Avançar para o conteúdo principal
Quando estou lúcida - isto é, quando não estou apaixonada - há coisas que os homens fazem que me enervam um bocado.

- Alcunhas. É rara a alcunha com piada. Chamar Ursinho ao nosso namorado não é coisa bonita.
- Diminutivos e palavras cutchi-cuchi. Fofinha, amorzinho... Não, não e não. S* está perfeito. Não me chamem princesa. Chamem-me Rainha. Se tem de ser, que seja em grande!
- Mel a mais. Eu sou meiga, bastante meiga. Logo, se acho que o macho é demasiado meloso, é porque provavelmente é um chato do caraças.
- Frases do género "és o sol que aquece o meu coração" são do mais piroso que há. Poupem-me.
- Gente bronca, que não se sabe comportar.
- Palavrões. Também os digo, tenho perfeita noção de que é muito feio para quem ouve.
- Gente incapaz de fazer um elogio. "Já sabes como eu sou, não tenho jeito para essas coisas". Não tens? Aprendes.
- Deitarem uma pessoa abaixo, mesmo que seja na brincadeira. Há coisas com as quais não se brinca, meus caros.
- Comerem de boca aberta.
- Cuspir para o chão.
- Ignorarem animais. Parte-me o coração.
- Coçarem-se em público. Não é preciso dizer onde, pois não?

Há outras coisas que os homens fazem que me enervam muito mais. Fico-me por aqui.

Comentários

  1. Aiii coçarem-se em público para mim é o pior dessas coisas todas! :S

    ResponderEliminar
  2. Alcunhas? Até acho normalzinho.
    Já coças coças em publico não. Mas...alcunhas?

    ResponderEliminar
  3. eu não gosto nunca mas nunca mesmo que piroseiras, e aqueles peluches a dizer adoro.te e coisas do genero??

    ResponderEliminar
  4. Boooooooooooooooolas, isto hoje aqui no estaminé não anda bom.
    Nem sei se diga alguma coisa... ainda levo alguma "sarrafada" no lombo.
    Um gajo aqui a mimá-la com "piropos de trolha"...
    Pronto, não te vou chamar "o sol da minha vida". És o charco onde enfiei as patas e fiquei com as meias "encharcadas" eheheh.
    Tá bem assim?

    Beijinho e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  5. estou ver que nao tenho as minimas hipoteses contigo....essa discriçao....sou isso tudo! lol!


    nao sou nao!

    ResponderEliminar
  6. Eu agora que ando solteiro,também reparo numas coisas bastante engraçadas. hehe :D

    ResponderEliminar
  7. O pior é o que vocês pensam quando não estão lúcidas e a situação altera-se.
    "Já não me chama fofinha. Será que estou gorda?"
    "Deixei de ser ursinha... será que agora sou ursa?"
    Os inhos e os inhas são altamente importantes...

    Mas lá estou eu a falar de algo que não sei...

    ResponderEliminar
  8. Voltar a apaixonar acho que deve ajudar!!!

    ResponderEliminar
  9. Bolas, S*!... Mas é preciso não estar apaixonada para que essas coisas enervem? Tirando os diminutivos e as palavras cutchi-cutchi, que também convém que não sejam em exagero, essas atitudes todas são motivos de enervamento e se se estiver apaixonada, de "desapaixonamento" imediato... (na minha opinião, claro!)

    ResponderEliminar
  10. Olá!
    Eu concordo...
    mas se estiveres apaixonada...vais fazer esas figuras ridiculas que todos fazemos...
    Mas como a paixão o máximo de tempo que dura é até 2 anos...eu já passei esa fase:=)
    eheheeheheh

    Beijocas
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  11. Pois é... Há coisas que não se aguentam mesmo e o coças coças é do pior!..

    ResponderEliminar
  12. eh pah,coçá-"los" não...livra --'

    "Deitarem uma pessoa abaixo, mesmo que seja na brincadeira. Há coisas com as quais não se brinca, meus caros."

    isto é coisa que me tira do sério,vou aos arames.

    ResponderEliminar
  13. partilho exactamente da mesma opiniao que tu em todos os pontos, se bem que como me encontro apaixonada e feliz, nao vejo problema nenhum em que ele me chame amorzinho. visto que ele nao e muito de mel, aguenta se e bem :p

    ResponderEliminar
  14. Mas muda tudo quando estás appaixonada ou tens a mesma opinião=)???

    ResponderEliminar
  15. Eu odeio que falem comigo a mascarem pastilha elástica, só me lembro das vacas e dos bois num pasto...

    ResponderEliminar
  16. Quando estou apaixonada obviamente também não gosto... mas toleram-se algumas coisas!

    ResponderEliminar
  17. Há coisas que ultrapassam os minimos, tenho de concordar. Por outro lado,ainda bem que há "mercado" para tudo; - Gostos não se discutem ;)

    Mas fizeste-me pensar... Hum! Vejo neste teu post mais motivos para compreender uma opção homosexual (não tua, minha ou de alguém em particular, entenda-se, em termos "gerais").

    É tudo uma questão de "procurar, aguardar, e nunca nos contentarmos com menos do que merecemos!

    (Já dizia o Miguel Torga: "(...) De nenhum fruto queiras só metade")

    ;))

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  18. E urinarem em público encostados a qualquer canto? Do pior!

    E os colegas de trabalho que vão ao WC, não lavam as mãos e depois vêm-te cumprimentar com um aperto de mão? Arghh

    ResponderEliminar
  19. "- Alcunhas. É rara a alcunha com piada. Chamar Ursinho ao nosso namorado não é coisa bonita."
    Ursinho nao, mas ha coisas bem melhores.

    "- Diminutivos e palavras cutchi-cuchi. Fofinha, amorzinho... Não, não e não. S* está perfeito. Não me chamem princesa. Chamem-me Rainha. Se tem de ser, que seja em grande!"
    Também acho que nao faz mal, se for so quando estivermos os dois, e nao para um publico.

    "- Frases do género "és o sol que aquece o meu coração" são do mais piroso que há. Poupem-me."
    Realmente..essas so usa quem nao sabe o que dizer. Mais vale nao dizer nada :P

    "Não tens? Aprendes."
    LOL

    "- Deitarem uma pessoa abaixo, mesmo que seja na brincadeira. Há coisas com as quais não se brinca, meus caros."
    Podes crer.

    "- Cuspir para o chão."
    Ew é isso e deitar papéis para o chão como se o passeio fosse um caixote do lixo ambulante (nao só os homens, pessoas no geral).

    ResponderEliminar
  20. Concordo em quase todas, mas as que mais detesto é realmente cuspir para o chão e coçar em publico...ai o quanto isso me enerva...

    ResponderEliminar
  21. mastigar de boca aberta...e melosos que roçam o mais chato que há. Dessa lista, foi o que já experienciei e não gostei nada:X

    ResponderEliminar
  22. Eu acho imensa piada à forma como os homens se comportam quando estão "em grupo". Eu sou casada, e bem casada, com um homem excepcional. Que sabe falar e sabe o que falar. Mas, quando se junta com os amigos as frases tem todas que acabar em carvalhos ou folhas.

    "Tão, pá. Não te via à tanto tempo caralh*.
    Epá, meu, nem me digas nada fodass*. ".

    ...homens!

    ResponderEliminar
  23. Vi um comentário aqui que os homens são o diabo LOLOL!!(muita ironia)!!

    Belo post (mais um)!!

    Todos os sexos têm o seus tiques de terror, e concordo com todos os que foram escritos pela S* em relação a nós homens, os diminutivos sâo de facto muito infantis, e pirosos!

    Nas mulheres o que fica muito mal é o dizer asneiras(palavras) e o também coçar a dita cuja em publico!


    Há um video que corre a net que é de uma loura estrondosa, a meter os dedinhos na parte de trás(pacote) do corpo, e que depois vai cheirar o respectivo odor de...


    :P:P;)

    ResponderEliminar
  24. Começo a achar que devemos criar um manual de procedimentos para cada uma de nós a ser entregue aquando de um novo namorico. Facilitava-me muito mais a vida, acredita. E sim, pois, há muito mais coisas que me tiram do sério. E odeio mel a mais, odeio, odeio... em público, odeio ao cubo. Fazia-o ao ex para o irritar lol :P (felizmente ele também não gostava dessas mariquices)

    ResponderEliminar
  25. E se ele estiver longe e te mandar uma sms: "Fofinha, tu não podes estar ao pé de mim, mas estás em mim. É mais perto"

    ficas chateada na mesma?

    ResponderEliminar
  26. "Eu sou meiga, bastante meiga. Logo, se acho que o macho é demasiado meloso, é porque provavelmente é um chato do caraças."

    VS

    "Gente incapaz de fazer um elogio. «Já sabes como eu sou, não tenho jeito para essas coisas». Não tens? Aprendes."

    Ou seja, nem muito mel, nem muito fel... És difícil de agradar... :p

    ResponderEliminar
  27. Paulo... isso é bastante piroso. Nah, não gosto. Não ficava chateada, mas avisava para não repetir. ;)

    ResponderEliminar
  28. Sofia... eheheh. Machos em matilha são uma coisa fantástica. :P

    ResponderEliminar
  29. Isso é quando estás lúcida mesmo!!!Lololol
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  30. detesto todas elas... mas muito mais havia a dizer! :P :P Beijinho e bom fds

    ResponderEliminar
  31. oh S*zinha loli

    (já estraguei tudo lol)

    bem mas concordo com a Patrícia, um manual dava bastante jeito, lá isso é verdade lolol

    beijinho

    ResponderEliminar
  32. E vocês? Fazem o quê que nos chateia? Sabes? Já aprendeste?

    ;)

    ResponderEliminar
  33. são homens, há que se dar um desconto. mas às vezes é demais :p

    ResponderEliminar
  34. Miguel, infelizmente ainda ninguem me disse!

    ResponderEliminar
  35. Não sei se isso é bom ou mau!!!!

    Quando se gosta mesmo de alguém, poucas coisas nos chateiam por três razões:
    1 - Gostamos dessa pessoa, também, porque tem poucas coisas que nos chateiam...
    2 - Como gostamos dela, somos mais tolerantes sobre essas coisas que nos chateiam...
    3 - Como gostamos um do outro, não nos queremos chatear pelo que evitamos fazer o que chateia o outro...

    Será?

    ;)

    ResponderEliminar
  36. É isso mesmo Miguel. Quando gostamos as coisas irritantes continuam a ser irritantes. Mas aceitamo-las mais facilmente porque gostamos da pessoa. :)

    ResponderEliminar
  37. Eu cá abomino coneiros! São os gajos que aturam tudo isso, mas da parte das mulheres (excepto, talvez, aquela parte de se coçarem em público).

    Tens conhecido uns belos exemplares de "onde é que eu estava com a merda da cabeça", não?

    ResponderEliminar
  38. Dispenso todos os nomes que acabam em -inha!

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.