Uma questão de mentalidade

Tenho uma mente muito aberta.

Falo com a gente mais esquisita, com as opções de vida mais fora do normal e respeito tudo, aceito tudo, sem me chocar. Sempre gostei de me informar, pelo que escapei aos preconceitos mais banais e não acreditei nos mitos mais estúpidos.

Não tenho problemas com raças, religiões, ideologias, profissões, idades e sexos. Irritam-me sobremaneira pessoas preconceituosas... até porque geralmente os preconceitos indiciam falta de informação e, pior, falta de vontade em se informar.

Oh pra mim a armar-me. Sou muito liberal em termos de mentalidade. E gosto!

Comentários

  1. Concordo em absoluto aí no ponto que focas: falta de vontade em se informar. O problema, muitas vezes, não é a mentalidade de cada um, é a falta de abertura para tentar entender as mentalidades dos outros e a teimosia em não tentar saber se se tem ou não razão.
    Há quem defenda causas e ideias só porque sim, porque assim lhe foi incutido e nem se questione do que existe para além disso.

    De uma maneira ou de outra, a informação está acessível a qualquer um, e só não procura quem realmente não quer.

    bjs

    ResponderEliminar
  2. só assim somos verdadeiramente livres para fazermos as nossas escolhas. Na aceitação está o conhecimento. :)) **

    ResponderEliminar
  3. Eu também, desde que os outros também o sejam!

    ResponderEliminar
  4. Os PreConceitos resultam disso mesmo de fazer julgamentos de uma qualquer coisa que à partida se desconhece...e contra preconceitos nada melhor que a informação.

    ResponderEliminar
  5. já te fiz esta pergunta, mas como não respondeste, vou voltar a fazer:

    votaste no bloco de esquerda?

    ResponderEliminar
  6. Pois que estou contigo.
    Sou uma mente aberta e orgulho-me disso ;)

    ResponderEliminar
  7. Revejo-me no que escreveste - podia mesmo ter sido escrito por mim.

    ResponderEliminar
  8. Quando te leio, revejo-me muito no que escreves! :)

    ResponderEliminar
  9. Érré, não, não votei no bloco!!

    ResponderEliminar
  10. há uns tempos que visito o blog e nunca me deu para comentar, mas ao ver este post tive que o fazer.

    sou tal como tu, orgulhosamente. e se há coisa que não compreendo é precisamente o preconceito porque muito dele, tal como disseste, é simplesmente falta de informação e olhar para o próprio umbigo.

    ResponderEliminar
  11. Eu tenho uma mente mas ainda não a abri.

    Estou a guardá-la para quando for crescido.

    ResponderEliminar
  12. Só sou preconceituosa numa coisa: NÃO GOSTO DE GENTE PRECONCEITUOSA!! KKK
    bjinhos

    ResponderEliminar
  13. Eu também partilho da tua opinião. Apenas dá-me uma coisa má quando tenho q lidar com homossexuais, pretos, advogados, travestis, toxico-dependentes, comunistas, arrumadores de carros, sindicalistas, ciganos, taxistas, gente que vive do rendimento mínimo, bloquistas, funcionários publicos, benfiquistas e espanhóis, de resto sou ultra liberal especialmente no que toca ao sexo oposto sejam elas loiras, morenas, orientais, ruivas..Conquistam-me por inteiro! viva a diversidade.

    ResponderEliminar
  14. Olha... com aquela cena do vírus, deixei passar este post.
    Sabes que eu sou exactamente como tu?
    Um grandessíssimo mentiroso. Eheheheh

    Estou a brincar. Eu sei que tu és uma "mecinha" muito pluriracial e de boa boca. :PPP

    ResponderEliminar
  15. Não estás nada a armar. Fazes muito bem em ser assim! A mim irritam-me solenemente as pessoas de mente fechada e sem vontade nenhuma de mudarem isso.
    ***

    ResponderEliminar
  16. já somos duas. e fazemos nós senão bem!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares