Avançar para o conteúdo principal

Arriba, arriba!

Secretário de Estado do Tesouro pediu a demissão

"Joaquim Pais Jorge apresentou, esta quarta-feira, o seu pedido de demissão do cargo de secretário de Estado do Tesouro à ministra de Estado e das Finanças.

O anúncio da demissão do secretário de Estado surge após a polémica em torno da negociação de contratos "sawp". 

"Aceitei o convite que me foi dirigido pela senhora ministra de Estado e das Finanças no passado dia 1 de julho com muito orgulho. A situação que o país atravessa é dificílima e senti uma enorme honra em poder ajudar. Sabia desde o primeiro momento que as dificuldades seriam imensas", refere Joaquim Pais Jorge no comunicado divulgado, esta quarta-feira, em que apresenta a demissão."


Este foi o verdadeiro Speedy González dos governantes.

Comentários

  1. Questão que me assola: então se sabia que não ia ser fácil e blá blá blá, porque porra é que aceitou???

    Lux

    ResponderEliminar
  2. ah pois...é tipo rato: o primeiro a abandonar!

    ResponderEliminar
  3. Com tanta velocidade deve ter batido com a cabeça e ficou amnésico.
    Só se esqueceu de 3 reuniões com, nada mais, nada menos, o primeiro-ministro Sócas.

    ResponderEliminar
  4. Lol! Ao menos demitiu-se e não ficou lá a fazer figura de urso...
    Adorei a ilustração! Bem pensado.

    ResponderEliminar
  5. A seguir ao Secretário dos SWAPS, deve ir a Ministra dos SWAPS.

    ResponderEliminar
  6. O que é pena é não levar companhia.

    ResponderEliminar
  7. Ou como diria a minha mãe-pequenina: "Foge Bernardo!!"
    Beijinhos grandes, querida S. ;)

    ResponderEliminar
  8. Pessoal hoje passem no meu blog é urgente!

    vagueios-devaneios.blogspot.pt

    Muito obrigado

    ResponderEliminar
  9. E são precisamente estas coisas que vão piorando dia a dia que já nem sabemos que dizer!!!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  10. Nunca pior, já nada de me admira nesta governação, embora ache que só um milagre é que salve este nosso Portugal.

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.