Avançar para o conteúdo principal

2014

Não foi propriamente o melhor dos anos... Resumidamente, dificuldades profissionais, dificuldades pessoais, a perda da minha avó mais querida. Perdi duas avós, este ano, com apenas quatro meses de diferença. De repente fiquei sem avós. É estranho ver desaparecer pessoas que sempre estiveram ao meu lado. Somos cada vez menos... 

Por outro lado, acredito que as dificuldades cá de casa ajudaram a cimentar a minha relação. Vivemos juntos há praticamente três anos. Estamos a aprender a ultrapassar as crises - é um processo demorado. 

A minha irmã engravidou. Vou ser tia e madrinha. Adoptei mais duas gatas. Enchi o coração com mais amor. 

Não foi o melhor dos anos... Mas foi um ano que me fortaleceu.

Comentários

  1. que 2015 te sorria e seja um ano mais feliz :) beijinhos

    ResponderEliminar
  2. O bom das coisas más é aprendermos com elas. Desejo-te um excelente 2015, cheio de bons momentos, muita felicidade e amor :)

    ResponderEliminar
  3. Também não foi de longe nem de perto um ano bom para mim, se me fortaleceu ou não, veremos no próximo ! :). Um bom ano para ti. beijinhos

    ResponderEliminar
  4. E esses são os anos mais importantes... Podem ser rijos, mas é o que nos faz mais forte. Qual seria a piada da vida se viesse tudo de mão beijada?

    ResponderEliminar
  5. Se são infelizmente cada vez menos, tens de fazer qualquer coisa como a tua irmã, para aumentar a família....;-))
    Feliz 2015!
    xx

    ResponderEliminar
  6. Nem mais :) Partilho o mesmo - "Não foi o melhor dos anos... Mas foi um ano que me fortaleceu."

    ResponderEliminar
  7. Não sei se será impressão minha, mas aprendemos mais a lutar contra as coisas más do que a usufruir das coisas boas. Aprendemos a superar as dificuldades e ficamos mais... mais preparados para o que estiver para vir. Ia dizer mais fortes, mas é mentira. Ficamos mais fracos, mas com mais capacidade de lamber as feridas e seguir em frente. :/

    Feliz ano novo.

    ResponderEliminar
  8. Há sempre o reverso da medalha. Que 2015 te traga apenas coisas boas, S*zinha!

    Beijocas ruidosas nas duas bochechas! :)

    ResponderEliminar
  9. Viver junto é dificil mas, é tão bom :D Eu já faço 4 anos..
    2014 foi dificil mesmo, mas espeor que o novo ano traga finalmente um novo ar cá em casa!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. E que 2015 seja um ano muito melhor querida* bjinhos

    ResponderEliminar
  11. 2015! que venha 2015!

    Boa sorte e bom ano S* tu mereces

    ResponderEliminar
  12. Que 2015 seja melhor querida.
    Bom ano.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Desejos que as suas pequenas coisas, sejam grandes coisas nos dias que se seguem a 2014. Tchim, Tchim e saúde! Isabel

    ResponderEliminar
  14. Que venha 2015 e que venha mais recheadinho de coisas boas ! Feliz ano 2015 !

    ResponderEliminar
  15. E que 2015 seja um ano mais feliz!

    ResponderEliminar
  16. Sinceramente creio que todos os anos são sempre assim. Com coisas boas e coisas más, aliás assim é a vida. E acho pelo que li que as coisas boas foram mais que as menos boas. Por isso S* desejo-te um maravilhoso 2015 e que nunca pares de encher o teu coração com mais amor. Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Que ao menos tenha servido para aprenderes e cresceres, enquanto pessoa individual, enquanto parte de uma relação, enquanto filha, ... Que 2015 seja mil vezes melhor.

    ResponderEliminar
  18. Feliz ano novo, S. Que 2015 lhe traga muita paz.

    ResponderEliminar
  19. Espero que este ano seja melhor que o anterior!

    ResponderEliminar
  20. Como em todos os anos hà sempre coisas boas e as menos boas mas fz tudo parte de quem somos!
    Que venham mais aprendizagens e fortalecimento interno :-)

    ResponderEliminar
  21. O que não nos mata torna-nos mais fortes.

    ResponderEliminar
  22. Venha um ano novo ;) amor e saúde como disseste., beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.