Facto

Procurar alianças de casamento é actividade imprópria para cardíacos. O preço do ouro está verdadeiramente assustador.

👀👀😈😈😅😅

Comentários

  1. E dá-te por satisfeita que aí em Viana são muito mais baratas que em Lisboa (metade do preço). Quando casei vi em Lisboa e em Viana porque (tenho lá familia) e o preço é sensivelmente metado do preço que pedem em Lisboa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já ouvi dizer que em Ponte de Lima uma casa é muito mais barata. Vou sondar!

      Eliminar
  2. Vejam várias ourivesarias. Eu cheguei a ver alianças iguais-iguais ao dobro do preço. Também conheço quem tenha ido ao norte directamente às fábricas porque saía muito mais em conta. É uma opção para vocês. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois. Não entendo essas diferenças de preço, mas existem.

      Eliminar
    2. Tete, nao sao iguais, parecem. Os quilates eram os mesmos? E o peso? Pediram p pesar na balança? As vezes parecem iguais mas sao parcialmente ocas. Depois tb se paga a marca e o design, se for a uma ourivesaria tradicional e disser o q quer eles fazem e so paga o peso do ouro. Eu fui a uma, disseram q era x€ por grama, mandei fazer como queria, qd fui la buscar pesaram á minha frente na balança, fez-se a conta e pagamos, simples. Depois como em qq negocio depende dos intermediarios, se forem directamente á fabrica sao sp mais baratas.

      Eliminar
    3. (já tinha respondido mas acho que deu erro a submeter)

      Já foi há uns anitos e não me lembro de todos os pormenores. Sei que queríamos alianças em ouro branco, amendoadas, não muito grossas e de 19K. E corremos várias ourivesarias, com estas indicações pelo que quero acreditar que era o que nos era mostrado. À primeira vista eram de facto todas iguais, não notávamos diferenças de loja para loja, a não ser no preço. Depois se interiormente havia diferenças não sei.

      Eliminar
  3. Na Oro Vivo, a 2.ª aliança tem 50% de desconto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso, prefiro mesmo ourivesarias tradicionais...

      Eliminar
  4. Mais um post que versa sobre dinheiro e poder de compra 🙄

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém aqui falou de poder de compra, até porque nos vão ser oferecidas. Falei apenas do preço do ouro.

      Eliminar
    2. Não é explicitamente, mas num instante vai lá bater.

      Eliminar
  5. Têm que se começar a ser inovador nessa questão das alianças!!!

    ResponderEliminar
  6. Olá, neste momento existem peças muito interessantes em aço e muito mais em conta. Eu casei há 12 anos e na altura optámos por ouro, quando fizemos 10 anos trocámos por aço, muito mais bonitas e por 50€ as duas, fizemos a festa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respeito totalmente, acho o aço uma escolha fenomenal... mas para casamento, quero o ouro tradicional de 19 quilates. :)

      Eliminar
    2. Alianças e aneis em geral em aço são sempre uma péssima ideia! Se há alguma acidente que é preciso cortar/tirar os aneís no hospital, o aço é muito mais dificil de cortar do que o ouro. Quando comprei o meu anel de compromisso (de namoro) estava a pensar em aço e acabei por desistir depois de a funcionária me alertar para isso.

      Eliminar
    3. Isso não é verdade. A funcionária queria era vender algo mais caro...

      Eliminar
    4. O preço era exactamente o mesmo. 20€ por cada anel, sendo que comprei em prata. E aço inox efectivamente é mais resistente, não estou a perceber a dúvida.

      Eliminar
  7. ahahahahahah alianças. Claro. Se achasses baratas é que seria de espantar. :/
    Tudo tem de fazer parte do orçamento de casamento. Não sei onde está a admiração. Voltamos ao mesmo tema de sempre: dinheiro.
    Este blog é um exemplo muito prático daquela frase: quanto mais me bates, mais eu gosto de ti. Porquê? Porque basicamente todos, mas todos!, os temas que envolvem dinheiro dá para um número jeitoso de comentários de anónimos, de respostas tortas da dona do blog, de respostas mais azedas, enfim. Uma maravilha. Quando tenho um tempinho para vir aos blogs, quando chego ao teu, S*, penso sempre "deixa lá ver qual é a briga de hoje/deixa lá ver qual é a reclamação monetária de hoje. oh pá, adoro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria, a mim espanta-me sequer que perca o seu precioso tempo a vir aqui, já que, pelos vistos, não lhe agrada. As alianças não fazem parte do meu orçamento porque são uma oferta. O post foi uma observação, não uma reclamação.

      Eliminar
  8. Quando foi o teu noivo a pagar, ficaste toda apespinhada porque estavam a apontar que o anel era de pechisbeque (pelo menos, a "pedra") e tu ripostaste que o que interessava era o significado.
    Agora como é outro(a) a oferecer, já é exigido que seja numa "ourivesaria tradicional" (provavelmente, para ser o falatório da cidade) e ouro de lei, de 19 quilates! Nem mais!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hahaha "para ser o falatório da cidade"hahaha
      S*, é cada uma!

      Eliminar
    2. "para ser o falatório da cidade".... pois claro, vai ser um sururu que não se aguenta...a S* vai ser a primeira noiva da cidade a comprar alianças de ouro! Até vai dar reportagem no Jornal da Noite. Há com cada pessoa mais ridícula a comentar este blog...

      Eliminar
    3. É a S* na fila do Lidl e as senhoras a dizer:

      — Olha, oooolha, lá vai aqueeela, comprou as alianças numa ourivesaria tradicional, cheia de mania...
      — Qualquer dia até vai ao Clube de Leitura do Cocó na Fralda...


      (Isto é em referência àquela cidadã que disse à Sónia algo como: "Pois, as pessoas vão ao clube de leitura porque é numa sala confortável, havia de ser em cadeiras de pau." É que está na mesma onda de pensamento, ou falta dele.)

      Eliminar
    4. Esta discussão mata-me de riso. :P Nunca pensei que tanta gente se preocupasse com as minhas finanças.

      Eliminar
    5. A parte do falatorio é so parva. Mas a parte do dinheiro é bem verdade, no anel de noivado ai q o sentimento é q importa, mas agora p as alianças respondeu ao comentario do aço q nem pensar tem de ser ouro de 19 quilates, pois c o dinheiro dos outros é facil exigir.

      Nota: qd foi no post do anel eu comentei pq tenho anel de diamantes e p mim era impensavel ser algo de imitacao. Tb tenho obviamente alianças de ouro. O q se quer é coerencia.Portanto eu fiquei estupefacta c as respostas da S* agora tendo em conta o q ela escreveu no outro post.

      Eliminar
    6. Aliança de casamento é suposto durar toda a vida. Logo, para mim, deve ser de qualidade. É simples. O resto é conversa sem sentido.

      Eliminar
    7. Agora fiquei confusa! Mas o anel de noivado não é para durar toda a vida?
      Adoro ver o anel de noivado e a aliança juntos!

      Eliminar
    8. Não vais deitar fora o anel, pois não? TODAS AS JÓIAS são feitas para durar VÁRIAS VIDAS.
      A diferença é que o anel de noivado foi pago por vocês e as alianças vão ser pagas por outro(s).

      Eliminar
    9. Ai e o anel de noivado nao? Nao é suposto usar td a vida junto c a aliança? Ou so vais usar ate ao casamento? Ahahah desculpa esfarrapada

      Eliminar
    10. Como indica o nome, o anel de noivado usa-se durante o noivado. Naturalmente que irei usar depois de casar, mas não diariamente.

      Eliminar
    11. A S* não prima pela discrição, por isso, a história do «falatório» não é assim tão descabida.
      Se pode gastar menos e obter a mesma qualidade, porque não aceitar as sugestões de ir directamente à fábrica/atelier? Parece que esta insistência nas ourivesarias tradicionais é para poder dizer que as alianças são da casa não-sei-quantos e depois comentar, à boca pequena, quanto é que se lá deixou...

      Eliminar
    12. Estes meus comentadores são os mais engraçados de todos. É isso! :D

      Eliminar
    13. As alianças costumam ser apenas usadas pelos próprios. Já o anel de noivado pode passar de geração em geração e tornar-se uma jóia de família...
      Como investimento, compensa muito mais.

      Eliminar
    14. Tdas as pessoas q conheço usam o anel de noivado diariamente, algumas alias ate o usam no mesmo dedo q a aliança juntos. Mas aí em Viana deve ser diferente, so pode,.... lol

      Eliminar
    15. Eu neste momento não uso nem a aliança nem o anel de noivado mas quem conheço que use a aliança só coloca o anel de noivado em alturas especiais, não é uma jóia que usem diariamente como a aliança. Na minha família também só se usa a aliança no dia-a-dia. Não me choca que haja quem use sempre os dois mas de facto para mim não é a regra. Aliás, há quem troque o anel de noivado de dedo no dia do casamento mas também há quem nesse dia substitua o anel de noivado pela aliança de casamento.

      Eliminar
    16. Eu nem sequer conheço pessoas que façam isto aqui descrito! Não entendo estes comentários...

      Acho que quando muito se aponta aos outros é porque se está a tentar desviar atenções de si mesmo. E isto é tudo tão descabido e novelesco que só pode fazer parte das mentes de quem o diz.

      Tu tens paciência de santa, S*!!

      Mira

      Eliminar
    17. Mira, não sei se é assim tão descabido. Pessoalmente não conheço histórias destas, mas sei histórias idênticas contadas pela minha sogra lá na terra dela. E a loja dela é só uma ourivesaria, portanto, há mesmo quem compre para ser falado. São realidades muito diferentes.

      Eliminar
  9. Quando andávamos a ver as alianças, os preços não variavam muito sendo maciças, no entanto numa ourivesaria no Porto disseram que fariam o modelo que quiséssemos, dentro do orçamento que pretendêssemos, com o ouro da nossa escolha. Não referiram qual a artimanha, mencionaram apenas que as tornavam mais leves. Tempos antes, na altura em que fiz pesquisas de referências de ourivesarias, fiquei alertada para a situação. Nesses casos, por fora está tudo bonito, por dentro estão ocas. Acabámos por ir à Póvoa de Varzim a uma ourivesaria cuja apreciação por outras noivas era maioritariamente favorável. Não tenho nada de negativo a apontar-lhes. O preço não foi muito baixo, apesar do tipo de modelo que escolhemos, que era dos mais simples. São de ouro amarelo, 19 k, 4 mm de largura. Não são o tradicional ovalado mas sim lisas, com rebordo inclinado e interior amendoado. Sente-se bem o peso quando se pega nelas.
    Uma vez que o único custo que tivemos com o casamento foi basicamente os 120 euros da taxa da conservatória, permitimo-nos investir um pouco nas alianças. Quisemos que o casamento fosse um momento a dois, sem stress, porque o dia-a-dia já basta para nos tirar a calma. Ainda por cima depois da cerimónia estava previsto ir para o hospital transferir embriões, então a nossa preocupação era que tudo corresse bem no hospital. A transferência acabou por ser no dia seguinte, mas naquelas horas em que estivemos só os dois num dia maravilhoso de fim de outubro, senti uma paz como já não conhecia.
    Aquilo que desejo, S*, é que no dia do seu casamento consiga experimentar uma paz como aquela que vivi, que foi impagável.

    ResponderEliminar
  10. A " fábrica do ouro" em Milheirós de Poiares faz coisas muito giras, com qualidade e baratas. Não passam por 1001 intermediários porque são eles que fazem e vendem.

    Eu comprei lá às minhas há 10 anos, têm assistência vitalícia gratuita e os donos são excelentes. Na época ficaram a 1/3 do preço que pediam nas ourivesarias de rua sem produção independente. E fizeram-nas personalizadas e tal como queríamos ( alvo que era difícil e encarecia imenso as alianças noutras ourivesarias).

    A maioria das pessoas que conheço compraram lá, sei de pessoas que vieram de Braga e outros até de Lisboa para comprar alianças ali.

    ResponderEliminar
  11. As minhas são de ouro, mas as mais baratas que consegui. Não vejo necessidade de gastar rios de dinheiro nisso. Aqui foi tudo pago do nosso bolso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As minhas também. São de ouro mas fininhas, o mais simples que encontramos e gosto bastante. A aliança do meu marido está arrumada, valeu pelo investimento. Não é a aliança que nos mantém casados.
      Compramos na altura em que o ouro começou a subir, acredito que agora esteja "de fugir". A minha mãe queixa-se sempre do qto subiu o ouro, qdo compra as pulseiras para o batizado dos netos. Para quê???, mas enfim... tradição!
      SM

      Eliminar
  12. Eu não uso aliança. No one Cares.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, também pode nao fazer festa e irem os 2 casar pelo civil de calças de ganga, ou ate podem nem sequer casar e ficare so juntos.... really? que comentário mais tonto... não é suposto ser para os outros, é porque a pessoa quer, faz questao , faz gosto em usar aliança.
      por ex, eu fazia questao que a minha aliança fosse igualzinha à do marido. ha malta que até tem a da mulher com uma pedra pequena, ou um feitio, mas eu nao gosto de ver. pronto, mania minha, ninguem obviamente quer saber disso, so eu e isso é que importa

      Eliminar
  13. As alianças foram o mais barato do nosso casamento e são alianças de ouro de 24k, as normais de toda a vida. Aconselho a buscar em várias ouriversarias, não só nas tradicionais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. An. 08Junho 12:53 : ouro de 24K não há-de ter sido, concerteza, pois, a se-lo, por esta altura, já se lhe tinham desintegrado nas mãos. :)

      Eliminar
    2. as pessoas às vezes confundem 21k com 24k, sendo que o "ouro portugues" até é o de 19k

      Eliminar
  14. As únicas coisas que acho verdadeiramente importante na escolha de alianças são o material (se é duradouro, se não risca facilmente e, no meu caso, se não causa alergia porque eu não consigo usar anéis/bijuteria) e o conforto - ao experimentarem o anel convém confirmar se causa muito atrito ao roçar, que é o caso normalmente das que não são amendoadas. Eu tinha ideias muito diferentes antes de andar nessa busca de alianças.
    Pelo que sei, podes conseguir um negócio jeitoso é na fábrica do ouro em Sta Maria da feira.

    Mira

    ResponderEliminar
  15. São caríssimas sim e não há volta a dar.

    r: muito obrigada

    ResponderEliminar
  16. Até me dão calafrios só de pensar nessa parte :x

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nao percebo. umas alianças de ouro ficam com certeza abaixo dos 1000€. ora o vestido custa mais que isso, o fotografo lembro-me q os mais baratos andavam pelos 1000€ (e os mais normais pelos 1500€ ou superior), a quinta sao muitos milhares de euros, a lua de mel no minimo 1000€ por pessoa, sendo que o mais tipico ate sao aqueles pacotes de 1200/1500€.

      Portanto tanta coisa q se gasta no casamento mais cara e que é efemera e ficam aflitos com as alianças? esse foi o dinheiro mais bem empregue pois é a unica coisa que fica para a vida e é usada diariamente. As fotos tb mas geralmente estão lá numa gaveta, nao se anda a ver o album de casamento todos os dias.

      Eliminar
    2. Ok... ao ler o comentário do/a Anónimo11 de junho de 2019 às 16:33 percebo que fui mesmo uma noiva low cost.
      1000 €? Deu para as alianças, fato do noivo (um fato normalíssimo comprado nos saldos), vestido (qb), penteado e maquilhagem.
      Mas, sim, concordo, a aliança é a única coisa que uso diariamente.

      Eliminar
    3. OK S*, como vivemos em ditadura nem sequer podemos ter calafrios ahaha vestido acima de 1000€? Não tenciono. Lua de mel, quem disse que ia ter? Ainda nem eu sei se tenho ou não ahaha sei que as alianças ficam para a vida, mas sou livre para achar caro ou barato

      Eliminar
    4. Lua de mel em pacotes de 1200/1500€ por pessoa? A maioria das pessoas que viaja com regularidade já não cai nas teias das agências. Marcando os próprios e dependendo do destino (pessoalmente não escolheria um de praia) fica bem mais em conta. E o vestido pode ser bem abaixo dos mil.

      Eliminar
    5. Um vestido ate se compra por 20€, mas se for a uma tipica loja de noivas tipo Pronovias os vestidos vao dos 1000€ aos 2000€ ou ate mais. Eu nas lojas q vi em Coimbra, mesmo no comercio local os vestidos começavam nos 800€ ate aos 1500€ geralmente.

      Eu tb nao fiz viagem c a agencia , marcamos nós e por 1900€ por pessoa fizemos uma viagem de 16 dias q se fosse na agencia tinha custado bem acima dos 2500€. Mas a maioria das pessoas q conheço, q n viaja mt p fora costuma ir td p a Republica Dominicana ou Mexico td c pacotes.

      Eliminar
  17. Também caso este ano e por acaso concordo com o que foi dito acima...as alianças não são o mais caro, tendo em conta os preços que fazem atualmente nas quintas e na fotografia, por exemplo. Procurei o melhor preço possível, sendo por ouro de 19k pediram-me por volta dos 550 euros as duas, modelo tradicional de 4 mm. É um investimento para a vida :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares