Avançar para o conteúdo principal

"Sonices"

"Sonices": termo inventado pela minha mãe para definir todos os disparates que eu (alegadamente) faço.

Sonices são, por exemplo, dar uma patada na cama porque ando feita louca a correr pela casa. Sim, dá-me para isso de vez em quando. Sonices são eu partir louça (alegadamente) a torto e direito. Sonices é eu perder coisas. Deixo-as em sítios dos quais depois não me recordo.

Eu cá acho que isso tão tudo calúnias. Excluindo a família, ninguém diria que eu sou trapalhona. Sou até bastante observadora e tranquila. Digo eu. Mas ninguém nos conhece melhor que a nossa mãe, certo?

Agora vamos ao termos que eu uso. São palavras que algumas pessoas conhecem... mas que pelos vistos só eu uso! Eu e a minha irmã, que entre nós tudo é partilhado.

Enfardar - Meus amigos, significa comer. Gosto do termo. Acho-lhe piada.
Morfar/Morfes - Morfes é a mesma coisa, comida. Logo, morfar é equivalente ao verbo comer.
Xonar - Que é como quem diz, vou ali meter-me na cama e já volto. Dormir, pronto.
Fosga-se - Junção entre o "fogo!" e o "f*da-se". Não conheço mais ninguém que o use. Especial de corrida, portanto.
Remelosices - Toda a gente sabe o que significa. Lamechas. Mas eu adoro o raio da palavra.
Froufrices - Froufrices tem como origem a expressão "froufrou". Froufrou é tudo aquilo que é assim a modos que abichanado. Vindo da minha boca, é dito de forma carinhosa.
Bofardo - Estalada, sopapo, coisas pouco agradáveis portanto. Basicamente, é levares com uma mão nas fuças.


Frase mesmo gira que aprendi com a mãe. Se alguém fez asneiras e há possibilidade de ficares chateada durante algum tempo, podes sempre dizer assim:

"Quer-me cá parecer que alguém vai comer arroz de trombas durante uma semana."


E vocês? Quais as palavras raras que utilizam?
---------------------------------------------------------------------------------

Mensagem aos machos: Como deu para reparar pela caixa de comentários do post anterior, o mulherio chora muito com o "Diário da Nossa Paixão". Vá rapazes, ide lá a um clube de vídeo alugar o filme. Armem-se em sensíveis. Nós até gostamos.

lol

Comentários

  1. Morfar e Xonar... é muito usado por aqui!!!

    Eu uso vários para sair!!!
    Bora/Bute lá... Vamos abalar.. Tá no ir... Tá a bazar!!!

    ResponderEliminar
  2. as 3 primeiras uso normalmente.
    uso muito:
    - entediada (cheia de tédio)
    - à farta (como quem diz "era o que faltava")
    - defóide ( és mesmo um defóide)

    ResponderEliminar
  3. Das tuas expressões, uso: Fosga-se,Enfardar e Xonar. Eu tenho alguns termos estranhos, como: Apre (que significa bolas, arre, possas); tás-tás (resposta a uma provocação); maymay (amor); Dass (diminutivo de F***); entre outras que só me lembro em determinados momentos! :)

    ResponderEliminar
  4. ola moça kramba ja novo post rsrs entao sonices quer dizer a msm coisa que lerdeza neh? rs sem querer ofender... bom texto moça gostando do seu blog xau bjo fik na paz fuii

    ResponderEliminar
  5. Bem... eu utilizo essas expressões com elevada frequência:)
    "afinfou", "abalar", "inté", e afins:)

    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Enfardar, xonar, morfar, fosga-se ->uso com muita frequencia, tambem sou gaja do norte!
    Com frquencia uso "foca" em substituição de uma palavrita menos educada e gosto da expressão cum mil raios e curiscos que também faz parte do meu dia-a-dia e móss (bem à olhão que nem sei pq uso pq tenho pavor a olhão) que é como quem diz "ai mas o que é k se passa"...e pronto é isto :)

    ResponderEliminar
  7. Eu uso todas à execpção da última! Aque digo muito anhar, apanhar do ar!ahahaah

    ResponderEliminar
  8. Só não uso morfar e froufrices! de resto, estas palavras também são relíquias da minha zona:)

    ResponderEliminar
  9. Tirando a última, que de facto nem conhecia, uso essas todas! E também estas (assim de repente, são as que me lembro):

    "Tá bem, abelha!" - que quer dizer, "ohhh, sim, claro", num tom irónico;

    "Eu é mais bolos" - a verdade é que nem sei bem o que é que isto significa...geralmente é quando não tenho uma resposta exacta para dar.Pronto, dou esta que não tem a ver com nada!

    Se me lembrar de mais expressões estranhas ainda cá venho outra vez:P

    ResponderEliminar
  10. workar
    sleepar

    looool =P vejo k isto continua animado =)
    Obrigado por teres passado n blog lol. ja a mt k n tenho vontades d escrever ;P

    E neps... n tou apaixonado =P

    Bjinhos e boa sorte =)

    ResponderEliminar
  11. Conheço todas menos froufrices e bofardo e uso algumas às vezes... O meu namorado diz fosga-se ;P

    ResponderEliminar
  12. Hahaha! Demais:) Muitooooo bom!!!
    Adoro expressões e palavras a modos que inventadas. Eu também tenho umas quantas, mas não as vou confessar :p

    ResponderEliminar
  13. Eu uso os termos esfomea (que vem da palavra esfomeado e uso com o meu pai) e o verbo estalar, que vem do acto de dar estalos.
    Também uso morfar, xonar e enfardar. Têm um quê de classe xD

    ResponderEliminar
  14. Homem sensível é froufrice loool

    e um mito! :P

    e a alguns era mesmo só com bofardos que aprendiam, fosga-se! :P

    ResponderEliminar
  15. e pa a gente la em trasosmontes usa só coisas bem rústicas: larpar é o mesmo que chonar.
    Roncar é dormir, banano é o mesmo q bufardo....
    e muitas outras assim bem estranhas q te digo depois milheriyyyyy lol nao ficava bem dizer aqui.
    sabes q milheres la da montanha é so coisa r´stica mesmo asneirada pra frente....
    Claro q .... só em certos contextos... bjo

    ResponderEliminar
  16. "Sou até bastante observadora e tranquila..." ;)

    ResponderEliminar
  17. Das que escreveste uso normalmente as 3 primeiras, a 4ª é raro pois sou um bocadinho "pior" e as outras não costumo mesmo usar :)

    ResponderEliminar
  18. Oh menina com nome de Bombom. Vim aqui protestar. Então a menina acaba assim, não pode ser. Ainda tenho muito para ler. Eu no primeiro ano de blog dizia que terminava, no segundo também, no terceiro idem, no quarto já nem se fala, e já vai a caminho do quinto. Depois passa. Vai-te acontecer o mesmo, vai uma aposta?:)

    ResponderEliminar
  19. Que dicionário fantastico!!!

    Eu é mais palavroes, mesmo!!! ehehehe

    ResponderEliminar
  20. Adorei! Acho que vou adoptar algumas sonices, ok? Tem direitos de autor?

    ResponderEliminar
  21. Eu desconhecia os ultimos 3, utilizo os outros e ainda outros que nem me lembro:
    Ir po galheiro =D que é como quem diz... bater a bota, morrer!
    Chungoso... que é tipo...'maluquito', lol...
    Uiiiiiiiiiiiii,sai-me cada uma que nem vos conto =P

    ResponderEliminar
  22. tudo termos que já não me saem do ouvido...

    junta:
    ir à casinha - ir ao WC

    ResponderEliminar
  23. Morfar/Morfes
    Xonar
    Fosga-se
    Bofardo

    É utilizado por aqui... :) hihi...
    Beijoca*

    ResponderEliminar
  24. Não sou religiosa mas agora tenho andado a usar muito as expressões:
    _Cruzes!
    e....
    _Pelo amor de Deus!

    são fases da vida...vá-se lá compreender! lol

    ResponderEliminar
  25. Froufrices parece-me bem..LOL.
    Agora de repente não me lembro assim de nenhuma palavra "estranha"...

    bjnho.

    ResponderEliminar
  26. tenho uma amiga que utiliza muito o fosga-se, mas a que mais gostei foi a do arroz acho que vou introduzi-la no meu bocabulário, com as mudanças desapareceste do meu blog mas já te vou levar de volta

    passa por lá beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Bem Confesso que todos esses termos são meus conhecidos, menos essa do froufrou, não sou muito dado a esse lado da vida :P .

    E para provar o contrario, gosto bastante da cena do beijo em que eles se reencontram à chuva... e mais nem ás paredes confesso

    ResponderEliminar
  28. As três últimas desconhecia. Gostei do teu post, farei um do género com a devida referência ao teu.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  29. As quatro primeiras e a ultima eu também uso =)

    bjo***

    ResponderEliminar
  30. Jangoto =) "Levas com um jangoto pelo costelado" quer dizer "Levas uma berdascada no lombo" que quer dizer "Levas uma chicotada nas costas"
    Lol ;)

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.