Ser ingénuo diz que é bonito, porque se mantém uma visão idealizada do mundo e das pessoas. Vêem-se as coisas de forma mais pura e genuína. Isso é bom.

Mas acreditar quando te escrevem meia dúzia de tretas é ingenuidade a mais. Sou estupidamente ingénua. Isso não é bom.

Comentários

  1. Definitivamente, ser ingénua só é bom quando se é criança! Senão...somos lorpas, em vez de ingénuas! ;)

    ResponderEliminar
  2. Sempre foi das coisas de que me "acusaram", desde sempre.

    O meu ex dizia-me "és tão ingénua!" e eu dizia-lhe "não, tu és que és demasiado desconfiado" ..

    ResponderEliminar
  3. ja somos duas...

    gostavade conseguir controlar isso e perceber quando a outra pessoa nao nos esta a dizer a verdade toda... infelizmente acredito em tudo o k me dizem.. porque ainda penso k as pessoas sao como eu.. sinceras :S enfim...

    beijocas S. e obrigada pelo coment no blog :)

    ResponderEliminar
  4. às vezes também sou assim. outras vezes, porém, sou estupidamente desconfiada.

    ResponderEliminar
  5. Tenho dias em que sou assim e outros em que sou demasiado desconfiada.
    É complicado encontrar-se um equilibrio nestas coisas.
    Mas ser ingénuos dá - nem que seja por breves segundos - uma aquecida tão boa no coração.

    ResponderEliminar
  6. Acho que devemos ter sempre um tanto ao quanto de ingenuidade...
    Bjinho*

    ResponderEliminar
  7. Sem conheceres, desconfia sempre. A desconfiança no século XXI passou de defeito a virtude.

    ResponderEliminar
  8. Pois, pois, tu és ingénua e eu sou um dos três pastorinhos que acreditaram que a gaja que andava à bolota, em cima de uma azinheira, era a Senhora de Fátima eheheh.

    ResponderEliminar
  9. Portanto, escreveram-te meia duzia de tretas...

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares