Avançar para o conteúdo principal

Outro facto

Não se pode confiar no sentido de orientação dos homens. O exemplar que tenho cá em casa dá sempre indicações erradas e o pior é que não aceita o facto de eu saber o caminho. Resolve sempre contrariar-me e, no fim, lá é obrigado a reconhecer que eu estava certa.

Comentários

  1. Eu ao fim de 25 anos de casada, e apesar de todas as evidências, ainda não consegui convencer o maridão desse facto.

    :)

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Uma vez, para sair de Madrid, dei 3 voltas à mesma circular :)

    ResponderEliminar
  3. É.... Por vezes o melhor é mesmo deixá-los caminhar pelo trilho errado até que percebam..... :)

    ResponderEliminar
  4. A sério?? A maioria dos casos que conheço é absolutamente ao contrário! (eu e AF incluidos). Ele é o orientadinho e eu a perdida.

    ResponderEliminar
  5. Parece-me que tens uma raridade em casa. As mulheres é que têm esse problema, falta de sentido de orientação.

    ResponderEliminar
  6. são os mais desorientados que conheço
    lol
    bjs*

    ResponderEliminar
  7. E o que me irrita mais é que, aundo nenhum de nós dabe o caminho, não gosta de perguntar a ninguém! Pffff!!!

    ResponderEliminar
  8. O meu namorado não. Mas o meu pai, ESQUECE. Chegamos a andar montes de tempo perdidos, às voltas, sem fazer ideia porque ele simplesmente não quer encostar para pedir informações. É sempre "eu ali à frente depois já conheço". Vê-se!

    ResponderEliminar
  9. O meu não dá direcções erradas, por acaso :)

    ResponderEliminar
  10. Hum o meu nao e mau, o meu pai tambem nao, mas ja sabe que se eu teimar que e para um lado e porque tenho razao. Ja a minha mae da uma volta na mesma rua e ja se perdeu hahahhha

    ResponderEliminar
  11. Eu sou a desorientada de serviço, prefiro confiar em quem quer que seja :D

    ResponderEliminar
  12. no meu caso não, ele é que é o orientadinho. já eu...

    ResponderEliminar
  13. Ui o meu então é um gps com pernas!

    ResponderEliminar
  14. Eu devo dizer que o meu sentido de orientação é péssimo, mas tenho pelo menos bom senso de perceber que se determinado edificio é a minha direita, é para lá que devo caminhar.
    Já o senhor meu namorado o outro dia zangámo-nos pq eu a dizer-lhe que tinhamos de ir para a direita pq sabia que o edificio era para lá, ele vira-se para mim e diz, esquece tudo o que sabes, o meu gps é que sabe. Bem andamos séculos a pé, e eu é que tinha razão. Gozei-o o resto do dia!

    ResponderEliminar
  15. Discordo completamente. O meu namorado é um gps em pessoa. A sério, tem um sentido de orientação que eu nunca vi em ninguém. E na maior parte dos sítios nem sequer conhece, vai por um caminho por achar "que faz" sentido e chega sempre onde se quer.

    ResponderEliminar
  16. Por essas e por outras é que instalei um GPS no meu telemóvel :-D eu cá é que não me sigo por esses homens.

    ResponderEliminar
  17. Caro anónino das 21.26h;
    Então eu sou a excepção á regra sou mulher e sou tal e qual o seu namorado. Devo ter engolido um GPS quando era pequenina(no tempo em que ainda não existiam) porque desde criança era euzinha que orientava o meu pai(desorientado de nascença) e hoje faço-o ao meu marido e sempre por "instinto".
    Tenho uma percepção do Norte incrível que minguém me consegue explicar. Pancas enfim!

    ResponderEliminar
  18. Cá em casa é mais ao contrário. Ele é que sabe os caminhos todos. Eu é que sou de cá e ele é que sabe chegar aos sitios

    ResponderEliminar
  19. Típico!
    O meu namorado nem é tão assim, tem ajuda preciosa do gps. Agora o meu pai bate qualquer um! Lembro-me perfeitamente das férias em criança que éramos capazes de andar momentos perdidos mas pedir informações, isso é que não. Teimosia ou burrice?

    ResponderEliminar
  20. Nem sei o que é pior... o meu confia de tal forma no meu sentido de orientação que chegamos a estar em Italia, completamente perdidos, com ele a perguntar-me a cada 5 minutos: por onde é? temos que virar aqui não é? LOL (isto foi no século passado, antes do GPS :))

    ResponderEliminar
  21. Já o meu pai é um autêntico GPS! Pena que não herdei essa vertente...

    ResponderEliminar
  22. Ahhh o meu é assim, mas eu já nem ligo...às vezes chega até a ser divertido e ele na brincadeira como vê que tenho muuuuita paciência diz "viste viste afinal eu tinha razão e sabia que era por aqui" ( isto claro depois de nos perdermos cinquenta vezes, ele ter perguntando a imensa gente, etc...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Facto

Apaixona-te por alguém que te tire fotografias "só porque sim" .  Esta é novidade para mim e admito que fico sempre algo comovida. Acho muito bonito.