Avançar para o conteúdo principal

Happy!

Depois da tempestade, vem a bonança. Depois de uma zanga de duas semanas, andamos na fase amo-te-até-mais-não-e-ultrapassamos-tudo-juntos. 

Bom dia!

Comentários

  1. Acontece a todos :) O que importa é que está resolvido =D

    ResponderEliminar
  2. É a melhor parte das discussões :) Fico feliz por tudo se ter resolvido. Aproveitem :P

    ResponderEliminar
  3. Aproveita e sê sempre muito feliz! Beijinho

    ResponderEliminar
  4. E o melhor das discussões não é fazer as pazes? :D

    ResponderEliminar
  5. É sempre bom quando está tudo bem! Por vezes viver a dois não é fácil mas ultrapassa-se tudo com amor! :D

    ResponderEliminar
  6. Curiosamente também passei as duas últimas semanas em zangas constantes, mas também acalmou... força! :)

    ResponderEliminar
  7. Bom dia S*. É bom saber que fizeste as pazes porque precisamos de paz e que estás Happy!

    ResponderEliminar
  8. Para mim duas semanas era muito!!!
    Mas ainda bem que já está tudo bem.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. e ainda bem :)

    Portuguese Girl with American Dreams
    http://fromportugaltonyc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Duas semanas?!... Ah, mas o amor resiste a todas as zangas! :-)
    xx

    ResponderEliminar
  11. Duas semanas não é muito tempo desperdiçado?

    ResponderEliminar
  12. Isso é tão natural como respirar.

    Faz parte do amor. :))

    Que continuem por muitos e muitos anos com uns atritos de vez em quando.
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  13. Estive doente não tenho vindo espreitar. Está tão giro o blog...
    Quando é amor é assim, as zangas passam o amor fica.
    bom resto de semana

    ResponderEliminar
  14. Ainda bem :) Lá está, a melhor parte das zangas é mesmo o momento de fazer as pazes!!

    ResponderEliminar
  15. Depois da zanga vem a melhor parte, aproveita! =)

    ResponderEliminar
  16. O melhor das zangas, é o fazer as pazes :)

    Já sigo o blog há algum tempo, mas só hoje me deu para comentar. Gosto muito! :)

    xo

    ResponderEliminar
  17. Bem, não sei como consegues... Não digo isto, de todo, com tom de crítica, mas eu não andaria nada bem a nível emocional com uma zanga de duas semanas...nem de dois dias! Obviamente quando algo não está bem ou quando se dá algum desentendimento, não consigo fazer de imediato as pazes. Uma pessoa fica ali com aquele "remoer"... Mas se demorarmos muito a falar, eu apresso-me a pôr tudo em pratos limpos. Mesmo se achar que ele tem a culpa ou esteve menos bem, digo que temos de falar sobre a situação. Não se trata de perder o "amor próprio" e pedir desculpa por algo que não fiz, mas esclarecer o porquê de não ter gostado, de não estar de acordo...
    Acho que deixar arrastar a situação por dias faz mal à relação, sempre ouvi dizer que não devemos adormecer zangados e percebo perfeitamente a importância disso.
    Pelo menos para o meu feitio e para a minha relação é o que funciona, não consigo andar com ansiedades e nervosismos por assuntos pendentes, além de que estar de bem com a pessoa que se ama é o melhor que há, para quê desperdiçar tanto tempo de felicidade com chatices? =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão. Somos os dois teimosos, orgulhosos e com personalidades fortes. Quando os problemas não são de resolução simples, as coisas arrastam-se. Mas já está tudo bem. :)

      Eliminar
    2. A mim também me faz confusão, admito. :) Sempre tivemos a regra de não nos deitarmos zangados e tem funcionado muito bem até agora. Quando um faz "asneira", a questão é resolvida logo ali ou adia-se por umas horas se for necessário. Não me parece que valha a pena ficarem zangados e terem "a" conversa duas semanas depois, se a poderiam ter logo. A conclusão não seria a mesma? =P

      Eliminar
    3. Tété, neste caso não eram asneiras, eram incompatibilidades. ;)

      Eliminar
  18. Ena pá, duas semanas é muito tempo! Vocês devem ser mesmo orgulhosos (e não estou a criticar, cada um sabe de si). Aproveitem muito agora a fase de lua-de-mel, porque depois de duas semanas não merecem menos que doses extremas de mimo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gelatina, nós íamos conversando... o problema foi resolver tudo!

      Eliminar
  19. De facto S., duas semanas é muito tempo. Qualquer que seja o motivo certamente é conversável e resolvível, e lembra-te que a vida é curta demais para perder tempo assim. Nessas situações eu lembro-me sempre de que desgraças podem acontecer imprevisivelmente e eu não quero perder tempo com chatices nem zangas com a pessoa que amo. Claro que elas acontecem, mas o que nos distingue e o que nos torna mais fortes é a forma como as ultrapassamos :) beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hermione, mas nós íamos falando. Mas nunca chegávamos a conclusão nenhuma. :P

      Eliminar
  20. xiiiiii duas semanas? as pazes deviam saber mesmo em :D
    ainda bem que está tudo bem agora ;)

    beijinhosss

    ResponderEliminar
  21. Duas semanas? Eu nem dois minutos. Se há coisas que não estão bem resolve-se na hora. Para quê andar duas semanas de trombas quando podia andar apenas umas horas e os restantes dias no bem bom? Isso não é saudável caraças.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Womanizer - O Feedback

Pois bem, minhas amigas... O Womanizer lá chegou através da Amazon de Espanha ao fim de uns dez dias.  E tenho a dizer-vos que custou 189 euros e vale cada cêntimo. Obviamente que não vou estar aqui a entrar em detalhes, mas é um estimulador muito bonito, com um toque agradável, que vem acompanhado por um gel lubrificante que diz "Orgasm is a human right" , o que me parece um excelente princípio. Admito que, por incrível que seja, ainda demorei uns bons minutos a perceber exactamente o encaixe. Parece óbvio, mas não é, porque vibra mal toca na pele e, com o estímulo, não é assim tão simples quando poderia parecer. Ou sou eu que sou aselha. Mas também garanto, minhas amigas, que a partir do momento em que há encaixe, é uma questão de segundos. Não é exagero, são segundos. E uma coisa que se prolonga até à infinitude... Ou até já não aguentarem mais e desligarem, como acontece comigo. Sim, sou uma descarada. Sim, vale todos os euros. Sim, é garantia total. Repetidamente. Infini

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.