Avançar para o conteúdo principal

Nós e as Gatas

Cá em casa, com as gatas, eu sou o pulso firme. O mais-que-tudo só as apaparica.

Ontem, pela terceira vez, a Evita fugiu de casa. Salta da varanda para a árvore, desce a árvore, e aventura-se no quintal. Mas o chato não é isso - o problema é que ela salta o muro de casa, atravessa uma pequena estrada e enfia-se no quintal da casa da frente.

Ela sabe que é errado. Ela só foge quando nós não estamos a ver. Deixamos as gatas irem à varanda, mas não é suposto a mafarrica fugir.

Ontem fomos buscá-la novamente à rua. Peguei nela, já a preparar-me para lhe pregar uma valente palmada no rabo peludo, quando entrássemos em casa.

De repente, lá diz o mais-que-tudo: "Coitadinha, não lhe batas, ela é aventureira".

Fracos. Os homens são uns moles. Nem conseguem dar uma palmada numa gata fugitiva. Deve ser por isso que ela foge - sabe que não tem castigo.

Comentários

  1. De acordo com o teu mais-que-tudo, a Evita é o Indiana Jones dos gatos...! :-)

    ResponderEliminar
  2. Ahah tem que haver alguém com mão firme senão lá vai a gata fugitiva / aventureira :D

    ResponderEliminar
  3. É o polícia bom e o polícia mau :)

    ResponderEliminar
  4. querida S* se tu soubesses o ânimo que este comentário me deu e o quão bem ele se aplica na minha esperança *.* muito obrigada :)

    ResponderEliminar
  5. Eu gosto de gatos, mas confesso q sou mais de cães (lá está, uma digerença entre nós!)... E é por isso que pergunto: em que pé está a "adopção" do canito, que o teu mais que tudo, pediu encarecidamente e de forma tão original? Era tão fofinho!

    ResponderEliminar
  6. Tens uma gata aventureira! :)

    Mas tem cuidado com essa estrada!

    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Eu sou da opinião que a gata deve ter um castigo, a aprendizagem das normas não se faz com permissividades, mesmo no mundo dos gatos:-)

    http://www.lavarcabecas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. AH AH AH AH Com esta, fizeste-me rir.
    homens!

    ResponderEliminar
  9. Eu também não sou nada apologista de castigos corporais mas é preferível que ela saiba que não pode sair, e portanto contrariar esse espírito, a ser atropelada ou qualquer outra coisa má... Digo eu!

    Lux

    ResponderEliminar
  10. Os animais não foram feitos para estarem fechados em casa... e muito menos os felinos :)
    Há que entender essa simples regra da natureza. O teu mais que tudo tem razão... faz parte deles!

    Um beijo doce xxx

    ResponderEliminar
  11. olha e com palmadas consegues q ela n vá mais?
    tens de me ensinar

    ResponderEliminar

  12. Não tenho gatos... (tive em catraia mas esses não entravam em casa, andavam à solta pelo quintal e voltavam sempre)... e por isso questiono-me: será que as reprimendas evitam novos "surtos aventureiros"? Acho que não se pode contrariar a natureza! :)


    Beijos fofos
    (^^)

    ResponderEliminar
  13. Os meus não me respeitam! O pulso firma cá de casa é o namorado e mesmo assim a menina Nala faz orelhas moucas mtas vezes!

    http://dailylifebysophia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. O que me ri contigo... Cá em casa é a mesma coisa com a Kika, eu ralho e ele "Coitadinha, não lhe ralhes que ela não fez por mal" :)

    ResponderEliminar
  15. Tenho gatos desde criança e posso garantir que a única medida para impedir que os gatos fujam é mesmo fechá-los em casa. O teu mais-que-tudo tem razão em não querer dar-lhe uma palmada. Os gatos não conseguem estabelecer o nexo de causalidade entre fugir-palmada-não fugir. Não há nada a fazer, repreende-la é estar a sufocar milhões de anos de natureza felina. Opinião de dona de gatos exploradores. :)

    ResponderEliminar
  16. Oh S* xD As Gatas e Gatos não são seres para estarem sempre fechados em casa. Gostam de correr, subir as árvores, arranhar as unhas nos troncos, e é normal que de quando em vez ela faça isso. E acho que não faz para "picar". Os gatos, ao contrário dos cães, não têm muito essa noção. De qualquer forma, se não queres que isso aconteça, deves castigá-la e ser forte perante os homens piquinhas que nem uma palmadita conseguem dar. Tão duros para umas coisas e tão piquinhas para outras xD

    ResponderEliminar
  17. Tadita...acho que não vai deixar de o fazer por levar a tal palmada :)
    Vocês os dois são o equilíbrio perfeito.

    ResponderEliminar
  18. Mas isso é a natureza do animal... Claro que não se consegue limitar o horizonte de um gato que é capaz de ir para além da varanda. Nem todos serão assim, há sempre os mais medrosos mas, no caso, está a fazer a gata infeliz.

    ResponderEliminar
  19. Cá em casa é igual, ainda agora mesmo deixei o gato ir um bocadinho até a varanda (moro num 2º andar) pois que o meu namorado foi logo a correr busca-lo e fechou a janela...tem medo que o gato caia lá baixo...

    ResponderEliminar
  20. É a menina do papá :D

    ResponderEliminar
  21. Eu acho que deves castigá-la porque apesar de viverem num sitio tranquilo (pelo que percebo) algum dia pode haver um azar =/

    ResponderEliminar
  22. Olha, eu concordo com ele; há mesmo gatos que são aventureiros e não há nada a fazer.

    ResponderEliminar
  23. Gatas aqui só as das vizinhas...não sei porquê gostam do meu quintal logo de manhãzinha....e eu depois que limpe a sujeira toda :)))

    Beijinho

    ResponderEliminar
  24. Os gatos adoram andar na rua esse é o mal!

    ResponderEliminar
  25. É um coração mole S.. ahah mas tem que ensiná-la, caso contrário poderá acontecer o pior. E ninguém quer isso.

    Pela primeira vez peço-te que passes no meu blog e vejas o meu último post. Qualquer ajuda serve, nem que seja partilhando a notícia (quando leres o post vais perceber). Agradeço-te do fundo do coração :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  26. Podes crer! Olha que comigo isso também já não funciona assim! Para qualquer boa educação é necessária uma boa sapatada! Tenho dito ;) quer seja no ser humano quer seja nos animais...

    ResponderEliminar
  27. Percebo-te tão bem, eu às vezes dou umas sapatadas à minha gata porque ela é um bocado mazinha e o meu pai resmunga-me sempre diz que não vale apena.

    ResponderEliminar
  28. Pois é, eles precisam de levar uma palmada de vez em quando para perceberem quando fazem asneiras e as deixarem de fazer.

    http://deverasoriginal.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  29. os animais são como as crinaças: sabem com quem podem "fazê-las". E ela parece que sabe que tem as costas protegidas :)

    ResponderEliminar
  30. "Deve ser por isso que ela foge - sabe que não tem castigo.". Ou então porque é um gato!!!!

    ResponderEliminar
  31. Com os filhos então, estás a ver como vai ser.

    ResponderEliminar
  32. eu nao tenho animais entao eu nao sei bem como é que eles são haha
    p.s. acabei de criar o blog, entao se poderes passar por lá...

    ResponderEliminar
  33. Oh S.... Quando tiveres um filho é que vai ser, estás feita, eheh!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.