Avançar para o conteúdo principal

Sai à mãe!



É de rir. Bebé a espernear e a bater com os pés de tão entusiasmado que está com o creme de abóbora e cenoura. Até ver, demonstra grande gosto pelas sopas... sai à mãe. Ao menos nisto, sai à mãe.

Comentários

  1. Que bom, é uma alegria enorme para as mães quando os bebés aprovam a nossa comidinha. Rafael a caminho dos 9 kg's, go, go, go...

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem! Não sou mãe, mas pelo que oiço bebés que não aceitam bem a comida são um tormento!
    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Oh tão bom :) Boas sopinhas para o Rafael :) Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Permite-me a questão, mas já se pode dar sopa com cenoura + abóbora juntas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim anónima, a primeira sopa é que é só batata e cenoura ( 2 legumes), a seguinte já é 3 legumes, a seguinte 4 legumes, e a outra 5 legumes que é o máximo que se pode usar, e depois alterar com os que ainda não foram usados/testados nas alergias e ir variando ao gosto do bebé. Só não se deve usar ainda espinafres, agriões, leguminosas, nabo...

      Eliminar
    2. Não perguntei isso. Perguntei se já é permitido juntar abóbora e cenoura na MESMA sopa. Porque lembro-me na altura do meu filho terem proibido devido à pigmentação.

      Eliminar
    3. Isto...
      https://sweetcaos.com/juntar-legumes-da-mesma-cor-na-sopa-faz-mal/

      Eliminar
    4. Anónimo das 11h20, sim, pode. A enfermeira que nos segue disse que podia. O livro "1, 2, 3 uma colher de cada vez também"... e o livro da Bimby para bebés também. Sei que ambos prendem os intestinos, mas não fazem mal nem são proibidos. :)

      Eliminar
    5. Aliás, o artigo que partilhou diz exactamente que não faz mal...

      "Efectivamente, a ingestão prolongada de alimentos muito ricos em carotenóides (como sopas contendo abóbora, cenoura e batata doce) podem aumentar os níveis de betacaroteno no organismo dos bebés.



      Se isso é prejudicial? Não!

      Aquilo que acontece é que o bebé fica com um tom de pele mais amarelado pela acumulação do betacaroteno, mas isso não está minimamente relacionado com icterícia nem é prejudicial ao bebé."

      Eliminar
    6. Mas eu nunca disse que fazia mal. Eu questionei de já davam essa margem. Isto porque há 6 anos atrás, tanto no centro de saúde como o pediatra desaconselhavam devido ao excesso do mesmo nutriente.
      Eu questionei por curiosidade, porque sei que muita coisa muda ao longo dos anos. E o meu já está crescido, já estou desactualizada.
      Não é preciso acharem que foi um apontar do dedo.

      Eliminar
    7. S* a cenoura prende os intestinos, a abóbora solta.

      Eliminar
    8. Normalmente não se dão juntos porque ambos são legumes que contêm muito açucar.

      Eliminar
  5. R Ahah vou seguir o conselho e acredito ser mesmo o melhor remédio. Obrigada!
    Que continue assim... Espero vir ter a mesma sorte! :D

    ResponderEliminar
  6. A minha pipoca (agora com quase 14 meses)desde que descobriu o 2º prato está a ficar farta de sopas... Venham legumes aos pedacinhos e carne bem picadinha, que a sopa é "para bebés", lol Mas não me posso queixar, a miúda até come bem e já mostra bastante interesse em comer sozinha e quer provar tudo o que nos vê a comer ( e isso fez uma regra - à frente dela só coisas saudáveis. Até nós comemos melhor :)

    ResponderEliminar
  7. Boa! Isso é muito bom :) coisa mais boa, até dá gosto vê-los comer assim :P

    ResponderEliminar
  8. Que bom ele gostar de sopinha! Há bebés que refilam muito (eu quando cresci é que comecei a refilar ehehhe) mas só faz é bem!

    ResponderEliminar
  9. Abóbora e cenoura é doce ..... por isso é q ele esperneia !

    ResponderEliminar
  10. Eles geralmente quando se começam com estes legumes mais doces gostam da coisa :-) Aposto que também vai adorar a batata doce :-D

    ResponderEliminar
  11. Parece o meu filho mais velho, "marchava" tudo, desde a primeira sopa. Ainda hoje vai tudo (bróculos, espinafres, ...), não há nada que ele não goste.
    Já o mais novo demorou um pouco mais a aprender a comer, mas agora (8 meses) já come bem.
    Felicidades e que continue assim, S*!
    SM

    ResponderEliminar
  12. Sónia divulga e assina esta petição.
    Estão a retirar direitos aos invisuais a partir dos 55 anos.
    Tens muitos seguidores, por isso peço-te.
    Muito obrigada.

    ResponderEliminar
  13. Deixo o link:
    http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT86663

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã.

Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte?

Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria.

Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

O que é nacional é bom

Anda Portugal a usar cestas desde sempre e esta vossa S* a usá-las há sete ou oito anos... e vem agora a Carolina Herrera descobrir a pólvora (imagens acima).
Por favor, acho isto verdadeiramente errado. A desfaçatez que é pegar em algo tradicional de um país e de o apresentar como uma "criação"... Ainda por cima chamar-lhe "Aveiro"... E em nenhum sítio dizer que tem inspiração portuguesa.
E a pechincha que está? Quase 500 euros por uma cesta. Não tinha nada contra o preço... se efectivamente fosse um produto de original.
É só googlar "cesta portuguesa" e encontram-se imensos exemplares realmente nossos... E sem custarem quase um salário mínimo.
Querem cestas de classe? Então comprem das nossas. Das verdadeiras. Cópias descaradas? Não, obrigada.
Sugiro a Victoria Handmade. Não são caras, são dispendiosas e têm o preço do que é realmente bom. São feitas à mão, são portuguesas e assentam na nossa tradição. 

Voltar ao início

Depois de quase 9 anos e meio de relação, não vamos fingir que são tudo rosas. Ultimamente, temos até de admitir que têm sido mais os dias maus do que os dias bons. As chatices do dia-a-dia, os remorsos, os ressentimentos, os problemas a que somos alheios mas que nos afectam... Não é fácil de gerir e mentiria se não admitisse que já pensamos "será que vale a pena?".
Da minha parte, apesar dos momentos menos bons, continuo com a nítida percepção de que é um bom homem, com bons princípios, e que dificilmente encontraria companheiro que encaixasse tão bem em mim (que eu sou osso duro de roer, no que toca ao convívio caseiro).
Vale sempre a pena, porque não perdemos esta capacidade de nos reencontrar e voltar ao início. Enquanto soubermos olhar um para o outro e reconhecer o valor um do outro, vale mesmo muito a pena.