Avançar para o conteúdo principal

Fim-de-semana romântico?


Qual quê! O fim-de-semana foi (e continua a ser) de crise na nossa relação. Às vezes fico boquiaberta com a nossa capacidade de estragar os raros momentos que temos a dois. Sim, culpa dos dois.

Comentários

  1. Já sabem qual o problema, por isso só têm que começar a trabalhar para resolvê-lo ;)

    ResponderEliminar
  2. Já sabem qual o problema, por isso só têm que começar a trabalhar para resolvê-lo ;)

    ResponderEliminar
  3. Todas as relações têm altos e baixos... não tarda estão agarradinhos de novo... vais ver ;)

    ResponderEliminar
  4. Mau, então agora deu-vos para aparvalhar?
    Juizinho, tá bem. :-/

    ResponderEliminar
  5. Acredita que melhores dias viram e luta (ou melhor dizendo, lutem) por isso :)

    ResponderEliminar
  6. No amor nen tudo é cor de rosa por vezes há umas tonalidades mais escuras. Tem paciência...há dias menos bons numa relação.

    ResponderEliminar
  7. Pois..."criamos condições para a nosa própria infelicidade!"

    ResponderEliminar
  8. Querida S. Isso por vezes acontece! Criamos tantas expectativas e como nem sempre corre como imaginavamos estragamos em vez de reinventarmos o momento!
    Forcinha!

    Bjnh grd

    ResponderEliminar
  9. hahahah da la exemplos?
    Os nossos normalmente perdem o romantismo pq ambos temos a nossa veia geek, e quando damos por ela ta cada um no seu pc, sempre na brincadeira um com o outro, mas nao deixamos de estar no pc, mas duvido q isto mude.
    olha agorinha mesmo exemplo disso, ele deve ter persentido deu-me a mao pra chamar a atencao :)

    ResponderEliminar
  10. Eu sei o que isso é. Mas vais ver que tudo se resolve. Afinal, vocês amam-se certo? :)

    ResponderEliminar
  11. É preciso terem calma...muita calma e sobretudo conversarem. É um conselho de um gajo casado que, apesar de todos os defeitos, consegue manter um casamento feliz.

    ResponderEliminar
  12. viver junto não é fácil. Há que ter jogo de cintura e ceder numas coisas e fincar pé noutras. Boa reconciliação :)

    ResponderEliminar
  13. faz parte. ainda vai haver muita zanga, muito amuo, muita resposta torta, muita irritação, muito 'não me apareças a frente tão cedo'...

    o segredo é não deixar acumular, falar tudo, esclarecer as coisas e não deixar recalcamentos, nem que isso implique dois ou tres dias de trombas. Fazer as pazes só por conveniência é um erro.

    ResponderEliminar
  14. Subscrevo o comentário da doce e bela.
    :S
    É um período de acerto...

    ResponderEliminar
  15. Acontece algumas vezes. Parece que quanto mais se planeia mais ao lado sai... :/

    ResponderEliminar
  16. Há que tentar fazer coisas diferentes e divertidas a dois e não deixar cair na rotina!!!

    ResponderEliminar
  17. Oh, de vez em quando lá calha :S mas o amor acaba sempre por vencer. Logo a noite já se agarra a ti, depois apercebe-se e tira as maos e depois tu não lhe resistes e fazem as pazes :) forcinha

    ResponderEliminar
  18. As crises na relação fazem parte mulher, servem para amadurecer o conhecimento um do outro... Males que podem transformar-se em algo positivo depois.

    ResponderEliminar
  19. Isso logo se resolve, tolices dessas passam depressa! :)

    ResponderEliminar
  20. Ui, como te percebo! Acontece-me tantas vezes isso! Mas sabe tão bem quando se faz as pazes! Ihihih

    ResponderEliminar
  21. Acontece, mas há que contrariar para não se tornar hábito!!

    ResponderEliminar
  22. A vida a dois é um desafio permanente, uma descoberta constante, do outro, de si mesmo e do"nós"! Mas é precisamente no ultrapassar dos obstáculos que o amor se fortalece e se torna singular! E cresce...

    ResponderEliminar
  23. Se já identificaram o problema então toca a tratar de resolvê-lo ;)

    Beijinhos e tem uma óptima semana :)

    ResponderEliminar
  24. as relações são feitas de altos e baixos e é isso que as torna especiais. Vais ver que é só uma fase de baixos ;)

    ResponderEliminar
  25. Mas isso é para depois fazerem as pazes e depois o pinanço é melhor :-D olha, deixa lá... não há relacionamentos perfeitos, se fossem perfeitos sem chatices nenhumas perdiam a chama toda :)

    ResponderEliminar
  26. ;) por estes lados tb n anda fácil. bah

    http://pegadafeminina.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  27. Oh, então mas se já identificaram o problerma, é o primeiro passo para o resolverem :)

    ResponderEliminar
  28. Faz parte..não há relação que não passe por altos e baixos..

    ResponderEliminar
  29. Os fins de semana são quando se passa mais tempo juntos...por isso é quando ambas as personalidades chocam mais...é normal...
    Mas tenho a certeza que voces ultrapassam
    beijinhos S*

    ResponderEliminar
  30. Ás vezes acontece. O bom é que hoje podem fazer as pazes e deixarem para trás o fim de semana ;)

    ResponderEliminar
  31. A capacidade de diálogo é super importante num relacionamento. E alguém tem de dar o braço a torcer, por mais que custe pois há males que vêm por bem.
    Se houver amor tudo se supera TUDO!

    Um beijo carinhoso xxxx

    ResponderEliminar
  32. Não te preocupes querida S, isso é normal acontecer, mas também serve de lição para não voltarmos a cair nos mesmos erros, erros esses que fizeram com que nos chateassemos com o nosso companheiro, no inicio do meu casamento também nos chateávamos mais, às vezes por coisas minimas e que nem lembram a ninguém, mas agora, ao fim de quase dez anos isso já não acontece, talvez porque já estámos mais maduros , mas também porque já conhecemos muito bem os feitios um do outro! Lembra-te, fazer as pazes é tão bom!
    Fica bem!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  33. Compreendo-te tão bem... ultimamente eu e o namorado também andamos com essa capacidade, mas é uma coisa que não se percebe!

    ResponderEliminar
  34. De certeza q não passa de uma crise passageira. Até o amor verdadeiro passa por momentos difíceis.

    ResponderEliminar
  35. Não há nada melhor que fazer as pazes. BOa sorte

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Um ano a dois

Como o tempo voa, hoje celebro um ano de um relação calma, que me foi conquistando aos poucos e que, hoje em dia, me dá todas as certezas. Quando nos conhecemos, em Abril do ano passado, viramos amigos. Na verdade, tornou-se meu confidente e aturou-me durante semanas e semanas a "chorar-me" por outra pessoa. Já eu percebi que ele gostou de mim no primeiro café que tomamos, mas como é tão ou mais discreto que eu, nada feito. Ficamos assim, entre avanços e recuos, entre conversas diárias e afastamentos semanais. Ao meu lado quando fui operada e nos dias que se seguiram. Eu ainda sem rumo, à procura de algo que não sabia ainda o que era. Foi no dia 6 de setembro de 2021 que a amizade evoluiu para algo mais.  Desde o primeiro dia que não me deixou dúvidas de que queria estar ao meu lado. Acho que foi exactamente isso que (de forma um pouquinho "umbiguista") me fez apaixonar por ele. Sempre percebi que gostava de mim. Sempre me senti acarinhada, querida e desejada.  Dura

Coroas caseiras

Este ano a senhora minha mãe entreteve-se a fazer coroas de Natal. :) Para ela, fez uma coroa mais tradicional, com as peças decorativas em plástico, à moda antiga. Para a minha irmã, fez uma rena.  Para mim, fez a coroa mais espectacular de sempre, com flores artificiais, muitas bolas coloridas e pendentes dos corações. Romântica, como eu.  Contagem decrescente para o dia mais especial do ano... Amanhã inaugura-se o calendário de advento com quadradinhos de chocolate!