Avançar para o conteúdo principal

Isabel dos Santos compra 10% da Zon

"A empresária angolana Isabel dos Santos vai comprar dez por cento da Zon, avança a edição electrónica do jornal Público deste domingo. Este negócio da filha de José Eduardo dos Santos está avaliado em cerca de 160 milhões de euros.

O negócio da empresária angolana Isabel dos Santos, que está avaliado em cerca de 160 milhões de euros, implica a compra de parte das posições da CGD e da Cinveste, além de acções próprias da Zon, apurou o Público.

O negócio pressupõe também um prémio de 25 por cento face à cotação actual dos títulos.
O acordo deverá ser aprovado ainda este domingo e fará da filha do presidente angolano a segunda maior accionista da Zon, a seguir à CGD, sendo que o BPI continuará a ser o terceiro maior accionista."



Não queria ser má língua, mas pergunto-me como raio uma jovem empresária tem tanto dinheiro. Acho que a resposta se encontra algures no nome do paizinho...

Comentários

  1. Não é segredo de onde vem o dinheiro..

    ResponderEliminar
  2. Tanta gente a morrer à fome e outros cheios de dinheiro!!

    ResponderEliminar
  3. A Scotland Yard precisa de ti, para conseguires estas deduções fantásticas, seguindo o rasto do dinheiro dos malfeitores

    ResponderEliminar
  4. Nojo, muito nojo. Investir na Zon com tanta miséria naquele país! Para não falar do continente africano, claro. Não tem noção das coisas ela.

    ResponderEliminar
  5. enfim.. acho que já foi dito aqui o que penso.

    ResponderEliminar
  6. A Isabel dos Santos não é propriamente uma jovem empresária... E o dinheiro não lhe vem só do nome do pai (nem só do pai himself). A Isabel dos Santos é uma senhora que sabe fazer dinheiro. E, apesar de achar que se podia fazer bem mais por aquele povo, cá também não se vê ninguém (governantes, grandes empresários, etc.) propriamente armados em Santa Casa da Misericórdia...

    ResponderEliminar
  7. humm realmente dá que pensar...
    bjoo
    Um Feliz Natal para ti e para todos os que te são queridos
    bjoo

    ResponderEliminar
  8. De facto, ela não é uma jovem empresária e saba fazer dinheiro. Isto depois de ter sido "introduzida" em empresas do papá e noutras pelo papá! Uma família "abençoada" tal como meia-dúzia de outras famílias Angolanas que singram no meio da miséria de um povo que está à míngua num país rico mas cuja riqueza chega só a alguns.
    Enfim!!! Bjnhs

    ResponderEliminar
  9. faço minhas as palavras da Malena.
    essa menina tem boa testa de férro por traz isso sim.
    Sabe fazer dinheiro sabe....
    Faz o papá por ela!
    em fim enquanto uns morrem a nascença por falta de condiçoes, de fome e doenças que se curavam com meia duzia de medicamentos anda uma filhinha de papá a pavonear-se.....
    Com aquilo que alguém lá por trás faz por ela.

    ResponderEliminar
  10. em vez de investir no país dela, onde se morre de fome... enfim

    ResponderEliminar
  11. O paizinho não! A resposta encontra-se no dinheiro que o paizinho se farta de roubar à conta da desgraça dos outros (neste caso boa parte do país) e na conivência do estado português que lhe acho muita graça! Pois, é que gente muito muito rica e poderosa nunca pode ser criminosa!

    ResponderEliminar
  12. Dinheiro gera dinheiro e investir para acabar a fome não gera dinheiro!

    É tão simples quanto isto.

    ResponderEliminar
  13. Coitado do José Eduardo dos Santos, só preside ao País desde há quase 40 ANOS !!!!!!!!!!!!!!!!!!

    A senhora tem jeito para ir gerindo e fazendo render o que o paizinho vai roubando… enquanto isso, em minha casa, já jantaram vários colegas Angolanos que tinham as bolsas com meses e meses em atraso.

    Viva a “democracia” em Angola !

    ResponderEliminar
  14. Já a vaca da mãe vai a Nova Iorque fazer compras de Boing 747.
    O dinheiro, está bom de ver de onde vem: vem da barriga espichada das crianças esfomeadas de África, no caso concreto, de Angola.
    Aquela gente "dos santos" mete-me um nojo do caraças. Era cortá-los às postas e da-los a comer aos leões (se os leões lhes pegassem...).

    Beijo

    ResponderEliminar
  15. Ela é nitidamente a testa de ferro do pai...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.