sexta-feira, 10 de abril de 2015

Grr

Comecei hoje a frequentar o ginásio. Deverei treinar duas vezes por semana no ginásio, optando por caminhadas na rua nos outros dias. Fiquei chocada com a avaliação que a senhora do ginásio me fez... basicamente estou com um texugo.

Desta vez, ou vai ou racha!

33 comentários:

  1. Assim é que é! Que nunca te falte a motivação :)
    Assim que começares a ver resultados, não vais querer outra coisa!
    www.manias-mulher.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Boa! Quem me dera ter essa força de vontade!

    Beijinhos,
    Vou de Saltos!

    ResponderEliminar
  3. Oh vais ver que o ginásio ajuda mais :)

    ResponderEliminar
  4. Infelizmente ginásio não chega, também é necessário cortar na comida e escolher alimentos mais saudáveis e menos calóricos.

    AnaC

    ResponderEliminar
  5. Eu também me devia meter nisso, mas não há meios para me conseguir enfiar num ginásio. Ainda não consegui dar esse passo.

    ResponderEliminar
  6. Força S!!! Acredito que vais atingir os teus objectivos :)

    ResponderEliminar
  7. E ter cuidado com a alimentação não? É essencial

    ResponderEliminar
  8. Também aconteceu me o mesmo há 1 mês, e até agora estou a gostar dos resultados.

    ResponderEliminar
  9. Força :D é bom para descontrair! Das melhores coisas que já fiz foi inscrever-me no ginásio ;)

    ResponderEliminar
  10. Olá S*, adoro seu blog, vejo todos os dias. és uma moça muito alegre e preocupada com o mundo.
    dê uma espiadinha no face da Tay Gonçalves, jornalista também, olha só a foto do morador de rua que cuida dos cães abandonados que encontra pelo caminho, muito fofo.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  11. https://www.facebook.com/tay.goncalves.9?fref=ts

    ResponderEliminar
  12. Mantém te motivada e pensa nos resultados! Força :-)

    ResponderEliminar
  13. Também comecei ontem. Recusei-me à avaliação. Não queria sair de lá derrotada por mim própria.

    ResponderEliminar
  14. Acho lindamente que tenhas decidido fazer exercício físico,. Eu continuo uma preguiçosa, lá faço as minhas caminhadas, mas pouco mais. Queria iniciar-me no pilates ou ioga, mas não prometo nada, por enquanto. De qualquer forma, sou muito rígida com a minha alimentação e, por isso, consigo manter a figura esbelta. Não quer, no entanto dizer, que não precise de tonificar, como é óbvio. Começa também a ser mais exigente, a cortar nos açúcares e hidratos (com moderação, que a vida é para aproveitar) e verás resultados significativos. Boa jornada! :)

    ResponderEliminar
  15. Força querida!! Nos primeiros dias não te vais mexer, de tão dorida, mas é tão bom podermos fazer isso por nós :)

    ResponderEliminar
  16. Não percas a motivação!!
    Beijocas e bons treinos*

    ResponderEliminar
  17. Olha S* acho que fazes muitíssimo bem em apostar no exercício físico. Se não nos sentimos bem o melhor é mesmo mudar de hábitos, ou mudar qualquer coisa :).

    Depois de uma adolescência em que sempre fiz desporto, desleixei-me quando andava na faculdade (excepto num ou outro verão em que passava as férias grande em casa e a minha mãe lá me arrastava para o ginásio da terrinha) . Há cinco anos, depois de uma fase um bocado chata, decidi inscrever-me num ginásio feminino. A minha motivação durou de Maio a Novembro, esmoreceu em Dezembro e andei lá a arrastar-me, farta do circuito, das conversas e dos exercícios em Maio, por causa de uma fidelização de um ano. Vi resultados nos meses em que andei motivada, sim senhor.

    Passaram uns anos e deixei-me ficar. Pensava esporadicamente em inscrever-me num ginásio, mas ou eram fora de mão, ou demasiado caros para o que eu estava disposta a pagar. Nesse tempo fui engordado, mas não me coíbia de comer o que me apetecia (sou bastante gulosa); nunca fui de comer fast food todos os dias ao jantar ou de beber litros de Ice Tea às refeições. Comia sim, menos coisas verdes (saladas, sopas), não porque não gostasse mas porque era uma espécie de "libertação do jugo maternal das refeições todas com sopa e várias refeições de feijão verde cozido e pescada".

    Em Setembro de 2013, porque mudei de casa, decidi inscrever-me num ginásio aqui próximo. Por essa altura pesava mais do que alguma vez tinha pesado e as mudanças entre um terceiro e um segundo andar, ambos sem elevador, vieram realçar a minha falta de resistência. Os números das calças, das camisolas, o pneuzinho sempre a notar-se... comecei a pensar se não devia voltar a fazer exercício, se queria continuar a comer o que me apetecia, por isso lá fui eu.

    Comecei só nas máquinas durante quatro meses (não me quis comprometer com aulas porque não sabia se conseguiria ir de forma a compensar a diferença de preço) e tentei ser minimamente assídua (duas vezes por semana já eu considerava dinheiro bem gasto, quando ia três era uma festa). Em Fevereiro de 2014 decidi começar as aulas de grupo, e foi a melhor coisa que fiz. Nunca mais voltei às máquinas! Descobri uma equipa de instrutores bem preparada, super simpática e com o tempo lá fui metendo conversa com os outros sócios do clube e com os instrutores. Descobri aulas que adoro e das quais já não abro mão. De repente dei por mim a entrar mais vezes numa Sportzone ou numa Decathlon (roupa muito gira e em conta nesta última) do que numa Zara, e a minha gaveta da roupa de fitness já quase não fecha!

    Ultimamente comecei a prestar mais atenção ao que como e quantas vezes como, mas nada de muito paranóico. Gosto de comer e não acho que tenha que sofrer a comer coisas estranhas ou que estão na moda porque agora é giro ser-se fit. Como o que comia, mas comecei a ter atenção às porções e comecei a juntar mais coisas integrais e mais coisas verdes (olá sopa e salada).

    Desculpa o testamento, era só para te dar uma palavra de incentivo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Lia. Ontem caiu-me a ficha, quando me disseram que tinha 41% de massa gorda. Nunca comprei uma balança, apesar de viver junta há quase três anos e meio. Fui perdendo a noção das coisas.

      Não pretendo deixar de comer francesinhas. Apenas vou passar a comer mais saudável para contrapor aos abusos esporádicos.

      Comprei agora mesmo imensa coisa verde no supermercado e sinto-me motivada!

      Eliminar
    2. 41 % ? Isso é bem assim dos parâmetros normais. Muito cuidado.

      Eliminar
  18. Há pessoas no ginásio que frequentou, fazem as aulas todas há anos e continuam gordas...

    ResponderEliminar
  19. E tens feito análises ao sangue? 41% de massa gorda é bastante e precisas de ter noção se a isso não tens asociados valores elevados de gliecemia, colestrol, triglicerídeos, por aí. Ainda bem que te caíu a ficha, como dizes, porque realmente precisas de cuidar mais da tua saúde (que depois se reflete na aparência). Beijinhos e stay healthy, focus :):)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fiz análises no inicio do ano. Tudo perfeito. Segundo as análises sou hiper saudável. Maa estou gorda. Ahahahahahah

      Eliminar
    2. Olha eu é igual, no meu caso sou mesmo obesa de grau II e já tenho quase 40 anos. No entanto tenho as analises de uma pessoa hiper saudavel, vá-se lá compreender.

      Para as pessoas saudaveis a gordura é mesmo só uma questão estetica nada mais, e isso torna tudo mais dificil para quem não é vaidoso por natureza.

      Eliminar
    3. Isso é porque a gostdura se acumula no espaço sucutâneo e, felizmente, não é amplamente processado como gordura visceral. É o oposto das chamadas pessoas "falsas magras", que podem parecer magrinhas mas têm muito gordura visceral, associada essa a problema como diabetes, hipercolestrolemia, etc. Então vá S., motivação, porque se és saudável, então também podes ser fit :):)

      Eliminar
  20. Muda também a alimentação gaja... beijinho

    ResponderEliminar
  21. Não há, nem nunca haverá ginásio que te valha se não controlares a alimentação, que pelo exposto aqui, é má mas mesmo muito má.

    ResponderEliminar
  22. Força nisso! Há que manter a motivação!

    ResponderEliminar
  23. ah ah ah..um texuguinho...pois, uma pessoa deixa andar, descuida-se na alimentação e no exercício (falta dele) e depois um dia...somos um texugo! :) Mas há sempre que enfrentar a coisa e trabalhar para combater essa tendência. Força nesses treinos!

    ResponderEliminar