Avançar para o conteúdo principal

Promessas, promessas...

Todos os dias prometo a mim mesma que vou levantar-me meia-hora mais cedo, para esticar o cabelo e arranjar as unhas.

Todos os dias vou adiando a hora de levantar até à última oportunidade, pelo que o cabelo parece sempre uma juba indomável e as unhas já viram melhores dias.

Quando não tinha casa para gerir e animais para cuidar era tudo tão mais simples... As coisas apareciam feitas, como por magia.

Comentários

  1. E fazeres isso na véspera antes de te deitares, não funcionaria? Pelo menos as unhas.
    Mas quanto às unhas sou tal e qual, e não é falta de tempo, é mesmo falta de pachorra :p!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gelatina, não sei quanto às outras mulheres, mas as minhas unhas só ficam bem se as pintar de manhã. Se pintar à noite, ou até à tarde, no dia seguinte estão todas "riscadas" dos lençóis. :P

      Eliminar
    2. olá, tens de usar um secante. Eu uso um em spray e não tenho ficado com a marca dos lençois nas unhas. ;)

      Eliminar
  2. Animais pra cuidar não tenho, mas casa para gerir sim e tenho tempo para tudo.... apesar de ter saudades de viver com a família "casa que deixei aos 20 anos", não troco esta vida por nada lool... é questão de gerir melhor o tempo baby.. bjo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho tempo para tudo, não disse o contrário. ;)

      Eliminar
  3. ....isso soa-me tão familiar...sou igual :)

    ResponderEliminar
  4. Eu também gostava de conseguir levantar-me mais cedo para fazer alguma coisa de jeito, mas custa tanto sair da cama...

    ResponderEliminar
  5. Isso não é nada comparado com o ter casa para gerir e filhos para criar.

    ResponderEliminar
  6. Não sofro de falta de tempo, sofro sim de falta de pachorra.

    ResponderEliminar
  7. E eu que digo : amanha depois de acordar vou correr 30minutos p começar bem o dia... enfiiim! Aqui tambem nao tenho muita pachorra...

    ResponderEliminar
  8. Eu sei o que é ter que gerir a bicharada.
    Mal me levanto a primeira coisa que faço é acalmar-lhes o estômago, senão ninguém os 'atura' :) Claro que quando eu vou tomar o pequeno almoço já me levantei à 45 minutos atrás.
    Quanto às unhas, as minhas também ficam todas riscadas dos lençóis, é impressionante!

    ResponderEliminar
  9. Eu também quando sai de casa dos meus pais e agora que tenho uma casa (lida doméstica) às coistas é sempre mais dificil.

    Antes mudava de mala conforme a roupa, agora? andei meses e meses com a mesma. o tempo não dá para tudo.. beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Como eu te entendo, não tenho animais de momento, a minha filha já está bem crescidinha e parece que não tenho tempo para nada, é por essas e por outras que nem penso em pintar as unhas e quanto a juba, devias ver a minha!...:-) Estou-me a lixar!
    xx

    ResponderEliminar
  11. Pois isso tb não era para mim...prefiro dormir até quase à última e arranjar-me a correr, infelizmente não é um bom hábito mas não consigo...bjs

    ResponderEliminar
  12. Já experimentaste fazer uma trança no cabelo e dormir com ela? Eu tenho o mesmo problema, ou seja, um cabelo muito indomável, mas quando durmo de trança ele fica muito mais apresentável de manhã. Quanto às unhas, talvez esteja na hora de apostar num verniz transparente? ;)

    ResponderEliminar
  13. Se experimentares a dica da trança, não a apertes, senão pode fazer mal ao cabelo... Além de ficares com aquelas "ondas artificiais" que enfim, não ficam muito bem a adultos ;)

    ResponderEliminar
  14. É verdade...eu todos os dias luto por mais 8 minutos na cama, não são 10 nem 5...são 8 :D enfim é uma guerra de manhã.

    ResponderEliminar
  15. Eu moro sozinha, não tenho filhos e devo dizer que, entre chegar a casa às 8 da noite, arrumar o quarto, fazer de comer, lavar loiça e tomar um banho, quando me sento já é quase para dormir mesmo. Não tenho paciência para pintar as unhas ou fazer o que quer que seja ao cabelo. E de manhã, ou adormeço e vai tudo como ficou da noite anterior, ou tento remediar as coisas à pressa e tanto cabelo como unhas ficam piores do que estavam. É uma batalha diária! Eheh

    ResponderEliminar
  16. Faz o alisamento. Logo aí, tens metade do problema resolvido. :)

    ResponderEliminar
  17. Põe unhas de gel, estão sempre bonitas

    ResponderEliminar
  18. Mesmo sem animais ou casa para tratar, confesso que as unhas trato delas à noite ou sempre antes do banho.

    beijos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.