Avançar para o conteúdo principal

Perguntas pertinentes sobre a cidade

Por que razão...

Sempre que digo ser de Viana do Castelo, as pessoas me dizem que esta é uma das cidades mais bonitas do país (ou mesmo a mais bonita) mas a cidade continua a ser a parvónia?

Desde quando é que as pessoas se lembram em primeiro das bolas de berlim do Manuel Natário antes de se lembrarem da catedral de Santa Luzia? São bem boas, lá isso são...

Viana tem tanto potencial, é uma pena.

Comentários

  1. Uma dúvida...é "Viana" ou "biana"?! ;)

    ResponderEliminar
  2. Ora Bem...
    Eu lembro-me muito mais depressa da Catedral de Santa luzia do que propriamente as bolas de berlim, ao qual a catedral visitei, e as bolas de berlim nao comi :D

    Whatever....
    Beijoquinhas*

    ResponderEliminar
  3. Aiii só tenho boas lembranças da tua cidade... Se soubesses!:))

    **

    ResponderEliminar
  4. Como eu adoro Viana já tenho saudades de visitar Viana,já passei ferias na amorosa *.*

    ResponderEliminar
  5. Uma das coisas que mais gostei de conhecer foi a Maria e o Manuel na Santa Luzia. Realmente a cidade é maravilhosa.

    ResponderEliminar
  6. Porque é uma cidade que encanta. Porque não são só as bolas de berlim do Natário, nem Santa Luzia. É o rio, a ponte "velha", a marina, os jardins da marina, o cais, a praia norte, as pequenas ruas do centro. É tudo. Que continua a ser a parvónia, continua. Tem um potencial tremendo e é pena não termos quem lhe dê o "boost" de que precisa. Mas é a nossa parvónia e encanta.

    ResponderEliminar
  7. Já aí estive há uns anitos, mas gostei imenso.
    Espero voltar. ;)

    ResponderEliminar
  8. não leves as coisas por esse ponto de vista, se reparares bem qd falas em lisboa falas nos pasteis de belem, qd falas em aveiro falas em ovos moles, e por aí... mas sim, é uma cidade com muito potencial desaproveitado.

    ResponderEliminar
  9. É verdade! Viana é bonita mas padoxalmente não atrai pessoas a não ser no Verão. Ainda não consegui entender a razão! Mas a verdade é que basta passear por lá num qualquer Domingo para vermos a cidade quase vazia É pena!

    ResponderEliminar
  10. Eu por acaso lembro-me do hotel rali. E daquela ponte que tive de subir ao terminar a pista de cicloturismo que não é pista nenhuma porque é de terra e cheia de buracos entre Ponte de Lima e Viana. E lembro-me de jantar à beira do rio. E se soubesses de onde eu vinha... pasmavas.

    ResponderEliminar
  11. tb me dizem algo parecido qundo falo da terra onde nasci...Lamego...
    falam-me logo das bolas... do presunto... do bom vinho...antes de se lembrarem do Santuario de Nossa Senhora dos Remédios, da Sé Catedral, do fontanário ou do Castelo...
    enfim... bjs*

    ResponderEliminar
  12. My Dear,
    Qdo for a Portugal,vou conhecer esta cidade! Vc indica?

    Beijos

    ResponderEliminar
  13. É verdade que Viana têm de se apresentar mais a sociedade. Mas que é muito bonita é! A NOSSA cidade é linda :D

    ResponderEliminar
  14. Eu só tenho boas recordações :)

    ResponderEliminar
  15. A paisagem vista lá de cima, é qualquer coisa de indiscritivel.

    :)

    ResponderEliminar
  16. não conhecemos as bolas (de Berlim)do Natário porque não são (não eram) um monumento nacional... as particularidades deliciosas são para quem lá vive ou para quem lá passa uns dias à procura delas... não é por mal. mas olha que da próxima que lá for já me vou lembrar disso!

    ResponderEliminar
  17. "Viana é amor", não é S*? :)
    Ou
    "Quem gosta vem, quem ama fica"!

    Há uma tendência a achar que o norte é a parvónia, os parolos, etc.
    Temos o sotaque, temos gente genuína, espontânea e acolhedora. :)

    Há um texto fabuloso do Miguel Esteves Cardoso que descreve muito bem as gentes do Norte:

    "O Norte é mais Português que Portugal. As minhotas são as raparigas mais bonitas do País. O Minho é a nossa província mais estragada e continua a ser a mais bela. As festas da Nossa Senhora da Agonia são as maiores e mais impressionantes que já se viram.

    Viana do Castelo é uma cidade clara. Não esconde nada. Não há uma Viana secreta. Não há outra Viana do lado de lá. Em Viana do Castelo está tudo à vista. A luz mostra tudo o que há para ver. É uma cidade verde-branca. Verde-rio e verde-mar, mas branca. Em Agosto até o verde mais escuro, que se vê nas árvores antigas do Monte de Santa Luzia, parece tornar-se branco ao olhar. Até o granito das casas.

    (...)

    O Norte é feminino.

    O Minho é uma menina. Tem a doçura agreste, a timidez insolente da mulher portuguesa. Como um brinco doirado que luz numa orelha pequenina, o Norte dá nas vistas sem se dar por isso.

    As raparigas do Norte têm belezas perigosas, olhos verdes-impossíveis, daqueles em que os versos, desde o dia em que nascem, se põem a escrever-se sozinhos.
    Têm o ar de quem pertence a si própria. Andam de mãos nas ancas. Olham de frente. Pensam em tudo e dizem tudo o que pensam. Confiam, mas não dão confiança. Olho para as raparigas do meu país e acho-as bonitas e honradas, graciosas sem estarem para brincadeiras, bonitas sem serem belas, erguidas pelo nariz, seguras pelo queixo, aprumadas, mas sem vaidade. Acho-as verdadeiras. Acredito nelas. Gosto da vergonha delas, da maneira como coram quando se lhes fala e da maneira como podem puxar de um estalo ou de uma panela, quando se lhes falta ao respeito. Gosto das pequeninas, com o cabelo puxado atrás das orelhas, e das velhas, de carrapito perfeito, que têm os olhos endurecidos de quem passou a vida a cuidar dos outros. Gosto dos brincos, dos sapatos, das saias. Gosto das burguesas, vestidas à maneira, de braço enlaçado nos homens. Fazem-me todas medo, na maneira calada como conduzem as cerimónias e os maridos, mas gosto delas. (...)


    Desculpa o "testamento"! :)
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  18. Não exageres, não é nada a parvónia. É bem fixe, e as bolas whatever, não é isso o que faz de Viana aquilo que ela é. Eu gosto. E tu também, ok? Mas gosto mais da Póvoa, lá isso gosto... :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  19. Lamento não conhecer e não poder expressar. Preferia conhecer e me calar, do que não conhecer e falar.

    Bjs

    ResponderEliminar
  20. Falta-lhe divulgacao, querida!
    Mas acredito que mude nos proximos 5 anos.

    ResponderEliminar
  21. Biana dizem os de Braga. Isso das terras são todas bonitas e o Malato já foi feliz em todas, mesmo que cheirem mal e assim. É a realidade. Aveiro por exemplo, tem os moliceiros e no entanto sempre que passo por lá de comboio aquilo cheira mal. Mas é uma cidade bonita na mesma :b

    ResponderEliminar
  22. so fui à cidade mesmo quando era pequenina.... e não me lembro de nada.... costumo ir até alguns sítios perto mas viana mesmo não.... tenho pena....

    ResponderEliminar
  23. Conheço bem Viana do Castelo, sou visitante muito regular da tua cidade, e não só das Festas da Nª Srª da Agonia. A tua cidade é fantástica, tirando aquele famoso prédio que até os Vianenses gostariam de ver deitado ao chão. Há cerca de 2 anos estive 2 semanas a morar em Viana integrado nas comemorações do dia 10 de Junho, que se celebrou na tua cidade em conjunto com os 750 anos da Cidade, e adorei! Parvónia é sinónimo de uma cidade calma com qualidade de vida, e no meio dessa calmaria ainda fui a alguns bares e terminei numa discoteca chamada Off (será esse o nome?), portanto, ainda tinham alguma vida, pelo menos à noite. Gosto muito de Viana...e aquela estátua em frente à estação dos comboios diz tudo "Hei de voltar a Viana"

    ResponderEliminar
  24. Já tenho tudo bem agora. Aquilo foi eu que deixei trabalho a meio; Ainda ando a procura de um modelo certo para o blog...

    ResponderEliminar
  25. E eu que não conheço... Nem as bolas de berlim nem a catedral...Sinto que tenho de tratar disso!

    Beijo*

    ResponderEliminar
  26. Quando me falam de Viana, lembro-mr daquela música "Quem quiser mulheres bonas, é ir ao Minho" e lembro-me sempre de Santa Luzia e do que já lá fui Feliz, com os Meus Amigos de Sempre... ADORO!!

    ResponderEliminar
  27. As cidades também conquidtam quem as visita pela gastronomia e doçaria.Parece ser o caso....bom fim de semana

    ResponderEliminar
  28. Parvónia? Conheceço relativamente bem a tua cidade. Estive lá por várias vezes no Verão durante o Festival Internacional de Música. 4 anos seguidos penso durante uns 15 dias ... A escola profissional de música é capaz de ter umas das melhores condições do país ... De resto digo-te não me importava nada de viver em Viana. Grande qualidade de vida. O resto? Felizmente hoje em dia as distancias estão mais na nossa cabeça :-)

    ResponderEliminar
  29. há uma coisa que nunca compreendi...porque chamam de parvónia às terras que não são centrais em Portugal...S* há mais sopa de massinhas no Porto e em Lisboa do que na maioria das Terras do interior do país...

    bj

    ResponderEliminar
  30. Infelizmente nunca fui a Viana mas ia gostar muito de certeza. Portugal é lindo!
    *

    ResponderEliminar
  31. Oh se foi... :p
    desculpa só responder agora mas nunca mais tive tempo para visitar o meu cantinho.
    parabéns pelo blog*

    ResponderEliminar
  32. Vai ao post de hoje (sábado) e vê, importante ! Obrigada :)

    ResponderEliminar
  33. Vai ao post de hoje (sábado) e vê, importante ! Obrigada :)

    ResponderEliminar
  34. há mais de 15 anos que ai não vou! tenho de fazer um refresh :D

    ResponderEliminar
  35. A verdade é que eu só fui prá aí 4 vezes à Santa Luzia, mas às bolas de Berlim do Manuel Natário é rara a vez que vou a Viana e não passo lá!

    ResponderEliminar
  36. E gajas?
    Ui, gajas boas de fazer revirar a pupila a um forasteiro lool.
    Entre a Stª. Luzia e as Bolas do Manel, eu preferia comer as gajas boas eheheh.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  37. Sim, sou uma dessas pessoas que diz que Viana do Castelo é uma das cidades mais bonitas do país, senão mesmo a mais bonita. É parvónia, sim, um pouco, mas isso confere-lhe um encanto que uma grande cidade já perdeu. Tem rio, tem mar, tem monte, tem campo e cidade... até tem Continente! Por acaso, do Natário, lembro-me de me deliciar com os "sidónios"...

    ResponderEliminar
  38. Pela mesma razão que as pessoas se lembram sempre do Ronaldo quando se fala de Portugal....

    Vá se lá perceber... é Tudo relativo... e uma questão de prespectiva.

    ResponderEliminar
  39. VIANA! Viana! Eu tambem sou de Viana. De momento não vivo ai... vidas!!! Mas é mesmo a cidade mais bonita de Portugal... eolha que me evoluido muito... que est+a de fora é que vê!!!


    * Beijocas

    ResponderEliminar
  40. Parvónia eu acho que não é.
    conheço a cidade, desde pequena que passo férias aí porque tenho familia e amigos aí e o meu sonho é viver na cidade, ando a trabalhar para isso.
    a cidade é muito mais que as bolas de berlim do Manel Natário e Santa Luzia, tem uma qualidade de vida boa e tem evoluido ao longo do tempo mas penso que tem muito mais ainda para evoluir.
    o texto do MEC diz muito sobre quem é do Norte (eu incluida), que nasci em Valença, isso sim é a parvónia e sem perspectivas de deixar de o ser e de evoluir.
    eu adoro Viana.

    ResponderEliminar
  41. Não me parece que Viana do Castelo seja a parvónia. É mto bonita sim. E além disso tens qualidade de vida...bjs

    ResponderEliminar
  42. deixa lá, sempre que digo que sou de ponte de lima tambem levo com um "ah o sitio do queijo e da ponte" ou "ja aí estive quando era criança.."



    Viana rocks :)

    ResponderEliminar
  43. Então somos quase quase vizinhas :) Escusado será dizer que Viana é dos meus sítios preferidos do mundinho.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.