Avançar para o conteúdo principal

Daquela coisa bonita chamada Gratidão


Já tinha ouvido falar da Winnie Harlow. Sim, é uma mulher linda. Sim, tem uma imagem muito peculiar. Pelos vistos, recebeu um prémio de "Role Model" da nossa GQ Portugal. Pelos vistos, diz ela, a GQ nacional não tratou bem a empresa dela - não explica em quê, nem como, nem quando. Então, ontem, resolveu publicar imagens da festa GQ, mas ocultou a parte do Portugal. Diz que não queria fazer publicidade a uma marca que tratou mal a empresa dela (???). Ainda pôs uma foto com o prémio e disse que o coitado se partiu.

Um disparate pegado. 

Depois o Luís Borges, esse sim um modelo que parece ser imensamente profissional, cascou nela forte e feio, no Facebook. Acusou-a de ser mal educada e ingrata. Entretanto ela respondeu, com um testamento no Instagram, onde refere o mau tratamento que a GQ Portugal deu à agência dela.

José Santana, diretor da revista, já veio dizer que "Sentimos que isto foi uma tentativa de parvoíce a que não estamos habituados. Estas são pessoas que gostam de publicidade."

A GQ ainda lhe deu uma chapada de luva branca... acaba de publicar um álbum com as imagens da noite e, upssss, a Winnie nem sequer aparece.

Eu cá não sei de nada, mas acho que a gratidão é uma coisa muito bonita. Ela pode ter um aspecto diferente, mas com este tipo de mau profissionalismo, duvido que dure muito no mundo da moda. É o tal "incha, desincha e passa".

A história, aqui.

Comentários

  1. Quando estava no America's Next Top Model já dava para ver essa faceta dela. Pensei que era por ser um programa de televisão. Afinal não.

    ResponderEliminar
  2. Fiquei a saber dessa história mesmo agora. Realmente, um pouco de gratidão não lhe ficava mal.

    ResponderEliminar
  3. Já não gostava dela em ANTM. A Tyra deu-lhe imensos conselhos e chamou-a várias vezes à razão no programa, mas pelos vistos de nada lhe valeram. Enfim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual! Só me lembro dela do ANTM e do quão mal-formada sempre me pareceu. Não estou nada surpreendida!

      Eliminar
  4. Essa miúda no America's next top model era do pior! Lembro-me de ela espalhar que tinha dormido com um colega (colega que por acaso ganhou essa edição, esperta a menina!) e fingir-se de vitima quando afinal estava a mentir.
    Pode ter uma imagem diferente, mas é só isso. Ela nem boa modelo fotográfico é.
    Espero sinceramente que, já que nao soube aproveitar, desapareça rapidamente na ribalta.

    ResponderEliminar
  5. Conheci-a no programa America's next top model e parecia muito arrogante já na altura. Depois comecei a ver algumas campanhas dela para a Desigual e pensei que talvez tivesse mudado ou estivesse mais humilde... parece que não...

    ResponderEliminar
  6. Ja a conhecia, é bonita
    Mark Margo
    www.markmargo.net (site de celebridades e playmates com sessões fotográficas)

    ResponderEliminar
  7. 1º - Ela tem 21 anos?????? Choquei! Eu pensava que ela estava a chegar aos 30! É muito pesada.

    2º - A Madalena tem toda a razão. Ela é muito interessante (exterior) e é SÓ isso que a faz ser conhecida e chamada para grandes marcas. Mas ela não é de todo uma boa modelo. Mediana quanto muito.

    3º - Não me surpreende nada este episódio aqui em Portugal porque, como toda a gente se lembra e bem, ela no programa ainda era uma anónima e já era cheia de "cagada". Uma arrogante de primeira, cheia de "não me toques" e foi precisamente por causa da arrogância inflexível dela que foi expulsa do programa.

    Pode ser que a vida lhe ensine alguma coisa, pode ser...

    ResponderEliminar
  8. Pois bem, as atitudes é que mostram o que somos!

    http://finddyourway.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. a atitude dela e toda a lavagem de roupa suja que se seguiu são a prova de uma falta de chá que nem dá para qualificar.

    ResponderEliminar
  10. Ui no ANTM ela era muito arrogante! Achei que a desculpavam muito devido ao problema de pele que ela tem, como ela tinha sofrido sempre muito com isso acho que tinham um pouco de pena dela. Quanto a mim, ela tinha mesmo mau carácter, não sei se era por estar sempre a receber elogíos por ser diferente e especial que ficou com o ego demasiado inflado. A miúda até inventou (como aqui já foi dito) que tinha dormido com outro concorrente e depois quando foi descoberta nem sabia onde se meter e então fez papel de coitadinha e que ninguém a entendia blá blá blá choradeira..

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.