Avançar para o conteúdo principal

Os meus óculos de sol...

Lamenta-se, mas não são óculos fashion.

São da C&A, custaram 10 euros em saldos e já os tenho há dois anos. São impecáveis, ficam-me bem e protegem suficientemente os olhos.

Se pudesse escolher, queria estes meninos, da Vogue.


Comentários

  1. que deixa-me que te diga são lindos
    bjs*

    ResponderEliminar
  2. Querida S* os teus óculos pouco ou nada protegem da radiação UV. No lugar de refletirem a radiação ainda transmitem maior quantidade, basicamente ainda te cansam mais e protegem menos que andasses sem nada... digo isto porque sou optometrista e sei aquilo que digo... tens que fazer uma "vaquinha" e investir em uns óculos de optica, só esses protegem devidamente :) Aliás é incompreensivel como uma coisa tão importante como os óculos de sol nem para o IRS dá para colocar... enfim é o país que temos.

    ResponderEliminar
  3. São mesmo giros esses da vogue :)

    ResponderEliminar
  4. Eu gosto mais dos óculos Prada e Dsquared2. Mosca! :D

    ResponderEliminar
  5. Para teres a certeza que os óculos te protegem o suficiente, a indicação deve aparecer nos aros. Cuidado com as falsificações...Eu perfiro investir nuns bons óculos (normalmente carotes). Não ponho em risco os meus ricos olhos :)

    ResponderEliminar
  6. Eu adoro óculos de sol. Fazem parte do meu look todos os dias.

    ResponderEliminar
  7. Só tenho um requisito para os óculos de sol, que protejam dos raios UV.
    Podem custar 5€ que nao me importo, até porque sou uma ccabeça no ar e perco tudo.

    (preciso de uma palavra amiga lá no blog :S)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. e eu que ando louca da vida porque não sei onde tenho os meus :S

    ResponderEliminar
  9. Se pudesse escolher também escolhia esses! Bjs

    ResponderEliminar
  10. os meus são uns rayban wayfarer já há alguns anos. adoro-os e acho que me ficam bem :)

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.