Avançar para o conteúdo principal

Ver o lado positivo da coisa #5 (ou esclarecimento do #4)

Ontem foi dia de fazer pão na Bimby pela primeira vez. Muito fã! Em uma hora prepara-se a massa e leva-se ao forno. Ficou mesmo bom, o pequeno adorou, óptimo para o lanche de ontem e o pequeno-almoço de hoje.

A imagem pode conter: comida
Hoje foi tarde de outra estreia: Pão de Deus. A massa ficou óptima, mas a cobertura de côco tem de ser melhorada, porque não ficou muito consistente. Se disser que o meu filho comeu um praticamente inteiro dá para ver quão fofinhos ficaram, certo?

Não sou grande cozinheira de comida-comida, mas no que toca a padaria e pastelaria acho que tenho forte potencial!

Comentários

  1. Coisinhas boas, que bom! A pandemia está a servir para reinventarmos, há que tempos que não usava a minha bimby e desde que estamos em casa tenho usado tanto. Beijinhos e continua

    ResponderEliminar
  2. Huuuuum, eu adoro fazer pão com chouriço no robot de cozinha. Realmente é rápido: em 2 minutos a massa está pronta, 1 hora a levedar, montar os pães com o chouriço e forno com eles. :D Mas nunca me deu para fazer pão assim, sem nada. Tenho de experimentar. :)

    ResponderEliminar
  3. Junta-te ao clube dos que fizeram pão em casa.
    Está tudo com óptimo aspecto e caseirinho ainda melhor.

    ResponderEliminar
  4. A padaria portuguesa publicou a receita dos famosos pães de leite deles. Experimenta!

    IDS

    ResponderEliminar
  5. Os pães de deus ficaram com óptimo aspecto! Qual é que foi a receita que usaste? Aquela da Padaria Portuguesa?
    Tentei fazer um pão mas não ficou grande coisa (também não segui a receita à letra...) mas vou voltar a tentar.
    Olha, já agora dou-te uma dica que costumo fazer. Sempre que ligo o forno aproveito para o encher todo para rentabilizar o gasto de electricidade. Faço bolos, assados (de carne, peixe, legumes), quiches, etc tudo ao mesmo tempo. E não te preocupes que os sabores não se misturam. Convém é usares a temperatura indicada para a(s) receita(s) de pastelaria/padaria porque senão a coisa não corre bem. É que eu adoro assados e acho que são super fáceis de se fazer e ficam sempre bem. E assim também aproveito para ter uma refeições já feitas ou adiantadas. Fica a dica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faço o mesmo! Só ligo o forno para aí de 15 em 15 dias, mas cozinho logo para 1 semana de cada vez. Faço uma série de coisas e às vezes até congelo :)

      Eliminar
    2. Não, fiz a receita simples da Bimby...

      INGREDIENTES

      Massa:
      100 g leite
      150 g água
      100 g açúcar
      100 g manteiga
      25 gramas fermento padeiro fresco / 5 gramas fermento padeiro seco
      1 pitada sal
      500 g farinha tipo 65
      1 ovo para pincelar

      Cobertura:
      50 g côco ralado
      30 g açúcar
      2 colheres de sopa de leite

      PREPARAÇÃO

      Coloque no copo o leite, a água, o açúcar, a manteiga, o fermento, o sal e programe 2 min / 37º / vel 1.

      Adicione 300 g de farinha e programe 15 seg / vel 6. De seguida, junte a restante farinha e programe 3 minutos / vel espiga. Retire a massa e deixe que dobre de volume.

      Forme bolas de aproximadamente 90 gramas. No meio de cada uma, com a ajuda de uma faca, faça um corte X e pincele todas com o ovo batido.

      À parte, misture côco, o açúcar e o leite, para a cobertura. Deite uma porção em cima de cada bola e deixe levedar mais 30 minutos (eu não deixei).

      Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus cerca de 20 minutos (eu deixei mais de 30...).

      Quanto aos assados, na casa da minha mãe sou muito fã, mas das 3 ou 4 vezes em que tentei ficavam sem sabor e não havia forma de cozinharem... desisti!

      Eliminar
    3. Sim, eu depois também aproveito para congelar algumas coisas. Por exemplo, lasanhas, quiches, bolos, lombo, rolo de carne, etc. Há imensas receitas que congelando não perdem a sua consistência. E depois funcionam como aquelas comidas pré-feitas que se compram no supermercado (mas em versão muito melhor :)). O que costumo fazer é tirar de véspera para o frigorífico e assim descongela lentamente (nada de descongelar no microondas (mas depois de descongelado pode-se aquecer lá)).
      Oh S*, se os teus assados saíram sem sabor é porque tens de colocar mais tempero :P e quanto ao tempo de cozedura, sim costumam demorar um pouco mais mas normalmente coloco-os no forno logo no início e ficam até ao final (há alguma receitas, tipo muffins e assim que só demoram 15 a 20 min e aproveito para fazer duas fornadas ou outra receita do género). Podes também escolher peças de carne menores ou então usar peixe que assa mais rápido. As batatas e assim também precisam de mais tempo. Eu sei que por exemplo as lasanhas ficam prontas em 30-40 min (dependendo da temperatura do forno que use). Tal como já te disse anteriormente, é mesmo uma questão de experiência. Vais fazendo e vais começando a perceber onde podes melhorar. Podes também perguntar à tua mãe as quais e quantidades de tempero que ela costuma usar e como é que ela costuma fazer para tentares reproduzir (já que falaste que gostas dos assados da tua mãe). E vai anotando e alterando até chegares a uma ficha técnica digna de um bom restaurante :)
      Bons cozinhados!

      Eliminar
    4. S se quiseres dou-te uma ou outra receita de assados, super fáceis e infalíveis, tens é de respeitar os tempos. Ficam super saborosos. São práticos porque é só meter para o forno, depois tens é de ter a paciência para esperar.. Mas trabalho não dão. Por exemplo, uma perna de peru de cerca de 2 kg leva cerca de duas horas a assar no meu forno. É um facto que leva tempo, mas se quiser jantar às 20:30 ponho no forno às 18:30, mas fico livre para fazer outras coisas, enquanto há pratos que até só levam 20 minutos mas no o brigam a ficar parados em frente ao fogão.

      Eliminar
    5. Joana, agradeço, sim. Peru não vale a pena, mas gosto de carne de porco assada ou de carne de vaca. :) Se puder, agradeço.

      Eliminar
  6. Se a receita de pão de Deus for a da padaria portuguesa, o cocô não fica consistente mas sim uma pasta de cocô, pouco cozinhado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é, não é, é uma receita da Bimby. O meu ficou pouco 'pastoso', daí se ter desfeito. :D

      Eliminar
  7. Eu faço muitas coisas na Airfryer.
    Tudo o que pode ser frito ou grelhado ou no forno dá para ir à máquina, mas tudo sem pinga de gordura.
    Fica tudo óptimo, prático e sem cheiros, óleos e fornos a escaldar.
    Faço desde carne, peixe, pão, pizzas, muffins, bolos, pães de leite, gratinados, frutas desidratadas, espetadas, legumes e batatas óptimas sem gorduras, pastéis, folhados, etc.
    Recomendo.
    Deixei de usar o forno praticamente.

    ResponderEliminar
  8. A receita é da pãodemia da Filipa Gomes? Tem super bom aspeto. Estou morta por arranjar fermento de padeiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não, é uma receita simples da Bimby. :) eu consegui arranjar três caixinhas de 4 pacotes... dei uma caixa à mãe. Hoje fui comprar pão e outras coisas pequenas mas já não encontrei...

      Eliminar
    2. O fermento já está esgotado. Eu pelo menos já não encontro no super nem aqui ao lado de casa.
      Sem fermento podem sempre fazer pão folha, ázimo indiano ou wrap.
      Dão uma base de pizza bem boa.

      Eliminar
    3. Boa ideia anónimo, no outro dia cá em casa fizemos caril e o meu marido aventurou-se num pão naan que ficou óptimo! Vou mesmo aproveitar a ideia para a pizza. Adoro "flat bread"!

      Eliminar
    4. Aproveite a ideia, sim anónimo. :) Eu também gosto desse pãozinho. E nas pizzas fica a massa fininha como eu gosto. É muito bom é fácil de fazer.

      Eliminar
  9. Por aqui fazemos pão muitas vezes, já fazia antes. Agora estou a aproveitar para experimentar mais receitas.
    E não há nada como comer pão quentinho ao pequeno-almoço. 🙂

    ResponderEliminar
  10. Desculpem mas so uma duvida q eu nao percebo genuinamente. Fazem pao em casa porque? Fica mais barato do que comprar ja feito? Sei q ha pessoas q sempre fizeram, pq querem algo mais especifico em termos de farinhas, ou mais saudavel. Mas o resto das pessoas q sempre comprou pq querem fazer em casa? Qual a vantagem?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No meu caso é entretenimento, fazer algo diferente... E, claro, evito ir ao supermercado. Vou duas vezes por semana ao mercado da minha rua comprar pão... Se puder ir só uma vez, já é bom.

      Eliminar
    2. No meu caso, para aproveitar o tempo livre. Tal como tenho feito massa de pizza, bolos, etc. Acho divertido :)

      Eliminar
    3. Ok, aproveitar tempo livre, compreendo para quem tem essa sorte :-)
      Eu ca ando assoberbada com o teletrabalho e o fazer todas as tarefas domesticas e refeições por isso continuo a comprar pao e a congelar.

      Eliminar
  11. Esse pão tem um aspeto delicioso, melhor do que na padaria...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.