Avançar para o conteúdo principal

Humpf!


Numa relação, ter fé no parceiro deveria ser uma coisa importante.

Ontem sentei-me ao colo do mais-que-tudo e disse:

"Quando a Bimby chegar, vais deixar de comer sempre a mesma coisa. Eu não sei fazer nada!"

"E vais continuar sem saber", respondeu ele.

Obrigadinha. 

Comentários

  1. Há que manter a fé...mas agora com um pouco de esperança também à mistura... :)

    ResponderEliminar
  2. Ah pois, com a Bimby não vais aprender a cozinhar.
    Penso que fé se tem na Senhora de Fátima. No parceiro/a temos confiança (ou não) eheheh

    ResponderEliminar
  3. Ele tem razão. A bimby não ensina ninguém.

    ResponderEliminar
  4. Tive que me rir!
    Haja gente genuína! :))

    ResponderEliminar
  5. Quem diz a verdade não merece castigo :-D

    ResponderEliminar
  6. Ahahahahahahah! Sinceridade acima de tudo!
    https://jusajublog.blogspot.pt/?m=1

    ResponderEliminar
  7. Diz-lhe que ainda bem que está tão entusiasmado, quando a maquineta chegar dás-lhe oportunidade de mostrar :P AHahah :)
    VAIS AMAR :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Não querendo ser a Anónima má, tenho de perguntar: por que razão "VAIS deixar de comer porque EU não sei fazer nada..."? Ele não participa nas tarefas também?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque ele ainda sabe menos do que eu. Ora. Mas fazemos os dois, não se preocupe.

      Eliminar
    2. A pessoa não está preocupada, ora, apenas fez uma pergunta. Nem todo homem ajuda em casa, ainda que devam fazer divisão de tarefas.

      Eliminar
    3. Não queria ser a Anónima má mas toca a destilar veneno...

      Eliminar
    4. Não é que deva andar a espalhar isso ao mundo, mas o meu companheiro até faz mais do que eu em casa. Então com o bebé, ui... Agora cozinhar costuma ser tarefa minha, sim! E com a minha Bimby, acho que terei todo o gosto em ser eu a garantir a comida. :)

      Eliminar
  9. Realmente pelo preço bem que podia fazer os cozinhados sem precisar de mão humana.

    ResponderEliminar
  10. Também sou terrível para a cozinha.. aliás, ambos somos mas eu ainda me safo um bocado mais! Quando quiseres passa no meu blogue que hoje deixei lá um apontamento sobre ti :) *

    ResponderEliminar
  11. Teve a sua certa piada. Mas agora vais ter de o calar com comidinha boa e nova!

    ResponderEliminar
  12. Ahahah!
    Já me fizeste rir! Tu não, ele!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.