segunda-feira, 5 de junho de 2017

Humpf!


É tudo muito lindo, mas quando as enfermeiras entram em tua casa e fazem o teste do pezinho do teu filho (colheita de sangue no pé, para despiste de doenças genéticas), até te dá uma tontura.

Não estou habituada a estas coisas. A enfermeira já me disse que quando forem as vacinas dos dois meses, até vou desmaiar. É capaz. Admito que é capaz de me acontecer.

32 comentários:

  1. Esse instinto protector maternal é tão bonito :)

    ResponderEliminar
  2. S*!
    Já tens um baby (Jesus! o que eu vou ter que correr se me quiser pôr a par!)
    Muitos parabéns e muitas felicidades! <3

    ResponderEliminar
  3. Devia dar para se medir e vacinar tudo com beijinhos e dentadinhas com os lábios.

    ResponderEliminar
  4. Não olhes! :) Quem tem de olhar e ver o que está a fazer é a enfermeira, são somos nós. :P Eu não gosto de ver agulhas a entrar na pele por isso nunca olhei em nenhuma das vacinas, simplesmente seguro a Mini-Tété enquanto lhe sussurro calmamente ao ouvido e não olho para a agulha.
    Ou a tontura foi por estarem a "magoar" o Rafael? Se for isso, então sou mais fria do que tu. :P Acho que é um privilégio tão grande terem acesso a estes testes e vacinas que admito que não me custa fazê-la "passar" por isto. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tété, eu sou muito caguinchas, detesto levar vacinas e fico nervosa com a perspectiva de tirar sangue... por isso, se eu não gosto, fico nervosa com a ideia do filhote passar pelo mesmo!

      Eliminar
    2. Somos diferentes. Eu sou muuuuito caguinchas nas vacinas e a tirar sangue ao ponto de ficar tão branca que as enfermeiras até hesitam se tentam ou não. Mas por acaso com a Mini-Tété não me custa. :)

      Eliminar
  5. Eu entendo-te perfeitamente. No primeiro banho que deram à Mini mais velha no hospital, que me chamaram para aprender, a miúda chorava que se desunhava e eu chorava também. Tiveram de me trazer embora. No teste do pézinho nem assisti. Fizeram no hospital sem a minha presença, que só ía prejudicar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahah :D O banho não me faz confusão... mas ontem foi demasiada tortura.

      Eliminar
  6. Realmente...ninguém gosta de ver uma agulha a penetrar numa coizinha tão indefesa e frágil. Tremo só de pensar.

    ResponderEliminar
  7. Por acaso não me faz muita confusão. Para mim é pior quando estão doentes, queixosos e não podemos fazer nada para aliviar. O sentimento de impotência a mim perturba-me muito

    ResponderEliminar
  8. Protecção de Mãe, é normal.
    Mas, faz parte.
    :)

    ResponderEliminar
  9. Com o tempo (e as experiências) vamos aprendendo (tanto quanto é possível) a suportar essas coisas! Porque sabemos que é pelo bem dos nossos filhos que o fazemos!

    ResponderEliminar
  10. A minha Delicinha já tem 16 meses e já foi tomando as vacinas e digo-te...é horribilis...não melhora com o tempo. Chego a achar que me dói mais a mim que a ela.
    E quando deixa de ser no rabinho e passa a ser nos braços???
    É pensar que é para o bem deles, esperar que passe rápido e que não reagirem à vacina com febres e assim.
    PARABÉNS!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui, eu ainda tenho medo das vacinas e já tenho 28 anos!

      Eliminar
  11. Ah Ah Ah, olha eu no teste do pezinho do meu filho não assisti porque ele estava numa incubadora na neonatologia e todas essa intervenções eram feitas nos horários que os pais não estavam presentes. Mas posso-te dizer que quando ele atingiu os 2Kg e saiu da incubadora para o berço são logo dadas as vacinas da BCG e da Hepatite e então eu e o meu marido iamos com a enfermeira da Neonatologia à parte das vacinas quando a meio do corredor o marido se vira "Ai vai só tú que eu não consigo..."...a enfermeira quando olhou para trás só se ria e eu igual....mas agora falando a sério também me custa ver o meu pequeno ser picado mas como as agulhas não me fazem qualquer inmpressão sou sempre uma mãe muito forte ao lado dele a dar força e conforto e depois um abraço e colo bem apertado e tento sempre incutir-lhe o espirito de não ter medo do que os médicos ou enfermeiras possam fazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :D Eu também terei de aprender a ser forte, para que o filhote não perceba que eu tenho medo. ahah

      Eliminar
  12. Se eu com os meus animais só os seguro e fecho os olhos pr n ver agulhas...com um filho mandaria lá alguém por mim.
    Bombocaa

    ResponderEliminar
  13. Por cá era o pai que segurava no miúdo.
    Eu não tinha coragem.
    Depois colo de mãe cura tudo;)

    ResponderEliminar
  14. Ai que "mariquinhas". eheh
    Olha para o lado e pensa em coisas boas. É o que faço quando tiro sangue ou levo injeções. lol

    ResponderEliminar
  15. Olha dou-te um conselho que comigo funciona a mil maravilhas. Quando for receber as vacinas põe o rafinha a mamar nem dão pela pica. Choram um cadinho de nada e ficam consolados com.a mama.
    Andrea

    ResponderEliminar
  16. Olha dou-te um conselho que comigo funciona a mil maravilhas. Quando for receber as vacinas põe o rafinha a mamar nem dão pela pica. Choram um cadinho de nada e ficam consolados com.a mama.
    Andrea

    ResponderEliminar
  17. Olha dou-te um conselho que comigo funciona a mil maravilhas. Quando for receber as vacinas põe o rafinha a mamar nem dão pela pica. Choram um cadinho de nada e ficam consolados com.a mama.
    Andrea

    ResponderEliminar
  18. Também chorei baba e ranho nesse dia.
    Agora já sei que cada vez que a M. vai levar vacinas choro mais eu do que ela :(
    É um sofrimento mas temos que nos habituar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. A mim não me faz tanta confusão. Claro que não é agradável ouvi-los chorar, mas é uma piquinha rápida e sabemos que é pelo bem deles :)

    ResponderEliminar
  20. Pessoalmente, fui com a minha filha às primeiras vacinas e depois desisti: o pai ficou com essa missão, ele e a avó. É coisa demasiado emocional para mim. E prepara-te que no primeiro ano as vacinas são mais que muitas, isto se optares por lhe dar também as vacinas fora PNS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo menos a da meningite, extra PNS, quero dar. :)

      Eliminar