Avançar para o conteúdo principal

Ufa!


Quantas coisas podes tu comprar para um bebé num só dia? Eu sei lá, menina. Tinha dito a mim mesma que não ia comprar mais roupa para o Rafael, mas consegui trazer uns 15 bodies e uns 10 pijaminhas novos para casa. Mais uns conjuntos de calças e tshirt para o Verão. Mais cadeira de papa, mais babetes, mais fraldas de algodão, mais candeeiro, cortinas de quarto, peluche decorativo, estrelas decorativas, três chuchas... Quase 10 horas de passeio e compras. Para mim, as camisas da maternidade e cuecas confortáveis.

A carteira está vazia, mas o coração está tão cheio. :) Assim se começam as 29 semanas!

Comentários

  1. É tão, mas tão bom fazer essas coisas! Adorei!

    ResponderEliminar
  2. Babetes nunca são de mais! Embora só lhes devas começar a dar uso a partir dos 6 meses ;)

    ResponderEliminar
  3. São coisas que acabam por fazer falta, não é como se tivesses ido numa incursão pelas lojas só porque sim :) A carteira volta a encher depois :p

    ResponderEliminar
  4. Resguardos descartáveis (marca continente são excelentes) para mudar a fralda, muitas toalhitas e muitas fraldas...

    ResponderEliminar
  5. Babetes e fraldas de algodão nunca são demais.
    É impressionante a quantidade de baba que os bebés têm :)
    E comprar coisas para os nossos filhotes é tão bom. Que alegria :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Pode ser útil:

    http://amaeequesabeblog.blogspot.pt/2017/04/coisas-imprescindiveis-para-o-bebe-e.html#comment-form

    ResponderEliminar
  7. S* não sei se ainda vou a tempo, mas não compres fatinhos de veludo ao miúdo. O meu nasceu em Junho, tinha fatinhos desses que lhe ofereceram e não usou uma única vez por causa do calor. Opta sempre por fatinhos de algodão, se tiver frio podes sempre vestir um casaco.

    ResponderEliminar
  8. Que boooooooooooooooooom!! =D

    Um beijinho dourado

    ResponderEliminar
  9. Que bom, fico entusiasmada só de te ler :p

    ResponderEliminar
  10. É entusiasmante comprar coisas para os nossos filhotes, sei como é :P é difícil controlarmo-nos!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Work in progress

Aprender a lidar com a solidão não é um processo mesmo nada fácil. Ando a diversificar as minhas formas de entretenimento, mas, convenhamos... A COVID não é muito minha amiga. A chuva rouba-me as caminhadas. Valham-me as amigas que me telefonam para ir apanhar pinhas ao monte e as colegas sempre presentes.  Comecei a dançar às segundas-feiras à noite - com a vantagem de achar a professora uma simpatia. A amiga Netflix tem-me feito muita companhia. Estou a ver a primeira temporada de Outlander e sei que tenho série para umas semanas. Os livros também prometem ser grandes amigos, mas sinto-me sempre com tanto sono e com tanto cansaço que tenho evitado a palavra escrita. Estou bem, mas estou a adaptar-me. Com dias melhores e dias menos bons. Obrigada a todos os que, de uma forma ou de outra, demonstraram caminho.