Avançar para o conteúdo principal

E as mulheres é que são complicadas?

Ainda a propósito da ida ao IKEA (ou diz-se A IKEA?)...

Os homens são uns esquisitinhos do pior.

Nós, gajas, ficamos satisfeitas com qualquer mobília que apareça numa revista ou num folheto. E lá vamos nós à loja à procura do que queremos.

Os homens não! Gostam de se armar em génios da bricolage. Tem de ser sempre alguma coisa especial de corrida. Têm de projectar a coisa, como se se tratasse de uma grande obra.

E ainda por cima insistem que não precisam de ajuda para montar as coisas. Gostam de dizer "isto é fácil de fazer, não preciso de que ninguém monte por mim". Pensam que são mestres de obras e recusam pedir ajuda a alguém.

Adoram fingir que sabem fazer tudo. Rebentam os canos? Eu resolvo isso. A lâmpada fundiu? Eu meto uma nova. Recusam chamar um canalizador ou um electricista. Deve afectar o seu orgulho de macho.

O meu irmão, por exemplo, resolveu que queria uma secretária de dois metros para pôr no seu quarto. Dois metros! Não sei que raio quer ele pôr em cima de dois metros de madeira...

Não podia comprar uma secretária normal. Nada disso! Teve de montar uma a seu gosto... Tivemos de escolher o tampo, a estrutura, as pernas, o encaixe, mais uma aba lateral toda xpto. Modernices.

O meu irmão, coitado, chegou a um ponto em que até já falava com os parafusos. Como se os parafusos tivessem alguma culpa da falta de jeito dele. É que ainda por cima são suecos, logo não entendiam o que ele lhes dizia. :P

Resultado? Uma tarde perdida. Horas seguidas a montar a secretária, com muitos palavrões à mistura.

Não era tão mais simples escolher uma secretária do catálogo, não? Queres ver que nenhuma das 1001 opções era boa o suficiente?

Mais engraçado que tudo isto, é que depois de três horas a olhar para as secretárias, resmungam com as mulheres por querer ver lojas durante uma horinha. Quando é para verem televisões, PDA's, GPS's e telemóveis não se queixam vocês.

Cambada de enjoados.

Comentários

  1. ah ah ah ah! fartei-me de rir! gajos são mesmo assim. cambada de enjoados e com manias de carpinteiros! :)

    (mas essa de falar com os parafusos foi linda!)

    Beijinhos

    *

    ResponderEliminar
  2. Para falar com parafusos só mesmo em russo, que é como quem diz, soltar umas palavras estranhas com sotaque ;) Homens....puufff

    ResponderEliminar
  3. Adorei o post! Mas olha que eu sou mulher e tenho jeito para bricolage! ;) e já agora deve dizer-se é a IKEA...mas dá mais jeito dizer o IKEA...coisas do português!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  4. ultraje!

    o teu irmão que leia o post e de certo te explicará que tem muito mais valor a secretária montada por ele!... vai chiar por estar mal montada e por terem sobrado peças, mas isso pouco importa porque foi ele que a montou e o seu orgulho másculo ficará satisfeito sempre que olhar para ela e ela mantiver as coisas a uma distância razoável do chão!

    ResponderEliminar
  5. Ahah, mesmo! :P

    Nós somos muito mais práticas! E - está provado - multitask também x)

    *

    ResponderEliminar
  6. Eu, por acaso, encaixo-me bem no que descreves, nisso sou muito tipico e nem olho o livro de instruções para dar mais emoção à coisa lol..

    é a inner child a falar por nós... acho eu..

    beijo

    ResponderEliminar
  7. Enjoadinhos é pouco: babam-se diante de tudo que seja Sony, apalpam GPS, namoram os LCD's e com a idade pioram. Com homens às compras nem morta, são uns chatos de galocha, livra!

    ResponderEliminar
  8. Os "móveis" da IKEA são um mundo à parte, por mais instruções que tenhamos aquilo revela-se sempre uma ciência :P

    ResponderEliminar
  9. Há quem diga "Ícâia"... :)

    Do resto, não comento. :)

    ResponderEliminar
  10. "O meu irmão, coitado, chegou a um ponto em que até já falava com os parafusos."

    Lololol

    Mas toda a razão...
    Cambada de esquisitinhos ;)
    Mas são uns queridos no fundo.

    Jokinhas

    ResponderEliminar
  11. A sorte deles é que a maioria das mulheres não faz ideia de como consertar uma torneira que pinga ou mudar o pneu do carro... Eles não têm jeito, mas são tão esforçados que chegam a comover
    :)

    ResponderEliminar
  12. Sim somos um pouco assim mas no fundo vocês gostam de nós assim e nós amamos-vos como vocês são :P

    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  14. Ah! ah! ah!, até parecem as mulheres a ver sapatos.
    Mas é verdade que os móveis do IKEA (e não sei se é o, ou a...) são muito fáceis de montar. O teu brother é que deve ser um ganda tótó ;D
    Mas as meninas sabem reclamar, mas depois gostam que sejamos nós a "montar"... os móveis ;-)
    Deixa, cada qual com a sua pancada. E é verdade, eu gosto muito de perder tempo a ver lojas de informática, ferramentas, etc. Mas também vou com elas ver sapatos... e farto-me de "mandar vir" ahahah

    ResponderEliminar
  15. ahahahaha - o que eu me ri com este pos - tão verdade! Eu própria já referi esse estigma masculino. Uns tontos!

    ResponderEliminar
  16. O meu é a mesma coisa!

    Às vezes tenho vontade de lhe dar umas cabeçadas.

    ResponderEliminar
  17. Eu monto mobílias do Ikea em menos de nada, é só ter a companhia certa :p (ai não sei se posso ser atrevida no teu blogue!)

    ResponderEliminar
  18. A última vez que fui ao Ikea dei a volta toda àquela coisa, que de qualidade tem muitíssimo pouco. Aliás, como estava farto de dizer à cara metade. "Não, vais ver, vais-te apaixonar pelos móveis" e mais não sei o quê... Passadas quatro horas de martírio, saímos com um saquinho de molas para fechar sacos e fomos comer alguma coisa ao Shoarma. Foi o que se aproveitou.

    Por mim, podem levar o Ikea outra vez para a Suécia. Rasca por rasca, fico com rasca português...

    ResponderEliminar
  19. Nah, não generalize menina. O último móvel que comprei, custou-me os olhos da cara e mais alguns tostões e mandei entregar em casa, pronto a usar. Eu gosto de bricolage, mas não gosto de complicar. Sou mais pragmático que a minha mulher :)

    Beijinho, menina!

    ResponderEliminar
  20. hehehe... há gajos assim, sim senhora!!!
    eu gosto de montar os móveis sim, mas se tiver ajuda melhor...
    Já inventar não é comigo, quando não sei, entrego a quem sabe!!!
    Mas eu compreendo-os, esta no nosso sangue!!! Desenrrascar, estragar e só depois levar para arranjar

    ResponderEliminar
  21. ehehehheheh

    nao podia estar mais de acordo....

    e quando nós dizemos:
    - deixa ver que eu tento fazer isso

    qual é a resposta???
    - nao, eu faço isto, é mais rapido e eu percebo disto, podes-te aleijar (ou, é pesado, nao podes sozinha)

    a verdade é que até eu ja virei a casa ao contrario, só para ter o prazer de por tudo como quero, e quando pego, arrasto ou empurro coisas pesadas (moveis por ex)orgulho-me no fim, porque nao precisei do meu homem e fi-lo sozinha :))
    (claro e depois arco com as dores de costas, mas ninguem precisa de saber que as tenho eheheheheh)

    têm é a mania (alguns) que sabem tudo, e às vezes nós até percebemos e somos mais desenrrascadas que eles LOL


    beijinho :)

    ResponderEliminar
  22. Olá!
    Cá em casa compro tudo já pronto a usar:=)
    Bricolage...não é o forte ....por estes lados...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  23. Ai como te compreendo... è com cada esquisitice! Eu cá sou mais do "dito e feito", não gosto cá de estar com grandes projectos e invenções, assim depois não há cá desilusões:) beijos e uma boa semana

    ResponderEliminar
  24. Acho que estou a ver o mundo ao contrário!!!
    Então mas não são as mulheres que passam horas nas compras? "pq esta roupa faz-me gorda"... "pq aquela não é a cor da moda"... "pq a outra tem um decote que não gosto"... e os enjoados somos nós???
    Regra geral, os homens são mais práticos. Além disso, montar os móveis do IKEA, com ou sem instruções, é fácil para qualquer homens... mas pronto, para tudo há excepções!!!

    ResponderEliminar
  25. Concordo com o post
    Somos complexos. Adoramos manual de instruções, adoramos montar e desmontar coisas. Adoramos a nos meter a auto suficientes. Não gostamos de pedir ajuda ou informações.
    Criamos a nossa armadilha: racionais complexos.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  26. Haha! Admito, desde já, a minha total inaptidão para a bricolage, mesmo que os parafusos sejam portugueses. :P

    ResponderEliminar
  27. Depende dos homens. Eu não sou nada assim, até porque jeitinho para essas tarefas não abunda por aqui! Lol

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.