Avançar para o conteúdo principal

Os últimos dois anos

Estive a limpar a minha caixa de email. Aquela que mais uso, aquela para onde envio tudo aquilo que é importante.

Estive a organizar tudo por pastas. Organizar o que ainda me interessa e o que já não tem importância.

Estive a rever histórias. A rever pessoas. A rever emoções.

Tenho uma mania de gravar as conversas importantes. Guardo-as na pasta Rascunhos para poder ler sempre que quero - ou sempre que preciso. Ninguém me pode acusar de falta de memória. Estive a lê-las. Choraminguei.

Lembrei-me da forma como conheci algumas pessoas. Lembrei-me da forma como me despedi de outras. Coisas das quais já não me lembrava. Conversas que recordei com carinho. Conversas que me irritaram pois o tempo fez-me perceber que não espelhavam a realidade. Conversas que me irritam hoje, porque são recentes. Conversas que ainda me vão irritar, se perceber que nada de puro foi nelas dito.

Mais de 800 recordações foram eliminadas. Custou-me, como me custa sempre separar-me das coisas.

Comentários

  1. Tenho de fazer isso mesmo. E também me custa dizer adeus nem que seja a simples palavras que não voltam mais:)

    ResponderEliminar
  2. Eu também ainda tenho uma pasta para essas coisas, mas não as deito fora, mesmo as mais amargas. Quando o fizer será junto com o email para morrer tudo de uma vez por todas e nao haver mais trocas possíveis.

    ResponderEliminar
  3. faz bem deitar tudo para trás das costas, choramingar o que for necessário, e depois virar a página e olhar em frente.

    ResponderEliminar
  4. Por vezes sentimos e temos a necessidade de fazer uma limpeza às nosas vidas e essa nem sempre é facil.
    O nosso cérebro também faz reciclagem e por isso esquecemo-nos de algumas coisas, porque aí não dá para fazer upgrades de espaço =o)
    Há sempre coisas que nos marcam com mais intensidade e sabemos que ficam para sempre guardadas no nosso coração.
    Bjinho

    ResponderEliminar
  5. A vida torna-se mais leve quando não temos bagagem. Por isso fizeste bem. E aquilo que te é mesmo importante ficará para sempre gravado no teu coração. Bjs***

    ResponderEliminar
  6. de vez em quando tem que ser ....:)

    bj
    teresa

    ResponderEliminar
  7. Eu volta e meia também faço uma limpeza dessas! :)

    ResponderEliminar
  8. E quando nos lembramos do que já nem nos lembrávamos... :) é bom sentir essa nostalgia, sentir que vivemos, chorar um bocadinho (bocadãooo) e depois passar a folha, criar novas pastas :)

    ResponderEliminar
  9. Por isso há certas coisas de que nunca me separo.
    Até porque deve doer muito lololol.
    Bjos.

    ResponderEliminar
  10. Já eu, tenho a mania de acumular tudo e não deitar nada fora... É um mau hábito.

    ResponderEliminar
  11. Também tenho tantas coisas guardadas na minha caixa de email..tal como a ti faz-me bem ir lá (re)lê-las de vez em quando.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.