Avançar para o conteúdo principal
Existem pessoas infelizes que fica felizes ao ver os outros infelizes.

Taditxas.

Comentários

  1. e também há pessoas infelizes que ficam felizes quando vêm os outros felizes :)

    ResponderEliminar
  2. Há invejosos e no mundo há muita maldade. Mas também há bondade e beleza e quanto mais nos ligarmos a elas, menos a maldade se aproximará de nós. Creio nisso.
    Beijokas.

    ResponderEliminar
  3. Esses terão o que merecem... não te preocupes e continua feliz e sorridente ao passares por eles!!! ;-DDD

    ResponderEliminar
  4. A falta de amor próprio faz isso...

    ResponderEliminar
  5. Oh se existem... tristes!

    PS: Fico contente por esse teu novo estado de borboletas na barriga ;) acho que ainda não tinha deixado mensagem depois dos ultimos acontecimentos!

    Beijinho

    http://so_risoincognito.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  6. Não tenho mesmo mais nada a acrescentar... Tadinhas mesmo. Pobres fracos de espírito!

    ResponderEliminar
  7. Não tenho a certeza se o que elas sentem é felicidade.
    Gente assim tem tanto fel que mesmo a comer caramelos devem ter sempre a boca amarga.
    Beijinho.

    P.S. estou admirado contigo... um post que não fala "deeeleee" AHAHAHAH

    ResponderEliminar
  8. Não querendo ser mázinha mas essa frase não está lá muito bem construída xD

    Emenda lá o fica para ficam

    E não aceites o comentário

    ResponderEliminar
  9. e depois há algumas que ainda tentam fazer os felizes infelizes!

    ResponderEliminar
  10. Infelizmente. São pessoas negativas e que te puxam para baixo, melhor é se afastar delas.

    ResponderEliminar
  11. Eu chamo a isso, GENTE COM DOR DE CORNO, nem é bem infelizes é mesmo estúpidas.

    ResponderEliminar
  12. Olha, eu sou uma delas.
    Não imaginas como ficava feliz por ver o Sócrates ficar sem as duas pernas, o filhadap*ta. Ou sem os dois testículos. xD

    ResponderEliminar
  13. Só podem ser as infelizes, sim. Porque as felizes ficam felizes com a felicidade dos outros.

    ResponderEliminar
  14. Sao pessoas ridiculas e sem noção, basicamente.

    ResponderEliminar
  15. é o que há mais por aí, infelizmente :x

    ResponderEliminar
  16. Infelizmente há muita gente assim :-(

    ResponderEliminar
  17. a isso chamo pessoas desocupadas
    bjs*

    ResponderEliminar
  18. E eu conheço tantas pessoas assim!!

    ResponderEliminar
  19. Infelizmente é verdade e cruzam-se na nossa vida. Mas eu acho que são muito infelizes, porque quem é "normal" e feliz fica contente com a felicidade dos outros.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.