Avançar para o conteúdo principal

Dor

Existem milhões de tragédias no mundo, mas sempre que sei que um pai/uma mãe perdeu um filho, emociono-me. Não deve haver nada pior.

Comentários

  1. Concordo :(
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Eu sofro de um problema chamado "sentir a dor dos outros". Emociono-me sempre quando alguém falece e muito mais quando se trata de uma criança. Não consigo imaginar a dor.

    ResponderEliminar
  3. Eu nem quero falar nesse assunto!

    ResponderEliminar
  4. Pode acreditar que é!!!!! É uma dor para o resto da "vida"!!

    ResponderEliminar
  5. Verdade. Parte o coração a qualquer mulher. :|

    ResponderEliminar
  6. Podes crer. Já passei algumas aflições, mas nada semelhante e sei o que sofri. Por isso faço apenas uma pequena ideia.

    ResponderEliminar
  7. Eu nem sequer consigo imaginar tal dor. :( Impossível conceber. Imaginar. :(

    ResponderEliminar
  8. Não consigo imaginar o tamanho dessa dor e desse sofrimento imenso, imenso, imenso...

    ResponderEliminar
  9. Custa-me a imaginar dor pior que essa!

    http://miscelaneathesecond.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Eu soube há pouco, revi as fontes todas, não queria acreditar. Ouvi falar durante o dia, achei que teria sido mais um acidente estúpido e lamentável. Depois mais tarde ouvi o nome Judite Sousa e pensei "não pode ser a Judite que foi traída pelo marido, divorciada e recentemente achincalhada publicamente por todos os meios, foi essa Judite?". Meu Deus! Como é que se faz isto a alguém? Que razão terá esta jornalista, mulher pioneira na sua indústria, para se levantar agora? Que horror! Quando se associa a algo/alguém familiar, que nos entra em casa pela caixinha mágica regularmente parece que quase se "sente" o baque. Eu lamento imenso a dor infindável que pesa sobre todos os familiares, não compreendo o "porquê" destas coisas, tanta aleatoriedade.

    Mira

    ResponderEliminar
  11. É uma dor forte e imensamente grande,eu tambem não consigo imaginar!! De qualquer maneira,não penses de forma negativa e vive a tua vida com muita alegria e saúde!! Excelente semana!! Fica com deus e muitos beijinhos!!

    ResponderEliminar
  12. Não há dor pior...que a dor da perda em especial quando essa perda é originária do próprio ventre...

    ResponderEliminar
  13. É verdade :(
    Deve ser uma dor inimaginável.

    ResponderEliminar
  14. Ainda na semana passada lidei com essa situação, é chocante!

    ResponderEliminar
  15. Não dá para imaginar... Estas coisas não deviam acontecer :(

    ResponderEliminar
  16. Mal li a noticia do acidente gelei pois percebi qual seria o desfecho. Porra cada vez faz mais sentido a frase "para morrer basta estar vivo".

    Nem consigo imaginar o que a Sr Judite está a passar. Muita força para ela!

    ResponderEliminar
  17. Não podia estar mais de acordo, se já nos corta por dentro e não é nenhum dos nossos imagino o quanto deve custar.

    beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Um ano a dois

Como o tempo voa, hoje celebro um ano de um relação calma, que me foi conquistando aos poucos e que, hoje em dia, me dá todas as certezas. Quando nos conhecemos, em Abril do ano passado, viramos amigos. Na verdade, tornou-se meu confidente e aturou-me durante semanas e semanas a "chorar-me" por outra pessoa. Já eu percebi que ele gostou de mim no primeiro café que tomamos, mas como é tão ou mais discreto que eu, nada feito. Ficamos assim, entre avanços e recuos, entre conversas diárias e afastamentos semanais. Ao meu lado quando fui operada e nos dias que se seguiram. Eu ainda sem rumo, à procura de algo que não sabia ainda o que era. Foi no dia 6 de setembro de 2021 que a amizade evoluiu para algo mais.  Desde o primeiro dia que não me deixou dúvidas de que queria estar ao meu lado. Acho que foi exactamente isso que (de forma um pouquinho "umbiguista") me fez apaixonar por ele. Sempre percebi que gostava de mim. Sempre me senti acarinhada, querida e desejada.  Dura