Avançar para o conteúdo principal

Pedalar para salvar animais

Quem me conhece sabe que eu tenho um fraquinho (fracão!) por animais. Logo, não podia deixar de reparar nesta notícia, que vem na última página do JN de hoje.

Toni e Sabine deixaram os seus empregos, a família e o conforto de um lar para lutarem por uma causa. Esqueceram as mordomias e embarcaram numa missão: percorrer a Europa de bicicleta. O objectivo desta missão é simples e louvável - alertar para o problema dos animais abandonados.

Vão pedalar 14 mil quilómetros, ao longo de cerca de 14 meses.

O casal Toni (italiano) e Sabine (alemã) começaram a recolher animais de rua há cerca de oito anos e, pelos vistos, o Amor é enorme. Pensaram nesta ideia há um ano e da teoria à prática pouco demorou. Fizeram-se à estrada acompanhados por três dos dez animais abandonados que adoptaram.

Os cães Mona, Whisky e Fido, acompanham os donos nesta missão.

Vejam como tem corrido aqui:

Percurso em Portugal: Faro, Lagos, Aljezur, Sines, Troia, Setúbal, Barreiro, Lisboa, Santarém, Leiria, Figueira de Foz, Aveiro, Porto, Viana do Castelo. Pelos vistos andam na zona centro do país, mas ainda vão à minha terrinha.

Portanto, não se admirem se virem nas ruas das vossas cidades um casalinho de meia-idade de bicicleta, acompanhado por três cães. Eles andam mesmo por aí. :)

Nota: Imagem retirada do site do casal. Captada em Portugal.

Comentários

  1. é de facto uma causa notavel...
    Eu também adoro animais, fui buscar o meu cão á sociedade protectora dos animais e adoro-o como se fosse uma pessoa.
    Se pudesse trazia todos os animais abandonados para casa...
    Adorei o post...
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Como num organismo enfraquecido pela doença, ainda vão aparecendo uns anti-corpos resistentes a remar contra a maré. Mas eles merecem e não pediram para estar aqui, fomos nós que os trouxemos para junto da humanidade, para agora os abandonarmos. Entramos na fase do "usar e deitar fora" e fazemos isso com os sacos de plástico, com os velhos e com os animais.
    Que raio de raça mais estranha. Cada vez acredito mais na teoria de que somos descendentes de seres de outro planeta que "aportaram" aqui, depois de destruírem o seu mundo, cruzaram-se com os terráqueos e do cruzamento saíram estas belas "prendas".

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Eu amo animais :) e não consigo ver animais abandonados ou em sofrimento que fico doente :(
    Só de pensar na crueldade existente neste mundo contra os animais é de louvar pessoas que têm atitudes destas :)
    Obrigada por postares sobre este assunto :)
    Beijos grandes
    Su

    ResponderEliminar
  4. Uau!

    Eu adoro animais! O seu abondono é algo que me revolta bastante e não compreendo porque as pessoas o fazem. Há necessidade de tanta maldade?
    Por isso um aplauso para este casal.

    Jinhos

    ResponderEliminar
  5. É louvável...
    Muitos de nós gostariam de ter a coragem deles, mas acaba por nos faltar...

    ResponderEliminar
  6. Uma boa causa mesmo.... Sem dúvida, e ha que lembrar que os animais não pedem para que os traga-mos para casa, por isso se temos uma responsabilidade é bom que ela não exista só durante alguns dias.
    Falamos de um ser vivo...
    beijo e boa semana.

    ResponderEliminar
  7. Uma grande ideia. Fizeste mt bem em divulgar.


    RC

    ResponderEliminar
  8. Notável!

    Eu tb tenho um fraco enormeeeeeeeeee por animais...então por cães fico doida.

    Fui ver o Marley e ouviam se os soluços de tanto chorar na sala de cinema...fui ate casa a chorar...

    um bjo

    ResponderEliminar
  9. As velas, eu chorei horrores com o livro. Tocante, mesmo tocante. Prefiro nem ver o filme. :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.

Facto

Apaixona-te por alguém que te tire fotografias "só porque sim" .  Esta é novidade para mim e admito que fico sempre algo comovida. Acho muito bonito.