terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Facto (maternal)


Podes estar sempre a reclamar e a dizer que tens de poupar dinheiro e que não podes gastar mais do que X por semana... mas depois acabas por comprar sempre mais um pacote de toalhitas, mais um creme, mais umas compressas... Até te sentes mal de imaginar o saldo bancário (até evitas ver, para não teres suores frios), mas ao menos o quarto do bebé está cada vez mais cheio.

#quesafoda, como diria o CR7.

11 comentários:

  1. Consigo relacionar-me perfeitamente com o evitar consultar o saldo bancário com medo :D Mas força! É por uma óptima razão :))

    ResponderEliminar
  2. Realmente, acho que deve ser mesmo inevitável. Mas se for uma coisinha de cada vez, custa menos.

    ResponderEliminar
  3. Ahahah! É para o pequeno Rafael por isso não deve ter muito mal! Assim que ele nascer acerta contas com ele ;)

    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Quando se tem filhos é assim! Independentemente do que temos fazemos sempre mais um esforço por eles! =)

    www.anafernandes.ch

    ResponderEliminar
  5. O pior é que quanto mais tempo passa mais coisa é preciso comprar, mais quantidade e então pepois do bebé nascer nem é bom pensar....é sempre a somar....é roupa, é calçado é leite, é fruta, é iogurtes, é infantário, é medicamentos, é medicos e vacinas, é cadeiras para os carros, é sempre a somar e a conta bancária sempres à rasca....

    ResponderEliminar
  6. Deve ser uma tentação! Ter filhos faz mal à carteira por isso mesmo :)

    ResponderEliminar
  7. Aproveita as férias de bebés dos hipers... Há coisas que se podem acumular - eu tratei de fraldas (dois tamanhos diferentes) e toalhitas com fartura, por exemplo!

    ResponderEliminar
  8. Eu entendo, mas tenta se segurar um pouquinho, quem poupa tem. :)

    ResponderEliminar