Avançar para o conteúdo principal

Reeducação alimentar - balanço dos quase 3 meses

Não vou dizer que me tenho portado bem - não tenho. Por causa de uma pequena cirurgia que fiz a 18 de Junho (e por causa da minha preguiça), estive três semanas sem pisar o ginásio.

Não ando a fazer loucuras, mas também não ando a comer propriamente saudável. As últimas semanas têm sido tão intensas que, honestamente, nem me consigo lembrar de como me tenho portado. Mas sei que não ando a cumprir com as minhas obrigações.

De qualquer forma, quase 7 quilos já se foram.

Hoje pequei forte e feio. O meu homem favorito em todo o mundo, o meu tio, fez anos. Tivemos churrasco, costeletões, picanha, caipirinha, gelados e muitas coisas boas. Agora é entrar na linha. Daqui a duas semanas, casa a melhor irmã que eu algum dia podia ter desejado.

E eu sou a madrinha da criança. Tenho de estar bem nas fotografias, certo? ;)

Comentários

  1. Olha que menos 7 quilos é muito bom;)

    ResponderEliminar
  2. Estou precisando fazer uma educação alimentar como essa.

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderEliminar
  3. Devias pensar seriamente se daqui a uns anos vais gostar de te ver com aquela roupa tão simples no casamento da tua irmã. E com aquelas sandálias .. Ainda por cima sendo madrinha do pequeno Miguel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, acredite que esse comentário é feio. Eu sinto-me linda e elegante. A escolha de roupa e os acessórios em ouro são intemporais. Olhe, as sandálias é que são discutíveis - mas eu gosto.

      Eliminar
    2. Concordo com o anónimo!
      Podias ter arranjado muito melhor. Essa roupa para mim é para ser usada no dia a dia, nunca numa cerimónia.

      Eliminar
    3. As sandálias ficam tão mal, é uma pena. O macacão sendo tão simples pedia algo muito mais elegante

      Eliminar
    4. S* ainda tens uma semana, corre à procura de outros sapatos! Aposta na elegância e não no "estes vão dar para usar no dia-a-dia"
      Tu vais levar com macacão azul e acessórios dourados e depois sandálias pretas com predaria que parece prateada. Não bate nada com nada!

      Eliminar
    5. Anónimos, percebam isto - eu adoro as sandálias e acho que ficam bem com a roupa. A parte preta das sandálias nem se vê, o macacão cobre.

      Eliminar
    6. Pessoas, deixem a S* ir como gosta. Para nós ela não vai bonita mas o mais importante é ela gostar. Se vai como gosta, então perfeito! A nossa opinião pouco importa... Quem vai assim é ela.

      Eliminar
    7. Andreia, ainda bem que percebeu. Para vocês, não vou bonita. Para mim, para a minha irmã, a minha mãe, e o meu namorado, vou linda. Veja lá... a opinião deles importa-me mais. :)

      Eliminar
  4. Tem de haver um dia na semana em que possamos "pecar" um bocadinho...O meu dia para "pecar" é ao sábado, bebi sangria e acabei de comer um Magnum Caramel & Nuts, enquanto o marido vê a final da Copa América. Tens 6 dias pela frente, para te redimires, deixa lá, faz bem á alma ;)

    ResponderEliminar
  5. Estás a fazer mais progressos do que eu, que perdi o mesmo em 6 meses. ahah
    E agora apetece tanto uma "jola" de vez em quando... ;P

    ResponderEliminar
  6. 7 kg já é muito bom. Parabéns pelo esforço. Sei que não é fácil mas, depois vale a pena!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Uma grande vitória, 7 kgs. Um pecadito não há-de fazer mal :)

    ResponderEliminar
  8. Parabéns S :) Eu ultimamente tb me tenho portado um bocadinho mal por vezes. Mas já foram 6. Só faltam outros seis para estar no ponto eheh Vais estar super bem nas fotos**
    Boa sorte

    ResponderEliminar
  9. Parabéns! 7 kg é qualquer coisa... força para os teus objectivos, com vontade e persistência tudo se consegue!

    ResponderEliminar
  10. 7 Kg ?? :O Isso é óptimo! :) Mas mais importante que o peso perdido é aprender a comer de forma saudável :)

    ResponderEliminar
  11. O teu namorado estava desempregado?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não. E se estivesse, eu nunca falei de tal coisa no meu blogue nem seria assunto do qual quisesse falar. As pessoas têm de perceber que eu só falo do que quero e é um bocado de mau tom fazer certas perguntas.

      Eliminar
    2. Tens facebook que divulgas várias vezes no blog e em que tocas em assuntos que os leitores do blog vão ler. Eu vi o post do novo emprego e por isso acho normal a pergunta do anónimo

      Eliminar
    3. Anónimo das 17:36, não sei onde leu que ele estava desempregado. ;)

      Eliminar
  12. S como já foi dito em cima, e não quero ser indelicada, mas pensa um pouco carinho no caso das sandálias.. Podem ser muito giras, lindíssimas mas não são para uma cerimônia. O macacão e tu uma miúda de 25 anos mereces melhor pah...;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, mais uma vez, eu gosto. Sinto-me bem. Andava à procura de outro calçado, admito, mas experimentei tudo, há e adorei. Não quero outras. :)

      Eliminar
  13. Oh pá 7 kg é muito bom, parabéns :) E vais estar mais do que bem !!!

    ResponderEliminar
  14. 7 Kg? Isso é óptimo! :)
    Que continues assim!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. Tu és uma miúda nova e gira, ficas sempre bem. Não stresses que a vida é curta e come o que te apetecer (dentro do razoável ,claro!).
    Eu tenho quase 53 anos, como tudo o que me apetece, sem exageros, e estou dentro do peso normal para a minha idade e estrutura física. Não tenho problemas de saúde sérios (só o colesterol alto - adoro carne, molhos e nem falemos de doces!). Portanto, não é preciso ser fundamentalista e pode-se comer de tudo, embora com alguma moderação.
    Estás na melhor época da tua vida, a nível físico e deves aproveitar. Olha que só se é jovem uma vez.

    Bjo.

    Maria

    ResponderEliminar
  16. PARABÉNS!!! Grande sucesso. :) Podes-me ajudar, sff? Onde posso comprar a massa integral que tu compras? (Já vi noutros posts). É muito cara? Obrigada desde já.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá. :) Não, não. Eu compro em dois supermercados - Eleclerc ou Minipreço. Devem ser mais 40 ou 50 cêntimos por pacote de massa. Imagina que um esparguete custa 60 cêntimos... a integral custa 1,10 euros... por exemplo. Não é muito mais cara. ;)

      Eliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã.

Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte?

Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria.

Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

O que é nacional é bom

Anda Portugal a usar cestas desde sempre e esta vossa S* a usá-las há sete ou oito anos... e vem agora a Carolina Herrera descobrir a pólvora (imagens acima).
Por favor, acho isto verdadeiramente errado. A desfaçatez que é pegar em algo tradicional de um país e de o apresentar como uma "criação"... Ainda por cima chamar-lhe "Aveiro"... E em nenhum sítio dizer que tem inspiração portuguesa.
E a pechincha que está? Quase 500 euros por uma cesta. Não tinha nada contra o preço... se efectivamente fosse um produto de original.
É só googlar "cesta portuguesa" e encontram-se imensos exemplares realmente nossos... E sem custarem quase um salário mínimo.
Querem cestas de classe? Então comprem das nossas. Das verdadeiras. Cópias descaradas? Não, obrigada.
Sugiro a Victoria Handmade. Não são caras, são dispendiosas e têm o preço do que é realmente bom. São feitas à mão, são portuguesas e assentam na nossa tradição. 

Voltar ao início

Depois de quase 9 anos e meio de relação, não vamos fingir que são tudo rosas. Ultimamente, temos até de admitir que têm sido mais os dias maus do que os dias bons. As chatices do dia-a-dia, os remorsos, os ressentimentos, os problemas a que somos alheios mas que nos afectam... Não é fácil de gerir e mentiria se não admitisse que já pensamos "será que vale a pena?".
Da minha parte, apesar dos momentos menos bons, continuo com a nítida percepção de que é um bom homem, com bons princípios, e que dificilmente encontraria companheiro que encaixasse tão bem em mim (que eu sou osso duro de roer, no que toca ao convívio caseiro).
Vale sempre a pena, porque não perdemos esta capacidade de nos reencontrar e voltar ao início. Enquanto soubermos olhar um para o outro e reconhecer o valor um do outro, vale mesmo muito a pena.