Avançar para o conteúdo principal
Já vos disse que me enervam as pessoas que se preocupam demasiado com o que os outros pensam/dizem delas?

E as que vivem em função disso? Falam de ti? So what? Faz-te comichões? Não dormes de noite?

E as pessoas que passam a vida a falar dos outros. "A pessoa X não vale nada, mas eu passo a vida a falar dela".

Acho triste. E há muitas outras coisas que acho tristes, mas não vou enumerar a lista porque passava aqui o dia todo.

Imbecilidade? Só sei lidar com a minha.

Comentários

  1. Eu sou sincera, ligo bastante ao que dizem/pensam de mim...
    Mas ao poucos estou a desligar-me disso =P

    ResponderEliminar
  2. Se as pessoas falam por trás é sinal que vou na frente... 8)
    Bjinho*

    ResponderEliminar
  3. Eu costumo dizer que quem me fala nas costas, respeita-me a cara. Não me importa minimamente que falem de mim. Sou superior a isso. =)

    ResponderEliminar
  4. Pois é, se toda a gente se dedicasse a tratar da sua vidinha e deixasse a dos outros em paz, se calhar aumentava a taxa de suicídios. O que até não era mau de todo. Ficávamos livres deles pra sempre eheheh.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Mas às vezes irrita que as outras pessoas falem de nós só porque sim..

    ResponderEliminar
  6. Eu não gosto de falar dos outros, por isso mesmo detesto que falem de mim,
    mas não podemos controlar será sinal de inveja?
    beijoca

    ResponderEliminar
  7. Eu ligo ao que pensem de mim, acho importante sabermos o que realmente pensam, e de facto está mais que provado que, por vezes, os outros conhecem características nossas nas quais nunca reparámos nem sabemos que existem. Mas lá está, é como tudo, nem 8 nem 80. E a maior parte das pessoas preocupa-se demais com o que pensam delas...

    Depois quanto àquelas que passam a vida a falar dos outros... Nesses casos diria que há pouca falta de amor próprio, e que ao desvalorizarem os outros, sentem-se mais valorizadas. É uma questão de buraco emocional, bem grave xDD

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  8. Pois eu gosto que falem.. mal ou bem... pouco interessa, o importante é falarem!!!
    Sinal de que não sou indiferente... e eu sei que não sou!!! ;-DDD

    ResponderEliminar
  9. A maior parte das vezes as pessoas falam da vida dos outros porque a sua vida é tão mesquinha, tão insignificante, que morriam de tédio se não tivessem de quem falar.
    Na te rales que ficas velha.
    Eu tenho uma tática para lidar com isso: desprezo!

    Bjos

    ResponderEliminar
  10. Eu gosto de falar dos outros... por isso vou ficar caladinha.

    ResponderEliminar
  11. No fundo acho que todos nos preocupamos um pouqinho com o que os outros dizem de nós, afinal de contas vivemos em sociedade, no meio das pessoas... acho que é natural.
    No entanto, acho que temos que desprezar as pessoas que falam, falam e falam da vida dos outros e se metem onde não são chamadas *

    ResponderEliminar
  12. ora ora se falam tanto é porque essa pessoa x tem mais importancia para elas do que pensam.....
    alvez sintam uma dorzinha de cotovelo e por isso nao tiram o nome dessa pessoa da boca loll.

    ResponderEliminar
  13. Eu estou a marimbar-me para o que dizem ou pensam de mim. Really, já me curei disso. Quem gosta de mim gosta, quem não gosta que se lixe com um f.
    Beijos

    ResponderEliminar
  14. eu acho piada é às pessoas que passam a vida a viver a vida dos outros e depois ainda se acham melhor k eles..enfim =) uma pessoa interessa-se sempre pelo que os outros têm a dizer de nós. pelo menos aqueles de quem gostamos. tudo o resto deve passar ao lado =)

    ResponderEliminar
  15. é que concordo com todas as letrinhas deste posting.

    pior são aquelas pessoas que estão CONSTANTEMENTE a falar mal das outras, de TODA a gente, até daqueles que se dizem amigos.

    conheço gente assim...

    ResponderEliminar
  16. Bem a boca e para falar...embora tenham tantas coisas boas a serem ditas, mas se a gente que gosta de perder tempo a falar e cuidar da vida dos outros e porque a sua deve ser mesmo muito chata...entao nem ligo deixo a pessoa viver a existencia alheia ja que a dela e Merda ...fazer o que ne cada um tem aquilo que procura pra si rsrsrsr

    ResponderEliminar
  17. mmmmmaaaais uma vez la me vou repetir, mas é um facto científico: as pessoas são idiotas x) não todas claro, mas quase quase quaaseeee xD

    ResponderEliminar
  18. eu sou curiosa em relação ao que os outros pensam de mim.. mas é só mesmo por curiosidade, por acaso! não ligo muito a isso :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.