sábado, 4 de fevereiro de 2017

Chegou, viu e venceu!


Quando conheci o meu companheiro, conheci-o como fumador. Fumou mais de metade da sua vida. Nos últimos tempos, provavelmente por causa dos stresses da vida, andava a fumar mais e Deus sabe como isso me mexia com os nervos... Eu tinha a atitude (parva) de o tentar pressionar a deixar de fumar, mas obviamente isso não resultava e só gerava zangas entre nós.

No entanto, o rei Rafael chegou, viu e venceu. Uma semana depois de sabermos que íamos ser pais, mais-que-tudo decidiu deixar de fumar. Limitou-se a comunicar-me. Na primeira tentativa, desistiu ao fim de menos de 24 horas. No dia seguinte voltou a tentar e já lá vão quase quatro meses sem fumar. O que não dá o amor de um pai por um filho. :)


27 comentários:

  1. Fico contente pelos 3! Foi de facto uma excelente resolução enquanto pai.

    ResponderEliminar
  2. Muitos parabéns. Não é fácil, mas não há impossíveis. Só lhe vai fazer bem. Eu caminho mais e melhor agora, já na casa dos 60, do que aos 40, quando era fumador.
    É sempre um prazer saber que mais um passou para o "lado bom da vida". :)

    ResponderEliminar
  3. E ganho anos de vida com o Rafael...isso já por si é uma prova de amor incondicional...parabéns.

    ResponderEliminar
  4. Que bom! Parabéns por essa conquista, não é fácil.
    Mas penso que é necessário ter um motivo mesmo forte e querer a sério. A partir do momento que se pensa "agora é que é, já não quero mais" é quando acontece. Foi assim comigo e já lá vão 3 anos. E nenhum arrependimento.
    Beijinhos e um bom fim de semana :)

    ResponderEliminar
  5. O pai do meu disse o mesmo.
    "Deixo de fumar quando engravidares" não aconteceu.
    "Deixo de fumar quando ele nascer" não aconteceu.
    O meu filho já vai fazer 6 anos e ele nunca deixou de fumar. Nem tentou sequer. Portanto parabéns ao teu companheiro!

    ResponderEliminar
  6. Acho sempre tão inspiradoras estas histórias de pessoas que abdicam de vícios de anos para terem mais saúde para acompanhar durante mais tempo as pessoas que amam. Bonito gesto e excelente para a saúde, que vai melhorar de certeza. E até a carteira vai ter melhores dias :p

    ResponderEliminar
  7. Só lhe faz bem :D
    Que essa força de vontade continue :)

    ResponderEliminar
  8. Sem duvida que deve ser um grande incentivo, muito bom para ele:)

    ResponderEliminar
  9. Faltava-lhe um bom motivo. Aí está ele :)

    ResponderEliminar
  10. Um filho é a melhor e mais forte motivação que pode haver :)

    ResponderEliminar
  11. Um verdadeiro acto de amor :)
    Um beijinho!*
    Muito feliz por ti e por saber que estás grávida e que vem ai um Rafael!
    Apesar de não comentar muito continuo a seguir-te!

    ResponderEliminar
  12. Acredito que não seja fácil mas foi o melhor que ele fez =)

    ResponderEliminar
  13. Maravilhoso. Faz-me lembrar que o meu pai também deixou de fumar por muita insistência e pedido dos filhos (no nosso caso foi quando já conseguíamos falar e percebemos que fumar era mau e então pedimos-lhe. Mas ainda foi a tempo!).
    É lindo um amor assim. Muitos parabéns!

    ResponderEliminar
  14. Fico contente. Os meus parabéns ao pai e ao príncipe Rafael!

    ResponderEliminar
  15. Ohhhh post mais lindo de se ler!
    Um verdadeiro gesto de amor, ainda por cima assim tão simples, natural.

    Beijinhos e parabéns por esta fase linda :)
    http://trendylisbon.com/

    ResponderEliminar
  16. Ainda bem. Fico contente que o baby Rafael tenha dado a força de vontade extra que lhe faltava!

    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  17. Que bom!! Gostava que acontecesse o mesmo por aqui... (ou antes disso até, vá...!)

    ResponderEliminar
  18. Foi assim que o meu irmão deixou de fumar, pouco antes do pequeno nascer, já lá vão oito anos ;)

    ResponderEliminar