Avançar para o conteúdo principal

Facto

Se te dói um ombro, não peças uma massagem a um familiar que pouco percebe do assunto. O mais provável é ficares dorida nas costas todas.

Mum, I still love you.

Comentários

  1. Devia contar a boa intenção ;) As melhoras.

    ResponderEliminar
  2. pois.. mas deve ter sido dado com carinho..
    as melhoras :)

    kisses***

    ResponderEliminar
  3. Fogo, essa massagem foi forte! Para mim, qualquer massagem de quem pouco percebe do assunto me sabe bem!

    ResponderEliminar
  4. :-) para a próxima pedes aqui á futura massoterapeuta!!! Hihihi

    ResponderEliminar
  5. :-) para a próxima pedes aqui á futura massoterapeuta!!! Hihihi

    ResponderEliminar
  6. Ah ah ah ah!
    A minha mãe também é assim, faz umas massagens terríveis. Sempre que me dói alguma coisa, ela é a última pessoa a quem peço para me massajar.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Só para que saibas (e eu sei do aue falo pois tenho o curso de aromaterapia) as maior parte das pessoas (99%) ficam com mais dores ainda depois de uma massagem... mas depois melhoram a olhos vistos :)
    Don't judge... not yet!

    Beijo doce xxxx

    ResponderEliminar
  8. Não morres da doença, morres da cura. xD

    ResponderEliminar
  9. De certeza que não fez por mal e fez o melhor que sabia! :)
    As melhoras!

    ResponderEliminar
  10. True Story!

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. O marido também costuma tentar partir-me as vertebras.

    ResponderEliminar
  12. O meu marido é igual, sem jeitinho nenhum.

    As melhoras!

    ResponderEliminar
  13. De certeza que a intenção foi boa :P

    (Tenho um selo para ti no meu Blog, passa por lá se quiseres ;) )

    ResponderEliminar
  14. A minha mãe por acaso dá-me massagens fantásticas!

    ResponderEliminar
  15. ahahahah ohpah, deve ter sido com as melhores das intenções!!!

    ResponderEliminar
  16. Então, agora já podes pedir outra ;)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  17. É verdade, sim. Normalmente ainda fico pior...

    Beijoooo******

    ResponderEliminar
  18. Mesmo, uma vez pedi á minha mãe que me fizesse ao pescoço e no dia a seguir fiquei bem pior lol

    ResponderEliminar
  19. eu consultaria um osteopata, médico, por aí :P

    ResponderEliminar
  20. Podes crer! Boas intenções nestes casos são fatais. Uma vez pedi uma massagem a um colega de casa, andei uma semana toda partida!

    ResponderEliminar
  21. Souberam-te bem na hora? Se sim, aproveitasses melhor. O que vem a seguir não interessa nada. :-P

    ResponderEliminar
  22. Espero que não vás parar a um endireita...

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.