Avançar para o conteúdo principal

Facebook - Dualidade de critérios

O Facebook tem sido criticado nos últimos tempos por não permitir, por exemplo, fotos de mamas, até já apagou imagens de mulheres a darem de mamar... mas, por outro lado, deixa que toda a gente veja coisas absolutamente horrorosas como o vídeo de uma mulher a ser decapitada e um bebé a ser espancado.

Não entendo quem são os génios que tomam estas decisões. Dizem que o Facebook se quer livre, para que as pessoas se possam indignar e ter liberdade de expressão... Tudo bem, até aceitaria isso, mas não há necessidade de expor as pessoas a vídeos macabros como o da mulher a ser decapitada. É intolerável. Ainda por cima numa rede social onde tantos jovens participam mais do que activamente. 

"Ai, só vê quem quer". É um facto. Só vê quem quer. O mais-que-tudo, por exemplo, viu o vídeo da decapitação e admite que ficou muito incomodado. Ele tem mais de trinta anos. Como acham que pode afectar um jovem ou mesmo uma criança?


Para ler mais sobre a dualidade do Facebook, aqui.

Comentários

  1. Eu não tenho facebook... devo ser mesmo "anormal" :-)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Acho muito bem que se evite tornar o Facebook na Playboy. Mas deviam também ser activos nessa questão que tocaste, até porque tem-se visto nas Noticias que os jovens psicopatas e assassinos têm aderido "à moda" de partilhar no Facebook os seus actos. Houve até um tipo que postou a foto da esposa acabada de matar por ele, a gabar-se aos amigos que se tinha livrado da chata. E o moço do Brasil que se despediu dos amigos no Face porque matou a mãe e ia agora à esquadra? E todos eles já andavam há meses a partilhar videos esquisitos...

    ResponderEliminar
  3. O FB vai de mal a pior. Veículo para todos os disparates à face da terra...

    ResponderEliminar
  4. Eu fico passada com essas coisas. Nunca vi esses vídeos, sou sensível e livro-me disso.

    Mas olha, o facebook por exemplo não me deixa mudar para o nome de casada. Porque o meu marido tem um apelido estrangeiro, e dizem que só posso mudar se enviar uma certidão de casamento. Lolll oh sim, é para já!! Nunca na vida

    ResponderEliminar
  5. Dessa das mamas não sabia. Vê se cada coisa bem pior, e isso não podem mostrar? Faz todo o sentido realmente (ironia).

    Há vídeos que prefiro mesmo não ver. Vi uma vez um de um cão a ser queimado vivo e se pudesse... Olha nem te digo o que fazia. Por isso, para me fazer sentir mal e inútil (no sentido de não poder fazer nada para ajudar), prefiro mesmo não ver :( mas custa me saber que existem esse tipo de coisas a circular na internet e que qualquer criança ou mesmo adulto possam ter acesso tão facilmente :s. É uma tristeza!!!

    ResponderEliminar
  6. Não clico porque não quero ver. Quanto a mim na balança pesam bem mais as coisas negativas do FB do que as positivas. Recuso-me a ser mais uma...Cá em casa somos 4, ninguém tem FB...e somos muito felizes assim:)

    jinhoooossssss

    ResponderEliminar
  7. Uma decapitação no FB?!
    Graças a Deus que não vi!
    (também não sabia que não se podia pôr mamas…)

    ResponderEliminar
  8. Concordo contigo!! há sites expecíficos para ver esse tipo de cenas....

    ResponderEliminar
  9. Há coisas que não se percebem, o Fb tem critérios muito estranhos. não sabia que proibiam imagens de mamas...têm textos tão ou mais "chocantes" que as mamas...


    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Tb não percebo... Eu acho que se está a banalizar tudo....

    ResponderEliminar
  11. Já tinha ouvido algumas histórias de pessoas que perderam a cabeça por causa do Facebook, mas nunca pensei que o site tivesse tanto orgulho nisso... :)

    ResponderEliminar
  12. A relatividade dos critérios de seleção e permissão de imagens/fotografias nas redes sociais é enorme, o que dá lugar a incoerências, muitas vezes perigosas...

    ResponderEliminar
  13. Há cada vez mais coisas neste mundo que tenho dificuldade em entender...

    ResponderEliminar
  14. por isso e muito mais é que já não tenh face
    bjs*

    http://se-tu-saltas-eu-salto.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Não posso concordar mais! Não vi esse video mas só a ideia de estar em exposição já me horroriza e a ideia de ser visto por crianças/jovens ainda mais.

    ResponderEliminar
  16. Realmente :s sou da tua opinião .
    Estou a seguir o teu blog *

    ResponderEliminar
  17. Realmente. Há coisas que não se entendem!

    ResponderEliminar
  18. Creio que a responsabilidade do que postar ou não, é do usuário e não dos donos do facebook. Recentemente eles excluiram a foto de um amigo meu que mostrava a piroquinha. Era uma foto de criança. Não tinha nada demais.

    jj-jovemjornalista.com

    ResponderEliminar
  19. Ainda bem que alguém levanta estas questões sobre o facebook... Totalmente de acordo!

    ResponderEliminar
  20. Típica moral americana! Decapitanços pode-se ver, mamas não, que é coisa do demo!

    ResponderEliminar
  21. Olá minha querida - eu sou a *Lili* do *Real Dreams* devido a circunstâncias da vida bem como motivos pessoais, vi-me obrigada a mudar o meu rumo e criar um novo cantinho. Mais uma vez te convido a acompanhares-me nesta caminhada que é a minha vida. Beijinho * http://missbrightsideanna.blogspot.co.uk/

    ResponderEliminar
  22. Felizmente esses vídeos nunca me apareceram no meu feed de noticias do facebook, porque se tivessem aparecido eu teria visto e provavelmente teria ficado mesmo muito chocada e incomodada. Na verdade, já estou cada vez mais farta do facebook.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Dois pesos e duas medidas. Eu não tenho Facebook, no entanto dou uma olhada de vez em quando através do Facebook do meu marido.... o Facebook deveria preocupar-se era com os pedófilos que lá estão, descaradamente com crianças ao lado.
    xx

    ResponderEliminar
  24. Não sabia essa das mamas. Mas o face cada vez mais não me interessa. Só me preocupo pelos meus filhos em especial a minha rapariga que está numa idade difícil.

    ResponderEliminar
  25. É... esta questão tem sem dúvida muito que se lhe diga.

    ResponderEliminar
  26. Não vi esses videos e ainda bem, assim como não posso com os de violência sobre animais e crianças. Já os critérios do Facebook, não os entendo...

    ResponderEliminar
  27. Os 'amigos' que pões videos e fotos desse tipo levam os feeds bloqueados. Tenho o direito de preservar a minha sanidade de espírito.

    ResponderEliminar
  28. Gente parva *_* mas realmente o facebook está uma porcaria!

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.