre a mesa e estiver na iminência de pegar nela para disparar contra si...faz-lhe alguma diferença saber se vai disparar com a mão esquerda ou com a mão direita? Não creio...

      Eliminar
    11. S* eu diria mais, extremismo é sempre errado mesmo. Nunca deu certo.

      Francisco o Pensador, felizmente ainda existem pessoas que estudam e procuram conhecer e perceber o que aconteceu. Porque o esquecimento, é a "melhor" forma de tudo acontecer outra vez.
      Por isso sim, faz diferença perceber como, porquê e quais os precursores de um dos maiores massacres da história.
      Da minha parte, só quis referir que (mesmo que o assunto não lhe seja relevante a si) é algo que está em discussão há uns tempos. Uns afirmam uma coisa, outros defendem outra.

      Eliminar
    12. Anónimo(16:58), as coisas aconteceram e por maior que seja o esforço humano para que nada disso se repita, tudo voltará a acontecer. A natureza e a ordem das coisas assim o dita. Ao contrário de muita gente, eu não tive a necessidade de estudar muito para perceber que as pessoas são más por natureza e que as ideologias politicas procuram todas o mesmo objectivo que é alcançar e cimentar o seu poder na sociedade para alcançar benefícios de toda a ordem e de forma diversa, logo, que mais preciso de saber para além de tudo isso?

      Por mais humano que seja um movimento politico, compreenda que ele só preservará a sua humanidade enquanto não conseguir atingir o poder.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. NEM . MAIS .
      Não suporto pessoas que fumam! NAO SUPORTO
      Querem fumar que fumem em casa e NAO ME PREJUDIQUEM A MIM
      Só deveria ser permitido fumar cada um em sua casa, no seu quintal, na sua propriedade PRIVADA.
      Ruas, jardins publicos, cafés, bibliotecas? NUNCA

      Fumadores passivos fumam TANTO como os outros!
      ABAIXO O FUMO / ABAIXO O TABACO!

      Eliminar
  4. Nenhum fundamentalismo me excita...

    ResponderEliminar
  5. Respostas
    1. Por falar em piadas secas, conheço uma muito gira...

      Conversa entre duas pessoas:
      -Sabes qual é a diferença entre o papel higiénico e as cortinas da casa de banho?
      -Não…
      -Ah!, então foste tu!

      (Ps: E com isto acabo de matar todo o interesse que a Titica Deia poderia vir a sentir...em querer visitar um dia o meu blog...) :)))

      Eliminar
  6. Quando começam a falar e a falar e a falar a gabarem-se de algo que eu sei que é mentira... Adeus... passam logo à história, detesto pessoas que se "armam em bons".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que se armam em boas e não em bons. De nada.

      Eliminar
    2. Pior do que os professores conhecidos, só mesmo os anónimos. Que chatos.

      Eliminar
  7. Touradas também, viver para o trabalho, caráter duvidoso, caça, não gostar de música ou cinema.

    ResponderEliminar
  8. Essa é fácil. Qualquer mulher que esboce um sorriso 1001...
    Aquilo mata-me logo redondo e confesso que demoro alguns meses para conseguir recuperar do choque! :)))

    (Ps1: 1001 = um, zero,zero,um...acho que perceberam a ideia)

    (Ps2: Tem graça mencionares as touradas porque ia precisamente escrever um post sobre esse assunto)

    ResponderEliminar
  9. Gostar de Chagas Freitas.

    ResponderEliminar
  10. Por acaso acho que a cena que mais me corta a pica num homem é mesmo ser burrinho burrinho ou então ter mau hálito 😂 e tunnings, eu era incapaz de me envolver com um adepto de tunning!! Deus ma livre!!

    ResponderEliminar
  11. Cheirar a suor! Credo, não há pior corta-interesse!

    ResponderEliminar
  12. O machismo é aquilo que eu mais abomino.

    Mas se viesse defender as touradas também não seria opção. E um namorado passou a ex depois de o ouvir gozar com um rapaz que tinha excesso de peso. Acho que foi assim a atitude mais radical que tomei. Tinha-o como boa pessoa e não consigo expressar a desilusão e a noção clara que ele não era de todo a pessoa que eu pensava que ele era. Não gosto de pessoas que gozam/humilham os outros.

    ResponderEliminar
  13. Fumar, ser muito religioso (eu sou agnóstica e acho que suportaria um companheiro crente, mas nao um beato :P felizmente encontrei um outro agnóstico também ahah) e ter ideais politicos extremos. Acho que seriam os meus 3 no-nos!

    ResponderEliminar
  14. Fumar e ter tatuagens tribais ou associadas a clubes de futebol!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tatuagens associadas a clubes 😂😂 então S, não dizes nada?

      Eliminar
    2. Que vou eu dizer? A do meu homem não me incomoda. 🤣🤣

      Eliminar
  15. Alguém que dê muita importância ao status e à aparência. Fazer/ser/comprar/ter só para parecer bem, para mim não dá.

    ResponderEliminar
  16. Eu tenho vários:

    - Não gostar de ler
    - Gostar só de música péssima
    - Comer demasiado
    - Ser homofóbico, machista ou racista
    - Não gostar de fazer nenhum tipo de desporto
    - Não gostar de cães (e de animais no geral)
    - Não ser limpinho (a pior coisa!)
    - Fumar
    - Ser fanático por futebol
    - Ter um mini

    E é por isto que estou solteira :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, assim é difícil!... Não conheço ninguém que não encaixasse em, pelo menos, um item. Eu também estou solteira mas só queria um rapaz limpinho e honesto! :P

      Eliminar
    2. Eu achava que não gostar de ler seria o meu até conhecer o meu marido. Não deixa de ser culto, curioso, etc

      Agora comer demasiado, sou só eu que acho que todos os homens comem excessivamente?
      Provavelmente os metrossexuais não mas honestamente não era capaz de estar com um homem assim. Nem eu sou assim 😄😄

      Eliminar
    3. Assim, nem só estás solteira como também vais morrer solteira! LOL

      Eliminar
    4. O meu namorado preenche esses requisitos todos por isso há esperança para ti, devem existir mais de certeza.

      Eliminar
    5. Ahahah Adoro a exigência. Mas o amor é inexplicável e, muitas vezes, é irónico. Acabamos por nos apaixonar por alguém que é o oposto do pretendido. 🤔😊

      Eliminar
    6. O meu marido também cumpre esses requisitos xD às vezes come muito, mas isso é porque também faz muito desporto. E eu também adoro comer ahah. Mas comemos saudável!

      Eliminar
    7. Acho que está a ser realmente muito exigente. Algumas até entendi a razão delas mas comer demasiado? O que a incomoda nisto?

      Eliminar
  17. Depilados. Big turn-out! (Parece que estou com um rapazinho pré-púbere...)

    ResponderEliminar
  18. Ter ideias politicas de extrema esquerda.

    ResponderEliminar
  19. Sim, seria horrível envolvermo-nos com alguém que tem opinião própria e esta é diferente da nossa.

    Eu não defendo as touradas, defendo o valor da liberdade e direito à opinião.

    Todos diferentes ...

    ResponderEliminar
  20. Alguém preconceituoso, intolerante, desinteressado, desinformado. Além disso, também me desligo com sinais de superficialidade, materialismo e hipocrisia (está tudo relacionado...). Defesas de touradas e de machismo também entram no "corta-interesse abrupto" :)

    ResponderEliminar
  21. "Chicos-espertos", gente sem escrúpulos, capazes de tudo para conseguirem aquilo que querem.
    Mentirosos. Traidores. Desonestos. Que humilham e maltratam os mais fracos. Que abusam da confiança e da ingenuidade dos outros.
    Com umas "carinhas de anjo" mas capazes de vender a mãe!

    Desculpa, S*, mas há coisas (bem) piores do que ser aficionado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade. Mas, para mim, ser aficionado é ser cruel e egoísta

      Eliminar
    2. Serão mais egoístas do que aqueles que querem impor as suas convicções, mesmo que anticonstitucionais? Serão mais cruéis do que aqueles que rejubilam sempre que algum forcado é gravemente colhido ou morre alguma figura da tauromaquia?

      Eliminar
    3. Anónimo(21:00), será que estamos numa de tentar mensurar as coisas? Porque se estivermos teria que perguntar-lhe quantos touros em média é necessário torturar numa praça...até que haja um forcado gravemente colhido ou uma figura tauromáquica seja vitima deste processo...

      Não sei que tipo de matemática você deu na escola, mas a que dei dá-me a legitimidade de dizer que o saldo está claramente inflacionado para o lado dos touros...

      Eliminar
    4. Será que isso importa? As crueldades de uns minimizam as de outros? A S. disse que achava cruel e egoísta ser aficionado, não que não existia nada de mais (ou igualmente) cruel e egoísta do que ser aficionado. Aliás, até concordou com o comentário original.

      Eliminar
    5. O facto de um ser mau não torna o outro menos mau. 😡

      Eliminar
    6. Porque os forcados por norma são muito boas pessoas... Só gostam de torturar animais como entretenimento mas isso não é um dos sinais de psicopatia nem nada.

      E os fãs de touradas são uns anjinhos. Não viram a sua passividade e capacidade de argumentação estes dias contra os que estavam a protestar? Ó quanta evolução...

      Eliminar
    7. Há aficionados maravilhosos e nao aficionados monstruosos. E vice versa.
      Uma coisa nao limita a outra.

      Eliminar
    8. Anónimo das 15:09,o egoísmo e o sadismo nada têm de maravilhoso.

      Eliminar
    9. Eu confesso que tenho alguma dificuldade em catalogar as pessoas deste modo. Que ser aficionado seja um corte-interesse, eu percebo. Cada um tem os seus. Mas da mesma forma que eu não digo que quem fuma é isto ou aquilo (apenas porque fuma) acho estranho que cataloguem aficionados simplesmente por uma característica destas (que têm todo o direito de não gostar). Tendo tido forcados na família (já não o são) posso garantir que estão longe de serem psicopatas ou monstruosos. Tiveram como actividade algo que vos incomoda e para o qual são contra? Entendo perfeitamente. Mas daí a achar que mesmo assim não podem ser boas pessoas...acho demais. :)

      Eliminar
    10. O meu pai foi um dos que foi forcado quando era jovem e é uma boa pessoa.
      Eu sei que a S* e outros querem á força que o mundo seja preto ou branco, mas não o é, e a vida vai-vos encarregar de ensinar isso.

      Eliminar
    11. Falava-se aqui de RESPEITO PELA VIDA HUMANA mas há pessoas que só sabem ser empáticas com os animais. Deixo aqui um exemplo lamentável de como os defensores dos animais têm BOM CORAÇÃO (e os outros é que são psicopatas...):
      https://www.dn.pt/mundo/interior/vais-morrer-meninocom-cancro-e-vitima-de-ciberbullyingetodoa-espanhareage-5438571.html

      Eliminar
  22. Extrema esquerda, nao os suporto!

    ResponderEliminar
  23. Estar sempre suado e a cheirar mal

    ResponderEliminar
  24. Assim à primeira vista... Ser mais baixo que eu (1.80m) e ter "voz de menina".
    Manias! :p
    Claro que há coisas bem mais importantes, mas esses partem logo em desvantagem.
    SM

    ResponderEliminar
  25. pila pequena...nem nunca dei muita importancia a isso, o moço era giro, inteligente, mas da primeira vez que me deparei com tal cenário, percebi o problema que isso ia ser. lamento, e não é um assunto over rated, é mesmo fundamental.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah Ri-me. Claro que também conta.

      Eliminar
    2. Ahahahahah conta MUITO!! Eu tive relações sexuais anos com um namorado e era o meu primeiro e único parceiro. Depois terminei tudo e envolvi-me com um rapaz que jamais esquecerei porque aí sim eu perdi a virgindade 😂😂😂😂😂 foram muitos anos enganada, não se faz!!!

      Eliminar
    3. Ai Deus. ☺️☺️☺️

      Eliminar
    4. E o contrário também é válido. Muito grande também não...algures noutra vida, tive um 'caso' que me deixou uma semana a andar de lado!

      Eliminar
  26. S* peço desculpa ser aqui, mas a sua irmã está bem? Esteve no hospital, tudo bem com os bebes?
    A torcer que tudo corra bem!

    ResponderEliminar
  27. Que escreva mal: palavras com ç onde deveria ser c, confundir coisas tipo deve-se e devesse.....big no!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Voçê tem toda a razão, mas antes de julgar...devesse tentar conhecer melhor as pessoas...:)))

      Eliminar
    2. Faltou ali um "talvés" antes do devesse. Credo, sou mesmo pèssimo a escrever... :)

      Eliminar
  28. No campo sexual, homem que não faça as preliminares!
    Que me deixe gastar! Ex.: se euzinha quiser comprar aquele calçado caro e fabuloso pra usar uma única vez no casamento da fulana, me deixe gastar - afinal de contas o dinheiro é meu! Sou fútil, assumo!!!

    ResponderEliminar
  29. Francisco o Pensador, oh homemzinho irritante que mete o bedelho em todos os comentarios. Nem coberto de ouro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ia dizer o mesmo, mas uma vez que ela já é anónima...é possível alguém ser ainda menos do que isso?... :)))

      Eliminar
    2. Desnecessários os insultos, mas concordo...Embora por vezes torne a caixa de comentários mais interessantes(not boring);D

      Eliminar
    3. Agora quem não percebeu nada disto fui eu. É um homemzinho irritante mas torna as caixas de comentários mais interessantes? ou é irritante ou é interessante, as duas juntas é que ele não pode ser. Nunca ouvi ninguém dizer: "não te suporto mas gosto de ti".

      Eliminar
    4. Chamar-se "Francisco o Pensador" é ser tão anónimo quanto os outros... Ou esse é nome que consta no seu registo civil?

      Eliminar
    5. Anónimo(16:30), agora fiquei um bocadinho confuso. Se sou tão anónimo quanto os outros...como é que sabe que sou um homemzinho irritante que mete o bedelho em todos os comentários? Se conseguiu identificar-me...é porque estou muito longe de ser anónimo, certo?
      E dai talvez não porque tenho a certeza absoluta que você vai voltar a rebater os meus argumentos à custa de mais outra teoria fascinante...daquelas suas, percebe? :)))

      Eliminar
    6. Sim, é irritante e mete o bedelho em tudo. E daí? até parece que não gostam disso.

      Eliminar
    7. Não fui eu, Anónima das 16:30, que lhe chamei "homenzinho irritante". Apesar se sermos todos Anónimos, verá que somos diferentes pessoas a comentar, basta reparar nos diferentes tipos (e tiques) de escrita...

      Eliminar
    8. Concordo com o Francisco. Apesar de todos beneficiarem do anonimato uns podem ser reconhecidos e outros não por isso ninguém pode dizer que os anónimos são todos iguais.

      Eliminar
  30. Não saber manter uma conversa, é meio caminho andado para perder completamente o interesse .

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.