Avançar para o conteúdo principal

Eau de Chien!

Não há nada mais reconfortante que abraçar e cheirar os meus amores patudos. Cheirinho bom. Quero lá saber se o cão cheira a cão. Cheira bem! Pelo menos eu gosto...

Comentários

  1. Os patudos são sempre carinhoso :)

    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Às vezes cheiram um bocadinho a "chulé", mas há pessoas que cheiram pior. .)

    ResponderEliminar
  3. Gostamos sempre de quem cheira bem! :-)
    xx

    ResponderEliminar
  4. Por acaso nao gosto muito de cheiri de cão... Mas adoro o cheiro dos meus gatos :)

    Paulinha

    ResponderEliminar
  5. E ainda bem que cão cheira a cão... Mau seria se o cheiro fosse outro!

    ResponderEliminar
  6. Quando se gosta, o cheiro não interessa. Eu e a Cookie rebolavamos belo chão abraçadas que era uma coisa doisa.

    ResponderEliminar
  7. Ah! Não! Cheiro a cão molhado então, é terrível. É como diz aqui JS, por vezes cheiram a "chulé". É mesmo. Olha, a minha cheira

    ResponderEliminar
  8. sinto isso com o meu gatolas :)


    www.tarasemanias.pt

    ResponderEliminar
  9. Eu gosto do cheiro dos meus gatos, de cão nem por isso!

    ResponderEliminar
  10. Adoro!!

    Vem fazer parte da inciativa "Blogger Christmas Wish - Solidariedade" http://missindigo.blogspot.pt/2014/12/blogger-christmas-wish-solidariedade.html

    ResponderEliminar
  11. Olha a mim ainda há dias me disseram que as minhas calças as x cheirava a cadela e sabes que mais? Quero lá saber. Os animais pelo menos não nos traem nem nos abandonam.
    Eu adoro o cheiro minha cadela...
    Beijos ao Pirata...

    ResponderEliminar
  12. E quando eles ainda cheirama bebé?!
    Tão booooooom!
    (saudades S* do meu coração)
    :DD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, ainda me lembro do bafo de onça do meu cãozinho... <3

      Eliminar
  13. Cheiram bem mesmo quando cheiram mal :D

    ResponderEliminar
  14. Ok! Sou do contra...

    Vocês habituam-se ao cheiro e já não vos incomoda. Acredito até que passem a gostar. Mas o cheiro dos cães não é bom, cheiro cão molhado é horrível. Ou há uma higiene super, super cuidada ou é mesmo nojento.

    ResponderEliminar
  15. Para quem está habituado não faz diferença, já nem sentem. :) Mas nada contra!
    Eu noto logo e não gosto (não tenho animais pois não acho justo enfiá-los num apartamento e não ter tempo para eles).

    Mas digo o mesmo do cocó do MEU bebé. Não há nada mais maravilhoso que o cheirinho a cocó, principalmente quando já não fazia há algum tempo. As festas que já fizemos por ter feito cocó. :D

    ResponderEliminar
  16. Concordo 100%.... contudo há diferenças entre cheirar a minha cadela lavada e cheirar a minha cadela com cheiro a ... cadela ....! Não a deixo de abraçar por isso !

    ResponderEliminar
  17. Prefiro o cheiro da minha égua, ao cheiro dos meus cães. Ela sim, tem um cheiro que é qualquer coisa de diferente e não é forte, é apenas característico. É o cheiro dela! O cheiro a cavalo. (E não me refiro ao cheiro do estábulo, sim?) Os cães, sobretudo quando estão molhados, alguns podem ter um cheiro muito forte. Mas enfim, não é por isso que os amo menos :)

    ResponderEliminar
  18. O que determina se o cheiro é bom ou mau é o afecto:)

    ResponderEliminar
  19. Concordo! Eu então era menina para viver rodeada de cães por todo o lado xD Cheiram melhor que muita gente (o triste é eu não estar a brincar, é com cada malcheiroso que apanho na escola!)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Um ano a dois

Como o tempo voa, hoje celebro um ano de um relação calma, que me foi conquistando aos poucos e que, hoje em dia, me dá todas as certezas. Quando nos conhecemos, em Abril do ano passado, viramos amigos. Na verdade, tornou-se meu confidente e aturou-me durante semanas e semanas a "chorar-me" por outra pessoa. Já eu percebi que ele gostou de mim no primeiro café que tomamos, mas como é tão ou mais discreto que eu, nada feito. Ficamos assim, entre avanços e recuos, entre conversas diárias e afastamentos semanais. Ao meu lado quando fui operada e nos dias que se seguiram. Eu ainda sem rumo, à procura de algo que não sabia ainda o que era. Foi no dia 6 de setembro de 2021 que a amizade evoluiu para algo mais.  Desde o primeiro dia que não me deixou dúvidas de que queria estar ao meu lado. Acho que foi exactamente isso que (de forma um pouquinho "umbiguista") me fez apaixonar por ele. Sempre percebi que gostava de mim. Sempre me senti acarinhada, querida e desejada.  Dura

Coroas caseiras

Este ano a senhora minha mãe entreteve-se a fazer coroas de Natal. :) Para ela, fez uma coroa mais tradicional, com as peças decorativas em plástico, à moda antiga. Para a minha irmã, fez uma rena.  Para mim, fez a coroa mais espectacular de sempre, com flores artificiais, muitas bolas coloridas e pendentes dos corações. Romântica, como eu.  Contagem decrescente para o dia mais especial do ano... Amanhã inaugura-se o calendário de advento com quadradinhos de chocolate!