Avançar para o conteúdo principal

Verão



Almoço em família, seguido de esplanada à beira do mar. Calippo de limão, para refrescar, e lá fomos nós experimentar as camas de rede. Dei um cambalhota e estatelei-me no meio do chão - e eu de vestido, foi bonito de se ver. Voltei a cair duas vezes. Não desisti e lá me equilibrei na rede/pano... maravilha, estava-se mesmo bem.

Comentários

  1. hihihihihi nunca experimentei mas tbém tenho ideia que me estatelava no chão!

    Maggie

    ResponderEliminar
  2. Já me deitei na rede e nunca caí, talvez essas por serem pouco fundas, seja mais difícil.

    ResponderEliminar
  3. Ó pá! Eu e as redes! Acontece-me sempre o mesmo!
    Ahahahahahahahah
    Pensava que era um qualquer problema só meu!
    Ahahahahahahah

    ResponderEliminar
  4. ahahah adorava experimentar uma rede mas tenho a certeza que depois seria preciso uma grua para me retirar de lá :p

    ResponderEliminar
  5. LOL
    eu acho que ficaria só estatelada no chão.
    lembro-me que em criança não me equilibrava nas redes e nos banquinhos de pano que se dobram e transportam debaixo do braço. aquilo tinha alguma ciencia! xD

    ResponderEliminar
  6. eu lembro-me de quando era pequena tentar prender panos nas arvores para fazer uma cama de rede, mas so experimentei uma a serio na casa de uma colega minha de faculdade e ainda me lembro. foi nos anos dela, estava tudo besano nos quartos, e eu sozinha na rua, deitada na cama de rede a ver o sol nascer :)

    ResponderEliminar
  7. eh pah, onde é que é isto?... não conheço!

    Quanto ás caminhas de rede, sou especialista que desde miuda sempre tive uma jardim. Desde a bela sesta até fazer baloiçar aquilo só com o movimento do corpo, sou uma expert da sornice.

    ResponderEliminar
  8. Calças o 43??????


    Pinoquio

    ResponderEliminar
  9. adorava ter uma coisa dessas ca por casa :)

    ResponderEliminar
  10. Ai anónima Pinóquia, é só mesmo o 37, fofa, anda a precisar de óculos!

    ResponderEliminar
  11. Cláudia... como não?? É no Cabedelo, em frente ao Aquário.

    ResponderEliminar
  12. Quando eu era pequena adorava deitar-me na rede :D Há anos que não faço isso, fiquei com saudades :D

    Beijinhos e boa noite :D

    ResponderEliminar
  13. Melhor são aquelas redes de índio, que fazem uma barrigada, elas acolhem, aconchegam, e embalam.

    ResponderEliminar
  14. ahhhh... olha, não consegui associar.

    ResponderEliminar
  15. Posha S* tens uma perna bem gorda

    ResponderEliminar
  16. Um dia muito bem passado portanto.

    Parabéns pelo blog , tenho vindo a acompanhar e estou a adorar.
    Não passa um dia que não venha dar uma «espreitadela» (:


    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. ahahah Anónimo, que comentário produtivo!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Facto

Apaixona-te por alguém que te tire fotografias "só porque sim" .  Esta é novidade para mim e admito que fico sempre algo comovida. Acho muito bonito.