terça-feira, 17 de junho de 2014

(apanhando a onda dos posts sobre os despedimentos na Controlinveste)

É terrível que tanta gente esforçada e com competências esteja no desemprego. É terrível a incerteza, a dúvida, a exigência que é cada vez maior para uma recompensa cada vez menor.

Mas, raisparta, o que mais me enerva é ver gente preguiçosa e acomodada a ocupar um lugar que não merece.

21 comentários:

  1. Tal e qual, e infelizmente é o que mais há por aí...

    ResponderEliminar
  2. S*, há toda uma estrutura, robusta, pesada, antiga, de compadrios para manter... quando começa a "colheita", os mais tenros são os primeiros a cair! Triste mas é mesmo assim...

    ResponderEliminar
  3. O mais triste é isso: gente que se mata a trabalhar e é despedida e depois há aqueles que não fazem nenhum e têm trabalho (emprego) para toda a vida!

    ResponderEliminar
  4. Como estar desempregada e ver pessoal que está a trabalhar, todo dia a postar coisas no facebook. Ao menos estivessem quietos.
    A solução é sair de Portugal! Não há hipótese! E cá fora esta-se muito melhor! ;)
    beijinhos,
    viagemdoceviagem.blogspot.com | Facebook

    ResponderEliminar
  5. Há gente que não merece o pão que come.

    ResponderEliminar
  6. Agora é que acertaste em cheio! Beijo!

    ResponderEliminar
  7. Pois é, o mundo consegue ser muito injusto...

    ResponderEliminar
  8. Acredita! é mesmo isso mulher, e aposto que sei a que te referes... enfim.

    ResponderEliminar
  9. CONCORDO totalmente...

    R: já fiz um "esclarecimento" lá no blogue :/

    ResponderEliminar
  10. Sobre acomodação...Havia imensas coisas para dizer...

    ResponderEliminar
  11. E gente aquecer cadeiras sem mérito era o que mais havia nos estaleiros em Viana, lamento por muitos trabalhadores mas algo tinha que ser feito, mas desta forma não.
    Estiveste muito bem no domingo S* na feira :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sandra, sei muito bem que existiam abusos nos nosso ENVC, mas o país precisa de um estaleiro naval. Não foi a forma correcta. :(

      Obrigada pela simpatia!!

      Eliminar
    2. Uma restruturação seria a melhor forma, mas neste país já sabemos como é, infelizmente.

      Eliminar
  12. Com certeza, gente acomodada a não fazer nada, enquanto outros precisam, enerva qualquer um.

    ResponderEliminar
  13. Mas infelizmente pessoas desses, houve, há e sempre haverá.

    ResponderEliminar
  14. A verdade é que o trabalho deveria estar entregue a quem tem competência para o desempenhar. Uma pessoa esforçada, só por ser a mais nova não deve ir para a rua, assim como alguém que só aquece a cadeira deve ser o 1º a sair. Só conheço o caso da Controlinveste pelo que tenho lido, mas parece-me que se está a falar muito dos jornalistas, quando a maior parte dos casos são pessoas que desempenham outras funções. De todas as formas é muito mau. Despejar pessoas no desemprego numa altura destas, para muitos, é a sentença capital.

    ResponderEliminar