Avançar para o conteúdo principal

My special one



Ter uma irmã gémea é muito mais que ter um irmão. Irmãos são sempre importantes - obviamente - mas ter uma gémea é como ter alguém que nos percebe na perfeição.

Ter uma irmã gémea é uma relação demasiado especial para conseguir ser explicada. É uma relação que não se tem com mais ninguém. É ter a nosso lado alguém que pensa exactamente como nós e vê o mundo com olhos iguais aos nossos.

É eu estar a cantarolar baixinho no quarto e ela entrar a cantar exactamente a mesma música...

É irmos a passear na rua, vermos uma situação, e olharmos uma para a outra com aqueles olhos cúmplices de quem diz "eu sei exactamente aquilo que estás a pensar". É rirmo-nos do mesmo e desdenharmos de coisas parecidas.

É termos praticamente os mesmos gostos nos homens.

É lermos os mesmos livros. Fazermos as mesmas coisas. Irmos aos mesmos sítios.

Irmos a passear na rua... Passa uma fulano jeitoso por nós e uma diz "Not bad...". A outra olha de soslaio para o fulano e responde "Not bad at all...".

É estarmos sentadas à mesa, a jantar, olharmos uma para a outra e termos o mesmo pensamento.

Completarmos as frases uma da outra... Dizermos as mesmas piadas. E termos private jokes que só nós percebemos.

É sermos protectoras. Defendermo-nos uma à outra com unhas e dentes. Eu até sou calminha, mas se pisam a minha irmã pisam-me a mim.

Ela é a gémea dominante. Eu sou a gémea mais pacífica. Mas eu sou também a pessoa que sabe lidar melhor com ela. Quando ela resmunga, deixo-a a falar sozinha. Há-de-lhe passar. Os outros podem dizer que ela manda em mim. Eu acho simplesmente que ela me tenta proteger.

Comentários

  1. adorava ter uma irmã gemea +.+
    sempre quis ter uma (:

    ResponderEliminar
  2. Oh!! Que texto bonito:D Não tenho irmãos, por isso posso apenas imaginar como será (mas como descreveste tão bem, acho que imaginar não vai ser difícil:D)*

    ResponderEliminar
  3. Eu também gostava de ser gémea. Faz-me falta essa coisa da 'telepatia' e de ter uma 'special one'.

    ResponderEliminar
  4. que giro...

    eu nao tenho uma irma geme, mas tenho uma irma com diferença de oito anos mais velha... mas quem nos ve passamos por gemeas...mas claro nao há essa cumplicidade..idades diferentes..também gostava de ter uma irma gemea ou pelos com uma idade mais proxima a minha..fa faltasim..

    beijo e felicidades

    ResponderEliminar
  5. eu não tenho irmãos e sempre sonheir em ter uma irmã gemea! Deve ser mesmo fascinante !

    ResponderEliminar
  6. Isso tambe´m acontece nas amizades graaandes :) E' como se fossemos ge'meas.

    ResponderEliminar
  7. Que giro. Ainda um dia destes estava a pensar escrever um gtexto sobre a minha irmã ... gémea:) e ia ter muitas coisas qm comum com o teu.
    Acho que há uma ligação especial - quero dizer, se calhar até há entre todos os irmãos, mas como só a tenho a ela não sei - e temos tantas coisas em comum. Muito para além das aprecenças físicas!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  8. Que fofas!
    Eu gostava de ter uma irmã ou irmão em quem confiar e desabafar mas infelizmente o que tenho não é assim. Não gostava de ter uma irmã ou irmão gémeo. Mas gosto de ter amigos assim. No entanto, tenho pessoas que não preciso de dizer o que estou a sentir, basta os olhares. Claro que a cumplicidade não é igual á vossa mas também é bonita.

    ResponderEliminar
  9. que bonito :) acho que devias mostrá-lo à tua irmã :)
    beijinho

    ResponderEliminar
  10. oh so sweet!!! eu tb keria ter uma irmâ gémea...;D



    bjux

    ResponderEliminar
  11. Provavelmente isso também acontece com bons amigos, mas deve ter as suas diferenças! Não me importava de ter um(a) mano(a) gémeo(a) :)

    ResponderEliminar
  12. eu já nem uma gémea peço, queria era um irmão/uma irmã que isto de ser filha única não vai com nada.

    o texto está lindo.

    ai e a foto? derreti-me com essa imagem

    beijinho*

    ResponderEliminar
  13. Depende? São verdadeiras?! Acho que não gostava de ter alguém igual a mim por ai xD Mas também não tenho irmãos por isso talvez não saiba dar o devido valor ;)

    ResponderEliminar
  14. Isso pode ser um bocado chato em determinadas situações.
    Imagina que a tua irmã se apaixona pelo teu namorado (ou vice-versa)?
    Evidentemente que isto nem seria o mais embaraçoso. Se o exemplo de uma estar num local a cantarolar e a outra estar noutra divisão da casa a cantarolar exactamente o mesmo, tiver correspondência noutras situações, pode ser muito mais embaraçoso.
    Uma está na sala a conversar com a família e a outra "escapuliu-se" com o namorado e foi até ao quarto. Começam na "marmelada" e, beijo práqui, apalpanso práli, até que a coisa aquece mesmo e chegam a vias de facto. Vai daí a gémea que ficou na sala começa a sentir os "calores" da "marmelada", um desfalecimento das pernas e a meio da conversa com a mãe ou os amigos, tem um orgasmo monumental de fazer estremecer o prédio.
    Embaraçoso, não? Eheheh

    ResponderEliminar
  15. Deve ser mt fixe ter uma irmã gémea...=)

    ResponderEliminar
  16. co2 eu acho que o senhor exagera um bocadinoh... Não é bem bem assim. :P

    Lamento não concordar com alguns comentários, mas podemos amar os nossos melhores amigos... mas sangue é coisa para toda a vida. Ouço várias colegas minhas dizerem quão especiais são as melhores amigas... mas eu mando foder a minha irmã. Ela manda-me à merda de volta... Nada destrói certas relações. ;)

    ResponderEliminar
  17. vale porque o amo e vale porque ele me amou +.+
    e sei que la no fundo, ainda me ama.

    ResponderEliminar
  18. Pois é, eu sou um exagerado eheheh.
    Mas há uma coisa que eu nunca faria: mandar f*d*r a minha irmã, porque ela era bem capaz de seguir o meu conselho eheheh.

    ResponderEliminar
  19. Deve ser uma relação com que não se tem com mas ninguém. Já tive oportunidade de "ler" a tua irmã quando ela fez uns comentários num fórum sobre... ti! ahah E o teu curso :)
    Deu para ver que tem uma personalidade forte :P
    É bom ter alguém assim connosco :)

    ResponderEliminar
  20. desde pequena que digo: gostava de ter uma irmã gémea e um irmão mais velho! ambos são impossíveis (penso eu), mas.. :p

    ResponderEliminar
  21. S*
    Já vi que o CO2 é um exagerado, mas(juro que só há umas horas dei pela presença dele) tem algumas bases de verdade.
    Nem sempre essa união acontece com gémeas homozogóticas, que julgo ser o vosso caso, conheço mais de uma situação em que se digladiam como inimigas, uma delas (situação) teve a ver com o facto de se terem apaixonado pelo mesmo homem.
    É certo que o vosso tipo de ligação é o mais "normal"
    :)

    ResponderEliminar
  22. Somos gémeas verdadeiras... Mas não gostamos exactamente do mesmo. Alem disso, mesmo que nos aparecesse o Homem perfeito à frente, acho que uma de nós abdicava dele pela outra. Acho não, tenho a certeza. ;)

    ResponderEliminar
  23. Tem um desafio no meu blogue espero que aceite.
    BJ

    ResponderEliminar
  24. Podiam fazer como na história da guerra do Raul Solnado. Como só tinham um avião, uma bombardeava às segundas, quartas e sextas e a outra bombardeava às terças, quintas e sábados.

    O Domingo era para ir à missa. eheheh

    Ainda havia a hipótese de um ména...

    É melhor não dizer. Era forte demais e não quero ser "excomungado" eheheh

    ResponderEliminar
  25. Maravilhoso post, S*. Posso confessar que me emocionou, pq nem irmãos tenho, portanto, é um sentimento q nunca viverei. Beijinho grande para ambas

    ResponderEliminar
  26. Gostei da forma como expôes/explicas e sentes a relação que tens com a tua gémea e o que é ser Gémea para ti... Eu tb sou Gémea (e infelizmente) não tenho nem de perto nem de longe uma relação com a minha irmã gémea como tens tu com a tua... No nosso caso não existe uma gémea dominante, ambas queremos ser a dominante e as coisas durante algum tempo andaram bastante complicadas, agora com o passar do tempo ja estamos a dar-nos um bocadinho melhor... mas tenho mto pena de talvez nunca conseguir ter a cumplicidade que tens com a tua irma, a mesma que eu tenho com a minha irma mais nova (uma ano mais nova só) e que nao tenho com quem era suposto ter...

    ResponderEliminar
  27. olha que giro, mais uma curiosidade que não sabia, sobre ti xD

    pois acho que os gémeos têm uma cumplicidade única ;)

    bjo

    ResponderEliminar
  28. Tenho dois irmãos,mas não sou gémeos.
    Já por várias vezes me imaginei com uma irmã gémea...


    mas depois pensei na minha mãe a achei melhor não pensar nisso =))


    [como se eu me pudesse clonar xD]


    Acredito que seja mesmo especial...

    ResponderEliminar
  29. Tao fofy... tambem gostava de ter assim uma irma, nao era necessario ser gemea apesar de ter piada... calhou me como rifa um maninho mais novo :P

    **

    ResponderEliminar
  30. Não consigo alcançar o que dizes simplesmente porque não tenho uma irmã gémea ;)

    Beijos

    ResponderEliminar
  31. Tens uma irmã gemea? Que fofo! :) Post lindo, querida S*! :)

    ResponderEliminar
  32. Eu queriaaaaaaaaaaaaaa



    buuuuaaaaahhhhhhhhhhhh

    ResponderEliminar
  33. Eu tenho dois filhos gémeos... fico mto feliz por ter lido o teu post e pensar que os meus filhos tb vao sentir o mesmo um pelo outro.

    Ser gémeo é ser muito especial. Parabéns por este post. Adorei. ;)

    Beijos

    Pink

    ResponderEliminar
  34. Eu tenho dois filhos gémeos, mas são tão diferentes um do outro, não porque um é menino e a outra, menina, mas porque em nada são iguais (quase como a música), mas existe algo que os une - é que um pensa e o outro executa... :)

    *

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.