Avançar para o conteúdo principal

Marés Vivas



Ontem foi divertido, tenho de reconhecer que sim. Conhecia apenas umas três músicas de Bush, mas o jeitoso do Gavin Rossdale deu um espectáculo do caraças. Correu que se fartou, pulou, andou pela relva do recinto, sem nunca perder a voz e a garra... Impressionante. Tenho de reconhecer que adorei esta parte.

Depois, claro, as minhas pernocas já não aguentavam (eu não sou fraca, tenho é problemas de circulação, tá?) e Smashing Pumpkins não me conseguiu animar. Não me parece ser assim uma banda muito carismática, perdoem-me os fãs. Nenhum dos quatro músicos dava sequer um passo em palco, uma coisa esquisita. Mas, tirando isso, foi bom de ouvir as duas ou três músicas mais velhinhas e que toda a gente conhecia.

Hoje à noite, novo concerto... Mas com a banda do mais-que-tudo.

Quero dormir, sim? 

Comentários

  1. Bush e Smashing Pumpkins são bandas diferentes, e o Gavin Rossdale (jeitoso!!!) não tem nada que ver com o Billy Corgan. [p.e., The Cure - o Robert Smith não se mexe; Foo Fighters - O Dave Grohl não pára!]

    Mas o que interessa é que te divertiste - esse é o espírito dos festivais! E quanto às pernocas... faz como eu e descansa entre concertos!

    ResponderEliminar
  2. sou apaixonada pelo smashing desde a adolescência, mas me decepcionei bastante com um show que vi em 2007... parece que eles säo assim mesmo no palco. frustrante. =/

    ResponderEliminar
  3. ainda bem que foi divetido :) mas essas bandas não me seduzem :)

    ResponderEliminar
  4. Está difícil dormir por esses lados, hehehe! Aproveita!!!

    ResponderEliminar
  5. Eu sou grande fã dos Smashing, já os vi duas vezes ao vivo (em 2011 e no ano passado no rock in rio) e foram uma desilusão. Billy Corgan é um apático, parece que está ali a fazer-nos um grande favor!

    ResponderEliminar
  6. Os Smashing Pumpkins no Rock in Rio fizeram-me adormecer no relvado LOL

    ResponderEliminar
  7. Não há nada como bandas que saibam dar um espetáculo. Posso até não conhecer muitas músicas, mas se forem dinâmicos é meio caminho andado para fazerem sucesso em palco :)

    ResponderEliminar
  8. Queremos fotos da banda do mais-que-tudo!

    ResponderEliminar
  9. tb gostava mt de ir ao marés, no ano passado o meu namorado foi e diz que o ambiente é mt bom! mais à vontade, menos garotos. nós temos SBSR sábado ;)

    ResponderEliminar
  10. Afinal sempre valeu a pena! Eu também tenho problemas de circulação e custa estar muito tempo parada no mesmo sítio.

    ResponderEliminar
  11. Os Smashing são mesmo assim, se não fossem as musicas aquilo roçava o deprimente. E o Gavin é qualquer coisa mesmo ;)

    ResponderEliminar
  12. Ainda bem que te divertiste!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Adorava ter visto Smashing Pumpkins :)) Memórias... *

    ResponderEliminar
  14. O concerto dos Bush foi BRUTAL!!!!!!
    Já sou fã da banda desde os anos 90 e eles são grandes!!

    ResponderEliminar
  15. E eu hoje não me importava de ir (:

    ResponderEliminar
  16. Que me perdoem os fãs mas o ano passado também fiquei muito desiludida com eles no RIR. Depois de ouvir os Linkin Park o concerto dos Smashing foi como um balde de água fria, fui-me embora mais cedo, não aguentei até ao fim e como eu centenas de pessoas saíram mais cedo...

    ResponderEliminar
  17. É sempre bom fazer algo de diferente. Boa sorte para banda do teu amado.

    ResponderEliminar
  18. Ah, adoro Bush e Smashing Pumpkins... Pensei que tivesses ido ver por seres fanática! Eu não consigo ir a um concerto se não adorar a banda! Quanto ao Gavin Rossdale... acho que a "garra" dele se chama cocaína ehehe :P infelizmente, nunca vi ao vivo nenhuma das bandas.

    ResponderEliminar
  19. Eu era super mega fã dos Smashing Pumpkins quando tinha 15/a6 anos, depois nunca mais ouvi nada deles...
    Uma amiga minha foi vê-los no ano passado no Rock in rio e diz que tb não a entusiasmou nada... acho que perderam qualidade?!

    Adorava ter ido ver 30 seconds to mars... Essa seria a única banda que me levaria ao Marés Vivas :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. A semana passada fui ao alive e esse desejo de dormir também era imenso, loool

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.