quinta-feira, 4 de junho de 2015

Hoje é o dia de abraçar o GATO


Nada me faria mais feliz. Nada.

22 comentários:

  1. Imagino que não seja fácil...mas acredita sempre!*

    ResponderEliminar
  2. é de partir o coração....o meu está aqui aos meus pés, gostava que a tua pequenina aparecesse rápido....

    ResponderEliminar
  3. Não desista! Neste site pode encontrar algumas dicas sobre como procurar um gato desaparecido: https://www.encontra-me.org/procurar/gato
    Não se esqueça de a procurar também em colónias de gatos que existam nas proximidades da sua casa. Espero que encontre a gatinha rapidamente.

    ResponderEliminar
  4. Boa sorte. Nem quero imaginar essa dor. A princesinha vai aparecer.

    ResponderEliminar
  5. :( :( há que ter esperança que ela vai aparecer <3

    ResponderEliminar
  6. Juro que quando soube que era dia de fazer isto, além de abraçar os meus, foi lembrar-me imediatamente de ti e da tua Princesa <3 Não percas a esperança!

    ResponderEliminar
  7. Olá S*. Sei bem o que estás a passar. Quando vivia com os meus pais tive o meu primeiro gato, todo preto, adorava-o de paixão apesar de por ter sido retirado da rua e da mãe muito cedo sempre foi arisco e mau. Mas eu adorava-o. A acrescentar a isso era um vadio, mas todos os dias vinha a casa comer e dormir antes de voltar para a rambóia. Ele já estava velhote, com cerca de 10 anos e eu só pedia que quando ele morresse fosse em casa. Não suportava a ideia e a angústia que seria que ele desaparecesse sem saver que fim tinha levado. Um dia não veio, no outro a seguir o mesmo e passou-se cerca de um mês. eu sofri tanto e já não tinha esperança. Numa noite, acredites ou não, sonhei que ele regressava a casa com um olho ferido. E não é que na manhã seguinte lá estava ele. Magro, desidratado, todo ferido, sujo e com um olho desfigurado. Levei-o ao veterinário e este teve de fazer uma cirurgia para lhe retirar uma farpa enorme que se tinha enfiado no olho do bichano. Depois da operação ele adormeceu de alívio pois estava com dores horríveis. O vet achou que este acidente o fragilizou e desorientou no regresso a casa mas ele regressou. Desde esse dia nunca mais quis rua e podemos cuidar dele até ao fim, quando morreu já velhote. Este testemunho só para te dizer para não perderes a esperança. Muitas vezes podem passar semanas e até meses e um dia eles voltam para quem os ama. Assim o desejo para ti. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh meu Deus. <3 Pobre animal, que agonia a tua. Obrigada pelo apoio!!

      Eliminar
  8. Ela vai voltar, vais ver! O meu Tareco fugiu um dia e teve 2 semanas fora de casa na altura, quando chegou nunca mais voltou a fugir! Ele infelizmente morreu de velhote, quase com 20 anos de idade

    ResponderEliminar
  9. Também pensei em ti ontem por causa da Princesa :/

    ResponderEliminar
  10. Que gato lindo!

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderEliminar
  11. a minha princesa levou umas festinhas ;)

    ResponderEliminar
  12. Espero mesmo, mesmo, mesmo, mas mesmo do fundo do coração que ela volte para casa... Não consigo nem imaginar como ficaria se alguma coisa acontecesse às minhas duas bolas de pêlo...

    ResponderEliminar
  13. Não aparece ainda? Há um site https://www.encontra-me.org/, talvez te ajude...

    ResponderEliminar
  14. É muito linda a gatita. Ainda bem que voltou!!

    ResponderEliminar