quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Ai, ai...


Foto de RUFEL.

Tenho de ver se convenço o mais-que-tudo do facto de estar extremamente necessitada de uma mochila assim, da portuguesa Rufel. Na verdade, quando estiver grande que nem um pequena 'hipo' ou quando andar a empurrar o carrinho do bebé, malas de mão (as minhas favoritas) não vão dar grande jeito.

É pena o preço, que ronda os 150 euros. 


28 comentários:

  1. Realmente, uma mochila vai dar mesmo jeito.

    Eu comprei uma para levar para as aulas de ginástica e custou 2,95€, hihihi.

    Olá, sou a Olivia. Nova por estas bandas. Gostei de conhecer o teu espaço. **

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tb comprei por esse preço, na Decathlon! eheheh

      Eliminar
    2. Não faças isto. Vais ser mãe mas não tens de deixar de ser vaidosa e gostar de coisas bonitas. E há mochilas lindíssimas agora e acessíveis.
      Para quem vive com dificuldades não crítico Decathlon.
      Mas é bom lembrar que por se ser mãe não tem de ser andar de fato de treino e mochila da domyos. Acima de tudo somos mulheres.

      Eliminar
    3. Eu respeito totalmente, mas não sou fã de coisas desportivas... gosto mesmo destas "meninices". :) Sim, anónimo, concordo que se encontra imensa coisa gira... a Parfois e a H&M têm mochilas!

      Eliminar
    4. Procura a Vilanova Accessories. Nova marca portuguesa.

      Eliminar
    5. Conheço e adoro, vende numa loja cá da cidade. :)

      Eliminar
    6. É a linha de acessórios da tiffosi, comprei um colar lindo e muito em conta!

      Eliminar
  2. Jasus!! 150 euros!!
    Mas bem, por vezes, uma prendinha sabe bem :D

    ResponderEliminar
  3. A minha melhor compra depois de ter o pequeno foi sem dúvida a mochila... As malas de mão não dão mesmo jeito nenhum e as de tira colo também não dão assim muito pois quando te baixas muitas vezes a mala cai. Por isso as mochilas são uma óptima escolha, até porque depois tens mais umas coisitas para teres sempre à mãe e a mochila tem mais espaço :-P

    ResponderEliminar
  4. Pode ser um desejo de grávida...
    (não fui eu que sugeri!)

    ResponderEliminar
  5. Aprovada, lá que tens bom gosto tens!! As nolsas laterais são boas para gyardar as toalhitas lololololllll

    ResponderEliminar
  6. R.: São mesmo bastantes coisas e para quem não está nada a par destas coisas, não é fácil! :o

    ResponderEliminar
  7. Diz que as mães têm direito a uma prenda de pós-nascimento do bebé! ;) Fica a dica! hahaha =D

    Um beijinho dourado,
    O Biquíni Dourado
    Facebook
    Instagram

    ResponderEliminar
  8. só mesmo o preço é que não é agradável!

    ResponderEliminar
  9. É uma questão de gosto mas pessoalmente não a acho assim tão prática para as coisas do bebé.

    Acho que não dá tanto jeito porque precisas não só de pensar nas coisas dos bebés como nas tuas. Precisas pelo menos de um local para as chaves e porta-moedas/carteira. Esse tipo de mochilas não permite teres as coisas do bebé acessíveis e as coisas que tu precisas em simultâneo.
    Quando se tem 1 bebé pequeno andamos sempre com pelo menos 1 muda de roupa para emergências, várias fraldas, 1 pacote de toalhitas/tecido não tecido (que claramente não cabe nesses bolsos laterais), por norma a isto junta-se uma pomada, uma fralda, um brinquedo, etc. Usualmente também se carrega com um biberão com água, se tivermos o azar de não ter leite ainda andamos com os doseadores, biberões com água pré-preparada... quando os miúdos começam a comer andamos também com iogurtes, fruta e até sopa atrás de nós.
    Para mim essa é uma mala que não se enquadra no conceito das necessidades dos bebés.

    E há também um senão que me apercebi só depois de usar 1 mochila com produtos de bebés: és facilmente assaltada sem dares conta. Qualquer um vem por trás de ti e com a imensidão de tralha e de distracções que temos com um bebé é facílimo que nos assaltem a mochila que vai atrás das costas. Não me aconteceu porque uma pessoa interviu, pessoa essa que não me conhecia de lado algum. Tive uma sorte imensa e ficava ali sem a minha carteira e todos os meus documentos.

    Pessoalmente faz-me mais sentido ter uma mala que tenha adaptador para encaixar no carrinho de bebé ou que dê para colocar por baixo do mesmo naqueles cestos que alguns têm). Assim ninguém se chega sorrateiramente a nós. E podemos aproveitar os compartimentos externos das malas de bebés para colocar os nossos bens (carteira, documentos, chaves, etc) ou então continuar a utilizar as nossas antigas/novas.

    Para quem não gosta de coisas muito infantilizadas nas malas, mesmo de maternidade, a mayoral tem alguns modelos bonitos (e cheios de compartimentos que nos facilitam a vida) por exemplo. A Tuc Tuc e outras também...agora falharam-me os nomes mas uma pesquisa rápida no google mostra precisamente malas e também mochilas do estilo que mostras só que adaptadas mesmo às necessidades do bebé.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, entendi perfeitamente os seus conselhos... mas a mochila era para mim, não para as coisas do bebé. Para as coisas de bebé vou arranjar uma mala dessas que falou, de encaixar no carrinho. :)

      Eliminar
  10. Olha, nem que estivesse com a conta recheada dava 150 euros numa mochila. Mas...

    ResponderEliminar
  11. Embora prefira as malas de ombro ou de mão, sou uma grande fã de mochilas pelo lado prático. O preço podia ser mais convidativo... há algumas bem giras e a preços mais acessíveis na Zara, Mango, HM... as do costume :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também nunca usei mochilas, mas adoro ver e acho que me vão dar imenso jeito... há dias em que já me sinto cansada de carregar a mala (que está sempre pesada!!).

      Eliminar
  12. É gira, pena que não seja para todas as carteiras!

    ResponderEliminar
  13. É realmente bastante dinheiro para uma mochila, mas não deixa de ser bonita!

    ResponderEliminar
  14. E saldos, não há? Tenta :) Beijinho*

    ResponderEliminar
  15. Não sou adepta de mochilas, mas compreendo o facto de poderem ser práticas, sobretudo quando nascer o teu baby. Acho é um disparate o preço, muito honestamente. E eu tenho esse dinheiro para dar por uma mochila, mas só de pensar o que consigo comprar com o mesmo, desistiria logo da ideia. Prefiro gastar em experiências, como viagens, concertos ou numa peça que considere intemporal (relógios, por exemplo). Mas isso sou eu, claro ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bárbara, eu também nunca usei mochilas... mas a verdade é que tem dias em que me sinto cansada e quando tenho de andar mais o peso nas mãos (da mala) incomoda-me. :) Relógios, por exemplo, é coisa que nunca uso. Cada uma com os seus gostos. :D

      Eliminar
  16. Eu adoro mochilas e ha algumas bem giras e barata. A minha é da stradivarius e gosto muito ;)

    ResponderEliminar