Avançar para o conteúdo principal

A Guerra dos Tronos

Parece que todo o mundo anda louco com esta série. Ontem, até o amigo Facebook tinha uma publicação "pré-feita" para os fãs da série. 

Nunca vi a série. Não sei do que trata. Pode ser uma coisa altamente, mas o facto de ser irrealista para mim é um verdadeiro turn-off.

Eu sou mais fã do How to Get Away with Murder. Da Scandal. Da Empire. Quantico. Do Versailles, que está a dar na RTP1 e é absolutamente genial. Também era fã d'Os Seguidores, mas deixou de dar. E do Power, que nunca mais deu. Podem ter histórias improváveis, mas ao menos não têm dragões e gigantes.

Por isso, Guerra dos Tronos pode ser fantástico... Mas thank you, but no, thank you.

Comentários

  1. Eu vi uns episódios da primeira temporada e não me cativou...nao es a unica ;)
    Beijinho

    The-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Eu por acaso adoro!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Também prefiro esse tipo de séries do que a Guerra dos Tronos. Sou sincera não vejo o que a série tem de especial :/

    ResponderEliminar
  4. Revejo-me no teu texto. Também não vejo a série, não sei do que se trata. E também não tenho curiosidade em ver. Hihihi

    ResponderEliminar
  5. Também nunca vi essa série, e sinceramente nem sei do que se trata.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Eu hei-de voltar, quando toda a gente deixar de falar tanto no assunto =P

    ResponderEliminar
  7. *Eu hei-de ver (não era voltar... resultado dum dia de trabalho muito longo hehehe)

    ResponderEliminar
  8. Eu adoro a série. :p Mas olha que How to get away with a murder tem muitaaaaa imaginação.

    ResponderEliminar
  9. Adoro a série! Mas estes intervalos gigantescos entre cada temporada arrefeceram esse entusiasmo. E sim, penso que, para uma série destas manter o (meu) interesse, a fantasia tem que ser muito bem doseada.
    Em que dia dá Versailles?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Versailles dá às quartas à noite. Imperdível!!

      Eliminar
  10. Eu nunca vi e, sinceramente, não tenho intenção de ver.

    ResponderEliminar
  11. Eu comecei a ver a série tinha acabado de sair a 1ª season... e fiquei logo rendida... :) infelizmente ganhou uma dimensão que sinceramente não estava nada à espera! :P quando as coisas se tornam "mainstream" eu fico "meh" ... mas pronto, continuo a ver :) mas sem o entusiasmo das primeiras seasons... :P

    ResponderEliminar
  12. Eu adoro, e diria que , na maior parte do tempo, é mais uma série medieval do que fantasia, guerra de poder etc...Quero experimentar ver a Versailles!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  13. Eu tive bastante céptica em relação ao game of thrones... e como não fazia o "tipo" de séries que costumava ver achei que não ia gostar e lembro-me de ter visto um episódio aleatório para o meio da série na tv e achar que aquilo era um tremendo disparate.
    Até que me convenceram a ver do inicio.
    Nunca mais fui a mesma.
    É provavelmente a minha série preferida.

    ResponderEliminar
  14. Não digas que não gostas sem experimentares. Não gostava da série pelos mesmos motivos.. até que me resolvi a vê-la.. e agora sou fã.

    ResponderEliminar
  15. Eu que não sou nada deste tipo de séries... estou colada a esta! É muito boa mesmo.

    ResponderEliminar
  16. É só a série mais bem feita de sempre, com actores fantásticos, que poderia ser uma qualquer série medieval, mas com efeitos fantásticos e sim, alguma fantasia à mistura, como podemos ver no senhor dos anéis e outros que tais. Eu adoro, não perco um episódio e também adoro séries mais comuns como Empire, Scandal, House of Cards. Para tudo na vida há tempo e espaço e tanto gosto do que poderia perfeitamente ser real, como do altamente improvável.

    ResponderEliminar
  17. Eu adoro a Guerra dos Tronos, estreou ontem a ultima temporada e estive ansiosa o dia todo pelas 10h da noite. No entanto adoro também todas as que disseste, excepto Versailles que não conheço. Mas isso sou eu, que sou uma papa series :p
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  18. Gosto muito, mas sou também fã dos livros e gosto do género (e sim, dentro do género fantástico comecei por ser fã de JRR Tolkien).
    Pensa em dar uma oportunidade à primeira season: só tens elementos "sobrenaturais" na primeira cena e na última de toda a season, se a memória não me falha.

    ResponderEliminar
  19. A série foi óptima até à 4ª temporada!! a partir daí sempre a descer! ehehe :) experimenta, a sério ;) vê só até à 4ª

    ResponderEliminar
  20. Assisti o primeiro episódio e não consegui tolerar por + de 25 min! Muito muito chato!!!

    ResponderEliminar
  21. Percebo-te, mas acredita que a série é mesmo espectacular. Talvez das melhores de sempre.

    Sugiro-te uma coisa, e espero que o faças. Começa a ver o primeiro episódio, e se ao fim de 20 minutos não estiveres a gostar desiste. Mas acredito que vais adorar de certeza.

    Sugiro-te isso, exactamente porque foi o que me aconteceu. Não me puxava pelas mesmas razões que tu, e comecei a ver o primeiro episodio porque o meu irmão tava a ver e eu lá decidi ver apenas como era a série, e fiquei com a vista presa na TV. Nunca mais parei ehehehe

    E basta ver que é uma série que agrada a todo o tipo de gente.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se eu tivesse desistido ao fim de 20 min do primeiro episódio, teria perdido a melhor série de sempre. Eu só me convenci a ver a série, após me ter obrigado a ver a primeira temporada toda. A partir daqui fiquei fã. A série não é toda irreal, tem coisas que podem ser, mas outras são inspiradas em factos históricos (há sites dedicados a isto). Eu também nunca gostei e não vejo séries com fantasia ou surreais, esta é mesmo a única pq é das melhores que já vi. Se ajudar a ganhar o gosto, é começar a ler os livros.

      Eliminar
  22. Concordo contigo, não gosto de séries irreais , acrescento à tua lista, Anatomia de Grey, Laura, Castle, Arrow, etc

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã.

Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte?

Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria.

Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

O que é nacional é bom

Anda Portugal a usar cestas desde sempre e esta vossa S* a usá-las há sete ou oito anos... e vem agora a Carolina Herrera descobrir a pólvora (imagens acima).
Por favor, acho isto verdadeiramente errado. A desfaçatez que é pegar em algo tradicional de um país e de o apresentar como uma "criação"... Ainda por cima chamar-lhe "Aveiro"... E em nenhum sítio dizer que tem inspiração portuguesa.
E a pechincha que está? Quase 500 euros por uma cesta. Não tinha nada contra o preço... se efectivamente fosse um produto de original.
É só googlar "cesta portuguesa" e encontram-se imensos exemplares realmente nossos... E sem custarem quase um salário mínimo.
Querem cestas de classe? Então comprem das nossas. Das verdadeiras. Cópias descaradas? Não, obrigada.
Sugiro a Victoria Handmade. Não são caras, são dispendiosas e têm o preço do que é realmente bom. São feitas à mão, são portuguesas e assentam na nossa tradição. 

Voltar ao início

Depois de quase 9 anos e meio de relação, não vamos fingir que são tudo rosas. Ultimamente, temos até de admitir que têm sido mais os dias maus do que os dias bons. As chatices do dia-a-dia, os remorsos, os ressentimentos, os problemas a que somos alheios mas que nos afectam... Não é fácil de gerir e mentiria se não admitisse que já pensamos "será que vale a pena?".
Da minha parte, apesar dos momentos menos bons, continuo com a nítida percepção de que é um bom homem, com bons princípios, e que dificilmente encontraria companheiro que encaixasse tão bem em mim (que eu sou osso duro de roer, no que toca ao convívio caseiro).
Vale sempre a pena, porque não perdemos esta capacidade de nos reencontrar e voltar ao início. Enquanto soubermos olhar um para o outro e reconhecer o valor um do outro, vale mesmo muito a pena.