Avançar para o conteúdo principal

Just breathe (das minhas músicas favoritas)

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, árvore, céu e ar livre

Mãe a trabalhar, pai e filho a aproveitarem ar puro, sem pessoas à vista. Estes bocadinhos ao ar livre fazem realmente milagres.

São tão milagrosos que esta noite dormiu mais de doze horas, das 22h00 às 10h30. Uma criança que estava fechada há 45 dias em casa voltou a sair e é impressionante como uma pouco de exercício lhe faz bem em tantos sentidos. Mais calmo, mais alegre, menos birrento, mais cansado e mais dorminhoco.

Comentários

  1. Nesse aspecto de puder passear sem aglomerados podia ser sempre assim. Por outros motivos, claro.
    Por estes dias sem tantas pessoas, sem carros, barulho e trânsito até às ruas parecem mais airosas.
    Nesse aspecto gostei desta tranquilidade.

    ResponderEliminar
  2. Por isso é que aqui em França se falava dos tais passeios essenciais ao bem-estar das crianças. :) Não os fizemos muitas vezes por também termos um pouco de espaço exterior mas em dias mais difíceis era o que bastava para o humor melhorar.

    Tété

    ResponderEliminar
  3. Faz-lhes falta o exercício. Que bom já ter podido sair. Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Uma escolha musical apropriada para os tempos que vivemos

    ResponderEliminar
  5. É bom puderem aproveitar momentos assim, sem ninguém à vista. Faz bem a todos!!

    Eu saio 3x ao dia para levar o meu cachorro à rua. São só 10/15 minutos mas é o suficiente para manter a sanidade mental!

    ResponderEliminar
  6. Sair à rua um bocadinho, nem que seja só para caminhar, faz toda a diferença.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. A minha saiu hoje pela primeira vez e estava tão contente. Carregámos os três baterias. Beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.