Avançar para o conteúdo principal

Insta last weeks

A minha cidade está florida e maravilhosa.

Companheiro de caminhadas nocturnas. Passamos horas no passeio!

Pousa-copos feitos pela senhora minha mãe.

Aquele mimo de final de tarde...

À noite, vamos até à beira-mar para queimar os últimos cartuchos de energia.

O cansaço do meu senhor cão.

Novas leituras. Chris Carter é viciante.

Uma amizade que começou mesmo antes de nascerem. Hoje em dia, é mais uma relação de amor-ódio que diverte os pais.

O guardião de bebés? Não. O guardião de mantas.

Três foi a conta que Deus fez. Os três labradores pretos da casa dos tios.

Ontem comecei este. "A Princesa Determinada", sobre Catarina de Aragão, de Philippa Gregory.

Boa semana!

Comentários

  1. Que pousa-copos tão giros e coloridos. Adoro artesanato.

    ResponderEliminar
  2. Porque é que escreves sempre a "senhora" minha mãe e o "senhor" meu marido? É hábito ou é assim que se diz na tua terra?

    Eu sou de Lisboa e cá não falamos assim 😅

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpe, mas achar que quem não é de Lisboa fala assim é um pouco esquisito... é uma mera brincadeira... Não, no Norte não falamos assim. :)

      Eliminar
    2. Eu acho que é uma expressão antiga, usada para se referir às mães com alguma referência. Eu às vezes uso-a na brincadeira com a minha mãe "A senhora minha mãe deseja mais alguma coisa?" quando por exemplo ela começa a pedir isto e aquilo e mais aquilo...:) Não acho que nos dias de hoje seja usada pelas novas gerações em qualquer ponto do país. :)

      Eliminar
    3. Diz-se muito nas Beiras. A senhora minha mãe era de Castelo Branco e tratava assim a minha avó. Mas isso era no tempo da minha avó. lol

      Eliminar
    4. Ó S*, desculpa la, mas se escreves assim e as pessoas nunca ouviram falar assim é normal que pensem que pode ser regionalismo ou nao? vao logo adivinhar que é brincadeira tua? Não me parece que o anonimo tenha perguntado por mal.
      É como haver pessoas que tratam os pais/filhos por "voce", cada qual com os seus habitos.

      Eliminar
    5. Antigamente era uma expressão usada em sinal de respeito. Um leitor meu saberá que é pura brincadeira da minha parte. Pouco importa. Não, em Viana não se fala assim. ;)

      Eliminar
    6. Sou a anónima que fez a pergunta e pensei que usavas essa expressão regularmente, não tinha percebido que era por brincadeira.

      Não achei que se falasse assim em Viana do Castelo, mas talvez nas terras ou as pessoas mais idosas. E como o escreves aqui podias também usar a expressão oralmente.

      Eliminar
    7. Não, não, é mesmo só aqui. :D

      Eliminar
    8. Eu percebi que é uma expressão que a S* usa regularmente mas na brincadeira.

      A minha mãe trata os pais dela (meus avós portanto) por “Minha mãe” e “Meu pai” e tal como a S* é mais numa de brincadeira, de forma descontraída mas carinhosa.

      Eliminar
    9. Exacto. O meu irmão às vezes diz 'minha mãe' ou 'minha santa mãe'. Mas é brincadeira. :D

      Eliminar
    10. Era mesmo necessário responder com tanta agressividade a uma pergunta tão simples? É assim que se aprende mais sobre outras regiões que não a nossa.. Perguntando a quem lá vive.

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.